WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom saude embasa


junho 2011
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  








BAIANO BURRO NASCE MORTO, MEU REI!

José QUEIROZ

Salvador precisa urgentemente de um amplo debate, ou uma campanha, que esclareça para os envolvidos com a política da cidade, e do estado, o nível de conhecimento, informação e politização do seu povo! Estamos perdendo tempo, desperdiçando recursos e comprometendo seriamente a sociedade com essa postura de políticos. Em todos os três últimos eventos relacionados com o Pelourinho e o turismo, que reuniram o povo e o governo, e em todas as entrevistas dos políticos que estão aí, o único culpado de todos os problemas de Salvador, é o Antonio Carlos Magalhães! Que destruiu a cidade, o povo, a cultura, o passado, o presente e o futuro! Agora tem que reconstruir tudo! Haja dinheiro para estudos, projetos, planos e eventos!

É impressionante a maneira como subestimam as pessoas que vivem na cidade, principalmente os que estão envolvidos diretamente com as ações do governo, como é o caso do Pelourinho, da cultura, seja popular ou erudita, e do turismo, que é uma atividade que exige bom nível de conhecimento, inclusive político, econômico e social. Todos os partidos políticos dizem a mesma coisa! Salvador precisa de ações, administração, resolver os problemas do presente, e planejar melhor o seu futuro! Mas, se a população não disser aos governantes “conhecemos vocês, assim como as mentiras, as desculpas e a maneira como vocês exploram o povo e a cidade”, ela não sairá disso.

Todos combateram o governo do ACM, conquistaram o eleitorado, e estão no poder. E para quê? Para mentir, mascarar criminosamente a realidade – foi o que aconteceu na Grécia! – arrecadar dinheiro e voto para seus partidos, e sucatear a cidade irresponsavelmente. Ofendem e revoltam nossa inteligência e nosso espírito com essa cara de pau, incompetência e rapinagem. Os políticos agem como se estivessem numa colônia de seus partidos, no meio de um bando de ignorantes. Era preciso registrar a fala e a expressão da última palestrante na reunião da Saltur! Ela duvidava que os presentes tivessem noção do que acontece nesta cidade, e que tivessem alguma proposta, alguma sugestão, ou mesmo cérebro.

É muito grave isto! Eles partem desse pressuposto, convocam e escutam o povo, e elaboram documentos que não condizem fielmente com o que se discute. Na audiência que foi realizada no dia 10/06/2011 foi discutida a segurança que afastou o baiano e o turista do Pelourinho e afetou a cadeia econômica da cidade, foram pedidas medidas emergenciais de fechamento e vigilância dos casarões abandonados e assistência social aos indigentes que circulam na área, e ainda a aplicação do Plano de Reabilitação “Participativo”, que está pronto há dois anos, custou 4 milhões de reais, já foram feitas parcerias de contrato com bancos no valor de 37 milhões, segundo consta no próprio livro, e o plano não saiu do papel.

Mas no documento elaborado pela comissão consta que as pessoas querem a Fundação Cidade Mãe, da senadora Lídice da Mata, no Pelourinho, assim como mais verbas para publicidade. Ninguém falou disso! Foi cobrada a presença do serviço social do município e do estado. Em Salvador não há abrigos suficientes para mendigos, não há acomodação para mulheres indigentes, nem há casa de recuperação para drogados, no entanto a Secretaria de Turismo gastou 10 milhões com o São João! Isso tem que parar! As indústrias dos estudos, da publicidade e das festas estão enriquecendo políticos e arrebentando esta cidade. O governo virou um negócio de políticos! Principalmente na área da cultura e do turismo, onde ele é literalmente empresa. E o secretário de cultura Albino Rubin, responsável pelo Pelourinho, lamenta que não tenhamos movimento cultural no Brasil. Organizemos um

1 resposta para “BAIANO BURRO NASCE MORTO, MEU REI!”

  • ramom says:

    Além da burrice, Salvador tem todo tipo d problema. Mas o grande vilão não é o governo, é o POVO. Ë mta porcaria e ignorância! O lixeiro recolhe o lixo, o povo joga nas ruas calçadas tudo q consomem. Os turistas chegam e não encontram gentileza só arrogâcia e meios e tirar o dinheiros deles por vários meios como: flanelinhas, cadeirinhas na praia, aguinha para tirar areia dos pés, e poraí vai. o POVO é culpado d tudo! E pior q passam é cultura grotesca para seus filhos!

Deixe seu comentário





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia