WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa embasa secom bahia secom bahia secom bahia


maio 2011
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  








Operação Esfinge prende delegado, policiais civis e major da PM em Camacan

A operação pretende cumprir 21 mandados de prisão relacionados a crimes de extorsão, tráfico de drogas, homicídio e formação de quadrilha

A operação conjunta da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e de Investigações Criminais (Gaeco), do Ministério Público da Bahia, resultou na prisão do delegado de Camacan, de seis agentes da polícia civil e de um Major da Polícia Militar na manhã desta terça-feira (31), de acordo com um policial civil que não quis se identificar.

A operação pretende cumprir 21 mandados de prisão e 25 de busca e apreensão relacionados a crimes de extorsão, tráfico de drogas, homicídio e formação de quadrilha em Salvador e nas cidades de Vitória da Conquista Camacan, Ilhéus e Itabuna.

Durante a operação, também teria sido preso Edvan Ribeiro, marido da empresária Katia Cristina Lima dos Santos, de 31 anos, que foi assassinada dentro do carro na porta de uma Igreja da cidade de Camacan, no dia 28 de outubro de 2010.

As informações ainda não foram confirmadas pelo coordenador da Polícia Civil, delegado Moisés Damasceno e, segundo a assessoria da Secretaria de Segurança Pública, o balanço da ação policial, que foi batizada como Operação Esfinge, só será divulgado na tarde de hoje.

Entenda o caso
A empresária Katia Cristina Lima dos Santos foi morta a tiros quando saía de uma igreja na cidade de Camacan, no sul da Bahia. De acordo com informações de testemunhas, o bandido já chegou atirando. Katia Cristina Lima dos Santos, de 31 anos, foi baleada na cabeça em frente à igreja Assembléia de Deus.

Kátia, que era esposa do empesário Edvan Ribeiro, estava com os dois filhos e a mãe no momento em que foi assassinada. Ela chegou a ser encaminhada à Fundação Hospitalar de Camacan, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.


Redação CORREIO DA BAHIA

3 respostas para “Operação Esfinge prende delegado, policiais civis e major da PM em Camacan”

Deixe uma resposta para ruy cunha filho





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia