O Brasil terá em breve duas fábricas de telas sensíveis ao toque, para tablets. Não se sabe ainda onde elas serão construídas, mas já se sabe que o Polo de Informática de Ilhéus não atende às exigências do fabricante, a Foxconn, empresa de Taiwan que produz os IPhones e IPads da Apple.

A principal exigência para ser sede do empreendimento é a de que a cidade esteja próxima a um aeroporto internacional. Diz o ministro da Ciência e Tecnologia, Aloísio Mercadante:

“Precisa de muita energia, muita água, muita logística. Precisa de um aeroporto internacional que dê suporte a voos diários para poder suprir os componentes que são necessários nessa indústria”.

Por enquanto, Ilhéus só tem muita água e um projeto de logística – o Porto Sul – que tem ainda tem gente torcendo para fazer água.


No PIMENTA