WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia embasa embasa secom bahia secom bahia secom bahia


maio 2011
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  








Itabuna: Flanelinhas agridem dono de carro que se recusou a pagar

A agressão aconteceu na Praça Camacã, após a vítima ter dito ao flanelinha que não tinha dinheiro para dar

Dois flanelinhas agrediram o dono de um carro nesta segunda-feira (30) na avenida Cinquentenário localizada no município de Itabuna, a 433 Km de Salvador. Segundo informações da delegada Gildete Duarte, responsável pelo plantão desta noite, além de agredir Ronil Queiroz Trindade Santos, 24 anos, com uma facada no pescoço, os flanelinhas também atingiram Rodrigo Queiroz Trindade Santos, irmão do motorista, com pedradas na cabeça.

Segundo a delegada, a agressão aconteceu na Praça Camacã, após Ronil ter se negado a pagar o flanelinha, dizendo que não era obrigado a dar nada, já que o estacionamento é público. O flanelinha Osmário da Silva Conceição colocou a mão dentro do carro para tentar roubar algo. Diante da situação o irmão de Ronil, Rodrigo saiu do carro e acabou entrando em luta corporal com o irmão do flanelinha, Osmar da Silva Conceição, que também estava cuidando de carros na praça.

Ao ver que Rodrigo estava apanhando e que mais quatro flanelinhas, ainda não identificados, vinham para ajudar Osmar, Ronil saiu do carro para socorrer o irmão. Osmário correu com a faca na mão e atingiu Ronil. Pessoas que passavam pelo local ajudaram as vítimas, que se abrigaram na frente de um banco até a chegada de policiais militares.

Osmário foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio e será encaminhado para o Conjunto Penal de Itabuna. Osmar foi autuado por lesões corporais e responderá pelo crime em liberdade.

As vítimas Ronil e Rodrigo foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e já foram liberados.


Mayra Lopes | Redação CORREIO DA BAHIA
mayra.lopes@redebahia.com.br

6 respostas para “Itabuna: Flanelinhas agridem dono de carro que se recusou a pagar”

  • LÚCIDA says:

    Aqui em Ilhéus não está diferente. Os caras são drogados e se não pagarmos o que não devemos, a coisa fica preta. Se a polícia ficasse em determinadas zonas esses malucos não se sentiriam donos do espaço público.
    Estamos jogados às traças e nas mãos de bandidos de todas as esferas…

  • Rogério says:

    Faz-se necessário que as autoridades levem a sério o problemas dos flanelinhas.Aqui em Ilhéus já presenciei muitas brigas entre eles. Por várias vez, dei algumas moedinhas a um, depois apareceu outro dizendo que era ele que estava tomando conta e rolava uma maior briga entre eles. Outra vez, presenciei uma pessoa se recusando a dar alguns trocados a um tal flanelinha, e este começou a deferir vários palavrões que não merecem nem citar por aqui. Estava com minha família e filhos no momento, e toda a minha família tendo que escutar isso.

    É preciso que a Polícia esteja nesses locais, em particular, na Av. Soares Lopes e façam uma limpeza, retirando esse pessoal de lá, e deixando o espaço livre para estacionarmos os nossos carros.

    A grande maioria desses flanelinhas são usuários de drogas, e como tal, estão ali para conseguirem a pedra de cada dia.

    Saudações

  • Gabriel says:

    Isso é um absurdo!
    O pior é que já era possível prever que situações como essas aconteceriam mais cedo ou mais tarde… Aqui em Ilhéus os flanelinhas já são os donos da rua. Sinceramente, se é pra ficar bagunçado do jeito que está, prefiro até pagar estacionamento do que ficar a mercer de “bandidos”… Não estou generalizando, claro que alguns levam a função de flanelinha a sério, passando confiança e até mesmo nos dando o prazer de querer contribuir, porém a maioria está ali para ganhar fácil o dinheiro que sustentará seu vício…

  • EU ME SINTO REFÉM DELES QUALQUER LUGAR VOÇE PONHE O CARRO.NÃO TEM NINGUEM QUANDO VOÇE VAI SAIR APARECE OS FLANELINHAS COM AMEAÇA.PROMETENDO ARRANHAR SEU CARRO.ALI NO MEIRA DO CENTRO TEM UM ESQUADRÃO DE ELEMENNTOS QUE REALMENTE NÃO SÃO CIDADOES DE BEM .NA VERDADE VOÇÉ PAGA IPVA.PATA OUTRAS TAXA E AINDA TENHE SUSTENTAR O VICIOS DESTES ELEMENTOS PERIGOSOS.O PIOR DE TUDO E QUE ELES LAVAM SEU CARRO SEM VOÉ MANDAR QUANDO CHEGA E LE AMEAÇANDO.BEM QUE A POLICIA PODERIA PASSAR EM CERTOS LUGARES PARA TENTAR ACABAR COM ESTES ABUSOS AO CIDADAO DE BEM.

  • Breno Machado says:

    Digo que nem todos eles são assim, mas por causa de 1, todos perdem e como a grande maioria não tem educação e acham que são donos do espaço público, cabe ao orgão público responsável por esse espaço controlar isso. É um absurdo o que um cidadão ilheense passa nessa “pobre” Ilhéus. Na hora da cobrança de impostos, todos temos que pagar.

    Assim como esse problema, existem muitos outros que se a PMI fizesse o mínimo, com certeza viveríamos bem melhor.

  • Fred says:

    Isso é mais um retrato, e não só de Ilhéus, de como o brasileiro vive para pagar impostos e não ser bem recompensado.
    Não adianta justificar que é pai de familia, que é melhor que ta roubando…
    Uma vergonha é das autoridades competentes que nada fazem; melhor ainda seria se ninguem mais pagasse, assim não haveria demanda para este “trabalho lucrativo”…

Deixe uma resposta para LÚCIDA





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia