COPA DO MUNDO. Maratonas aquáticas: baiana Ana Marcela leva o título de campeã

Brasileira repete o feito da compatriota Poliana Okimoto, em 2009

O Brasil continua absoluto nas maratonas aquáticas. Após o terceiro lugar na oitava etapa do calendário da modalidade, disputada na madrugada deste sábado, no Emirado de Al Fujairah, a nadadora Ana Marcela Cunha ficou com o título de campeã da Copa do Mundo e repetiu o feito de Poliana Okimoto, em 2009.

“Essa prova foi uma das mais difíceis. Estou muito feliz. Consegui repetir o feito da Poliana, que também é uma grande atleta” disse Ana Marcela, em entrevista ao SporTV.

Neste sábado, em águas beirando os 30 graus, segundo o técnico Márcio Latuf, Ana usou a estratégia de se manter no pelotão para não se desgastar. A suíça Swamn Oberson ganhou a prova, e a francesa Aurelie Muller ficou com a segunda posição, superando a brasileira na batida de mão. A alemã Angela Maurer, a única que poderia ameçar o título de Ana Marcela, terminou em quinto lugar.

“Desde o começo já estava todo mundo sabendo que seria uma prova difícil também por conta do calor. Consegui me poupar para agüentar o sprint final junto com a galera”, disse a nova campeã.

Aos 18 anos, Ana Marcela ainda vai competir este ano pelo seu clube, a Unisanta, no Circuito Brasileiro de maratonas aquáticas e ainda provas em piscina como o Brasileiro Júnior, em novembro, e o Torneio Open, em dezembro. “Descanso só depois de tudo isso”, brincou.

Redação CORREIO DA BAHIA