Clique para AMPLIAR.

A exposição “Caminho das Cores”, do artista plástico Guido Lima, estará aberta ao público, de 22 de julho a 05 de agosto, no Teatro Municipal de Ilhéus. São 20 telas em óleo, com temáticas variadas, revelando um novo momento do artista, nascido em Salvador e, hoje, radicado em Ilhéus. Guido Lima iniciou sua carreira artística na década de 70, participando de exposições em diversas galerias de arte do Brasil, dentre elas a 1ª. Bienal Latino-Americana. Formado na Escola de Belas Artes da Universidade federal da Bahia (UFBa), o artista atuou durante muitos anos como cenógrafo no teatro e na televisão, foi também professor e diretor de teatro e é considerado um artista de vanguarda no cenário cultural da Bahia.

“Caminho das Cores” reúne mais que uma exposição, segundo Guido Lima. Tem como finalidade iniciar um programa cultural com envolvimento da sociedade regional, valorizando as artes plásticas e estimulando jovens artistas e o mercado das artes no sul da Bahia. A abertura da exposição, marcada para as 21 horas do dia 22 de julho, também terá apresentação de dança, com apresentação de dançarinos da Companhia de Dança Soanne Marry, coreografados por Virgínia Moura, professora de dança licenciada pela UFBa.

Apoio – Segundo o artista, as telas expostas estarão à venda e serão entregues aos compradores após o período da exposição. Contando com o patrocínio da “Santa Helena Serviços 24 horas”, o artista resolveu doar duas obras que serão leiloadas pelo empresário Sérgio de Marco, com arrecadação destinada à filantropia. “O objetivo é unir arte, cultura e solidariedade, movimentando o cenário artístico de Ilhéus e dando mais uma opção de lazer a quem gosta de obras de arte”, informa o artista.