WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom bahia secom bahia secom bahia secom bahia


outubro 2010
D S T Q Q S S
    nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  








É A ECONOMIA, ILHEENSES!

A economista pernambucana Tânia Barcelar, uma das melhores estudiosas do Brasil sobre desenvolvimento regional, escreveu na Carta Capital excelente artigo denunciando e contestando o preconceito de parte das elites econômicas do sul e sudeste em relação o voto nordestino. Tal preconceito é repercutido pelos chamados articulistas políticos da grande imprensa do “sul maravilha”.

Normalmente eles procuram, contra todas as evidências dos números, desqualificarem o voto nordestino, a Geni dos seus complexos de superioridade, argumentando sobre a influência da bolsa família (que Serra diz que vai aumentar e acrescentar o 13º salário) no eleitor. 25% do programa está na população da periferia das grandes metrópoles do sul e sudeste. Somente 20% dos votos nordestinos são de pessoas beneficiadas pela bolsa família

A estudiosa pernambucana com números incontestáveis demonstra a consciência econômica do voto nordestino. A maioria vota em Dilma em razão do extraordinário desenvolvimento alcançado pela região no período dos governos Lula. São taxas de crescimento chinesas, com percentual de investimentos federais maiores do que a contribuição regional na economia nacional.

Os governos PSDB/DEM deixaram a região à míngua. A prioridade de sua política econômica era a inserção de bens e produtos do sul/sudeste no mercado global. Ou, nas palavras de Teotônio dos Santos (grande economista e amigo irmão do meu saudoso amigo Napoleão Marques), a “inserção dependente e submissa do capitalismo paulista no mercado do norte”, em particular nos Estados Unidos. Para o nordeste,nada. No máximo, alguns “clusters (turismo, fruticultura irrigada e agronegócio graneleiro). O PSDB/DEM governa para o sul e sudeste. Não têm política de desenvolvimento nacional.

No período Lula,existe. Houve políticas sociais, de reajuste real elevado do salário mínimo e de ampliação do crédito. O que possibilitou grandes magazines, redes de supermercados, indústrias de alimentos e bebidas investirem e instalarem-se na região. Olha aí o Atacadão, Macro, as Lojas Americanas e a rede Walmart.

A política de desenvolvimento da Petrobrás: Prospecção na costa nordestina, dia 27/10/2010 foi descoberto um grande poço em Sergipe; a decisão de investir em novas refinarias (quatro no nordeste) e o resgate da indústria naval, a região tornou-se pólo de construção naval.

O nordeste foi quem mais recebeu recursos do PAC. A construção civil explodiu na região. O PRONAF sextuplicou os seus investimentos. A agricultura familiar gera “3 em cada 4 empregos rurais do país e responde por quase 40% do valor da produção agrícola”. “43% da população economicamente ativa do setor agrícola brasileiro” é abrigado no nordeste.

Ainda: “A política de ampliação das Universidades Federais e de expansão da rede de ensino profissional também atingiu favoravelmente o Nordeste, em especial cidades médias de seu interior. Merece destaque ainda a ampliação dos investimentos em C&T que trouxe para Universidades do Nordeste a liderança de Institutos Nacionais – antes fortemente concentrados no Sudeste – dentre os quais se destaca o Instituto de Fármacos ( na UFPE) e o Instituto de Neurociências instalado na região metropolitana de Natal sob a liderança do cientista brasileiro Miguel Nicolelis que organizará uma verdadeira “cidade da ciência” num dos municípios mais pobres do RN ( Macaíba).” Olha a escola técnica na estrada Ilhéus-Itabuna.

Pois bem. De quando em quando encontro amigos entusiastas do Porto Sul e demais equipamentos do intermodal que dizem que vão votar em Serra. Os argumentos são os mais variados e não vou entrar em detalhes. Fato é que votam preconceituosamente e contra os seus próprios interesses. A “elite burguesa e branca paulista”, na expressão alcunhada pelo insuspeito Ex-Governador Claudio Lembo, sabe muito bem porquê vota em Serra. Do mesmo modo, os ruralistas do Centro-Oeste. Sabem muito bem o que está em jogo e querem voltar a mandar no orçamento do Estado e direcioná-lo para os seus interesses. Ainda mais agora, com o Pre-Sal. São “Classes para Si”, sabem o que são e o que querem.

O imaginário nacional que aparece é todo produzido e divulgado do Sul através dos seus órgãos de comunicação. Cinco famílias dominam a “Mídia” nacional (Globo, Veja, Bandeirantes, Folha e Estadão- Marinho, Civita, Saad, Frias e Mesquita). Historicamente conservadores e defensores dos seus interesses e visões econômicas procuram formatar a consciência das elites econômicas, e da população em geral, das demais regiões. Procuram fazer crer que os interesses são idênticos. Não são, mesmo eventualmente podendo ser com algum setor empresarial.A política econômica de Serra/FHC, alardeada pela grande mídia e posta como de “cientificidade moderna e dogmática”, não é boa para e não favorece o nordeste.

A garantia do ciclo de desenvolvimento virtuoso que vive o nordeste, em particular da região cacaueira, é a vitória de Dilma. Somente com a sua vitória, poderemos ter certeza da continuidade dos projetos do Complexo Intermodal (Aeroporto, Porto Sul, Oeste-Leste). A vitória de Dilma é a vitória do desenvolvimento da economia nordestina e, conseqüentemente, da melhoria da qualidade de vida da população.

Encerro citando o velho Marx: “a diferença da obra do homem e da abelha, é que o homem primeiro imagina no cérebro aquilo que vai construir”. Portanto, amigos ilheenses, é a política econômica e social o que importa. Dilma 13.

11 respostas para “É A ECONOMIA, ILHEENSES!”

  • Carlos Pereira veja tire os óculos says:

    Caro,
    Carlos Pereira

    A economia Ilheense esta falida,se não for estelionato eleitoral art 171, o Porto Intermodal,Novo Aeroporto,ferrovia, não chegar a Ilhéus, Ilhéus vai ser uma cidade fantasma, veja o censo: de 226. mil habitantes segundo o gerente Regional do IBGE, Ilhéus deve ter uma polulação de pouco mais de 170. mil habitantes em 2010.56 mil pessoas deixou Ilhéus e foi procurar trabalho em outros Estados da Federação.Se os benefícios que prometem vir para Ilhéus, não chegar a cidade vai ser uma cidade que só vai sobreviver da renda dos aposentados, a cidade não tem geração de empregos, os repasses do Governo Federal vai ser reduzidos, Ilhéus vai viver do passado.Ma visita do Governador dia 23 questionado sobre o Aeroporto Jorge Amado, JW não disse uma palavra, nem mesmo uma esperança que o novo aeroporto vai ser construido.
    Pense nisso!Eu já pensei sou Serra 45.
    abs,
    Melck Rabelo

  • Jorge Luiz Araújo dos A says:

    Carlinhos, brilhante e esclarecedoras as suas colocações, principalmente para alguns que possuem os olhos posicionados na sola dos pés.

    Querer negar as mudanças positivas em todos os aspectos, principalmente para o nordeste, é querer tapar o sol com a peneira.

    Para se ter um entendimento bastante simplório, basta fazer uma pararelo com os números da economia brasileira em 2002 e 2010, a evolução positiva é incontestavel.

    A sua colocação quanto ao raciocinio de alguns entusiastas do Porto Sul, mostra, o quanto interesses mesquinhos e individualistas, provoca falta de raciocinio logico e grandeza de carater por parte daqueles que esquecem do beneficio global. Pensam que o mundo gira em torno deles

    Não podemos jogar fora a oportunidade evolutiva que temos nas mãos.

    Dilma na cabeça.

  • Julio says:

    SERRA NA CABECA.

    • na cabeça says:

      Na cabeça dos paulitas.Na do povo de Ilhéus é Dilma. Os malandrinos da privataria não vão por as mãos no Pré-Sal. Os recursos serão nacionais e vão ser aplicados em prol do povo brasileiro.
      Dilmete

  • Melck é cego says:

    Os projetos que estão sim, repito,estão sim, sendo executados na região cacaueira são estratratégicos e estruturantes. Não são eleitoreiros, porque, numa democracia política, eleitorais todos são,afinal a população vota dempre com o seu bem estar- razão dos índices de aprovação de LULA. Eles, os projetos, têm etapas e controvérseas ( desapropriações, indenizações, oposição,licenças ambientais, eia-rima, ações, etc.) Todos estão sendo devidamente tocados. Inclusive muitas indenizações foram pagas,projetos e studos realizados, licitações e por aí vai. Não são obras de um ano,mas de muitos. Tudo tá indo, agora MelcK, não vale este discurso choroso e udenista, de que não virá nunca,que tem muita roubalheira ( quando não teve? Na época da ditadura? rá..rá..rá…rá!!. Mude o seu voto, você é patriota e tem tempo.
    Jorge Hasbarche

  • Carlinhos;

    Talvez seja muita presunção minha fazer critica ao nobre, jovem e inteligente advogado, mas não poderia de tecer alguns comentários a respeito do seu artigo em pauta. Você fala sobre o desenvolvimento alcançado pela região no período dos governos Lula, o que não concordo haja vista nestes 8 anos do governo Lula o nosso estado possui hoje apenas de 2 universidades federais, sendo que a do Recôncavo me parece uma extensão da UFBA, enquanto que o estado de Minas possui 11 Universidades Federais, olha eu disse 11 Universidades Federais e não contei as Estaduais. Há muita nossos representantes políticos no Congresso, tanto Geraldo Simões, como Veloso nada fizeram para mudar essa realidade e olha que o Geraldo Simões é compadre de Lula e toma café na cozinha da Mariza. Com relação à Petrobras a mesma ver o Brasil como um só e os investimentos no Estado do Rio se deu exclusivamente visando custo/benefícios dos seus poços de Petróleo e isto não quer dizer que na Bahia ainda não tem o que ser explorado, haja vista agora conforme você me fala da descoberta no estado de Sergipe de um poço rentável. Veja que não foi só o Governo Lula que trouxe o desenvolvimento para o Nordeste, esta ai o nosso Pólo Petroquímico que surgiu antes do Rio de Janeiro. A Ford se não me engano foi trazida pelo o senador Cesar Borges, governador na época. O nosso Pólo de Informática, que já foi responsável por quase de 30% da produção nacional, hoje esta a míngua. As indústrias fechando, o nosso Distrito Industrial necessitando de melhorias na sua infra-estrutura, até hoje Ilhéus não tem seu Armazém Alfandegário. A nossa Receita Federal, embora tenham um Porto Internacional, estamos subordinados a representação da nossa vizinha cidade de Itabuna. Tudo isto que relatei anteriormente aconteceu de 8 anos para ca. Por incrível que pareça foi um Presidente Nordestino que abriu o mercado Brasileiro, acabando com a reserva do mercado, que só beneficiava as indústrias não produtivas que viviam de credito subsidiados pelo BNDES, etc. Esse Presidente foi o Collor de Melo, criticado por uns, odiados por outros, hoje apóia a Dilma, mas não é permitido ao mesmo subir no palanque dela para não manchar sua imagem, assim como o Zé Dirceu, o homem mais honesto do País, também não pode aparecer ao lado da Dilma para no manchá-la, mas continua nos bastidores financiando suas campanhas. A você diz: Jose Dirceu é um consultor, o que mal há nisto? Tem sim, pois o mesmo foi homem forte do PT, foi ele que viabilizou a candidatura do Lula, ele tinha e tem acesso a informações privilegiadas, como a da Telebrás, que lhe rendeu milhões com sua consultoria e você acha que podemos permitir este continuísmo? Veja porque o Ministro Helio Costa do PMDB candidato ao Governo de Minas perdeu a eleição naquele Estado. Os mineiros souberam dar um basta na corrupção.
    Carlinhos você fala que 5 famílias dominam a MIDIA nacional, mas esqueceu de listar a Rede Record e SBT, e Isto É, porque? Porque falam bem da Dilma. Os recursos do PAC já asseguram investimentos para o Porto Sul e diz que se Dilma perder o Porto Sul ira por água abaixo. Você esquece que não é o só governo que esta fazendo o investimento, não senhor, existe um investimento publica-privado. A Bamin não pertence ao Governo. Veja quem foi o responsável por esta dádiva que Ilhéus esta recebendo e que agora o mesmo esta ajudando outros Estados por falta de reconhecimento. Acesse o link abaixo e conheça o homem mais rico da Bahia atualmente:

    http://www.iguanambi.com.br/2008/noticias/interna.php?id=4155

    Agora não acho que o Serra seja burguês ou elitista, você conhece bem a trajetória do Serra, você também militou na UNE. Ele nasceu de uma família humilde, diferente da Dilma, tinha um ideal a defender, foi perseguido, teve que abandonar o País. Com anistia retornou, assumiu diversos cargos públicos, tanto no executivo como legislativo e ate o momento não vi nada que desabonasse sua conduta. Também a Dilma ninguém pode falar que foi corrupta, embora queiram imputar à mesma os erros cometidos pela sua protegida. Agora pesando na balança e esquecendo os pesos físicos, os quais acham que a Dilma pesa mais, com certeza o Serra tem mais experiência para dirigir o País.
    Carlinhos esqueci de lhe pedir permissão para chamar de “você”, mas você, Gerson Marques, Gel, Carqueija, Ednei, Valeria tem menos de 72 horas para convencer a minha pessoa e Hernani Sa que a Dilma é a melhor opção, no momento, para o nosso País. Espero encontrá-lo no Senadinho ou na Barakitika para, em uma discussão sadia, falarmos mais sobre o assunto em pauta.
    Ate mais,
    Eduardo Carvalho – Siri

  • Carlos Pereira says:

    Caro Siri.
    Os dados do desenvolvimento nordestino estaõ em sites de diversos orgãos específicos (MInistérios da Indústra, Secretária idem da Bahia, IPEA,FGV, tec. A região nordestina foi a que mais cresceu e nela, a Bahia. Ilhéus tem crescido sim,logo os números vão aparecer. Os investimentos do Porto Sul, conforme pressões econômicas e políticas, podem ser contigenciados. Serra tem ima política de desenvolvimento centrada nos cluster dos quais falei, não fará o Porto Sul e nem a estrada de ferro. O Pré-Sal é fruto de investimentos em pesquisas e tecnologia de um governo que acreditou na empresa. É claro, que a Petrobrás é filha da luta dos brasileiros, mas FHC queria privatizar. Na economia Collor teve sua importância, ninguém nega. Mas a sua obra, inclusive a econômica, no todo, foi um desastre. Os militares também tiveram um papel importante na economia, a substituição de importações teve saltos com Geisel, mas era uma ditadura. O governo LULa realizou uma revolução silenciosa e isto graças,principalmente a Dilma e Mantega ( que poucas pessoas falam). O nordeste cresce muito e Ilhéus vai crescer também. Política é política e todos sabemos o modo de governar do PSDB/DEM. Infelizmente,como não tinham enraizamento social e no poder braçaram a agenda neo-liberal, o PSDB virou um partido conservador, coesionador de parte do empresariado paulista (modernoem economia e reacionários politicamente. Serra tem o seu passado, mas está jogando fora. Não vou argumentar, por não ter importância, que ele foi o único presidente da Une que saiu do país, os demais dirigentes ficaram na clandestinidade organizando a luta. Não critico a sua opção, ele divia ter as suas razões. Serra tem mais experiência eleitoral, apesar de deixar tudo no meio. A Globo sozinha tem mais de 60% de audiência. A mídia tem de ser democratizada, as pessoas precisam de opção. Por exemplo, as tv’s daqui quase não tem produção local, salvo programas apelativos de polícia. Quem é burguês do nordeste e sabe o que quer,vota em Dilma. Como Abílio Diniz que é paulista, mas anda vendendo para dedel, no nordeste inclusive.É a economia Siri, ela é capitalista, apenas está ampliando o mercado e os consumidores/cidadãos. Sou socialista (aliás,para não ficar no modismo, comunista em espírito), mas a sua construção é um processo permanente e eterno, sempre aumentando direitos e a igualdade. Ele não está na ordem do dia e nunca vou vê-lo. O governo LULA é de centro-esquerda.

  • Não sou cego e tenho opiniões próprias says:

    Caro, Jorge Nasbarche

    O que vocês chamam de Ditadura, Regime Militar, eu chamo de Transição para a Democracia.Foi o governo do Regime Militar que, o Brasil expandiu suas fronteiras, construções de estradas ligando o nordeste ao sul do país,construções de hidrelétricas Itaipu,construção da rodovia Belém X Brasília,construção da ponte Rio Niterói,irrigações,abriu as fronteiras dos países vizinhos Uruguai,Paraguai,Argentina,grandes plantações de grãos tornando o Brasil o maior celeiro de grãos do planetas,abriu fabricas automotivas, enfrentou a grande crise Internacional do Petróleo em 1973.Nenhum ex-Presidente acumulou riquesa, não acumulou aposentadia de ex-presidente em seus proventos.Não roubou e nem deixou roubar.O socialismo se fosse um bom regime, não tinha acabado como acabou em todo o mundo.Russia,Alemanha,China…etc, são países capitalistas.Só permaneceu o regime socialista na pequena Cuba que bem conheço onde fui fazer tratamento de vista o que Cuba tem de melhor a medicina, o resto da população vive em extrema miséria de pobresa.Cuba ainda vai permanecer no regime socialista enquanto o Ditador Fidel Castro for vivo.Seu irmão irmão Raul Castro entra no regime democratico ou Cuba tende a desaparecer do mapa por falta de investimentos de capital estrangeiro.
    O Regime Militar tinha um dia que acabar e acabou.Hoje vivemos em regime democrático onde impera a lei de Gerson, querem levar vantagem em tudo.Se não tiver vantagens não tem negócios.A UDN tornou Arena que tornou PFL, que foi aliada do Governo de Lula, e assim caminha a humanidade.Quando eu ter saudades da UDN,ARENA,PFL,continuo a ter minhas convicções políticas estou muito velho para mudar de partido e aceitar esta tal democracia ou demagogia do socialismo.É hora de mudanças e o eleitor em sua sabedoria vai escolher quem ele deseja ser seu governante nos quatros anos vindouros.O erro de um dia leva quatro longos anos para corrigir.
    Melck Rabelo

    • Carlos Pereira says:

      Melck.
      Você já disse que era do PC do B há quase duzentos anos. O que você é? Defendo o direito de ser tudo o que quiser, mas defender a ditadura,não. Muitas pessoas enriqueceram no período, empresários, políticos profissionais, capitães,coronéis, generais. Censura, amigo, censura, amigo.Tortura. Morte, Morte.Morte………..
      A Folha de São Paulo fornecia recursos e automóveis para prender, matar e torturar opositores. Melck, quem você é?
      Um abraço
      Carlos Pereira

  • Correção/Resposta says:

    Correção texto:
    Onde Lê fui a Cuba tratar da vista. Leia fui a Cuba fazer tratamento na visão, quando apareceu uma pigmentação nos meus olhos, no Brasil não tinha tratamento especializado, foi recomendação médica indicada para tratar em Cuba.Tratamento este que durou 6 viagens a Ilha de Havana.Tenho um novo problema de visão e talvés tenha que voltar a Havana para fazer uma cirurgia nos nervos óticos que estão necrosados.

    Tinha esquecido de citar estes fatos:Investimentos porto sul é privado Bamin,ferrovia é privado Bamin,Atacadão é privado,Makro é privado,Walmart é privado,Lojas Americanas é privado e empresas privadas abrem negócios onde tem potencial de vendas, se não tiver lucros fecha as portas e procura outros centros para investimentos.Só sobrou o novo aeroporto, duplicação da rodovia Ilhéus x Itabuna e o PAC que não desempaca do lugar.
    A transposição do Rio São Francisco foi obra iniciada no governo de FHC, que o PT consegui fazer apenas 40% do trecho, obra paralizada ou melhor empacada!
    Melck Rabelo

    • É Melck lendo seus argumentos e comparando com o de Carlinhos voce conquistou mais um voto para Serra. Estou mandando o link acima para o Hernani e para alguns indecisos,com certeza eles irao analisar com tendencia para o Serra. Ontem a noite em volta de uma mesa estava o Carlos Pereira, Aloisio e Djalma “os ingtelectuais de Ilheus”, socialistas e burgueses, como dizem eles e tentavem convencer a mim e ao Hernani que a Dilma seria o melhor para o País.

      Eduardo – Siri

Deixe seu comentário





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia