WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia teatro itabuna


outubro 2011
D S T Q Q S S
« set   nov »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  








Deputado federal Zezéu Ribeiro (PT) declara apoio à Reorientação da CEPLAC

(E) Zezéu Ribeiro e representantes do Conselho de Entidades Representativas dos Servidores da CEPLAC

O Secretário de Planejamento do governo do Estado da Bahia, deputado federal José Eduardo Ribeiro, Zezéu Ribeiro (PT-BA), em reunião ocorrida no final da tarde dessa quinta (13), no Auditório da Escola Politécnica da Bahia, com os representantes do Conselho de Entidades Representativas dos Servidores da CEPLAC, se dispôs a integrar o batalhão de parlamentares, em apoio ao processo de reorientação da CEPLAC, cujo projeto, em curso na esfera federal (Ministério do Planejamento), necessita concluir seu trâmite até chegar à Casa Civil da Presidência da República.

A reunião fez parte de uma série ocorrida nos últimos dias e visa à arregimentação de forças políticas para formação de um bloco de apoio à reorientação da CEPLAC. Já declararam apoio a esta movimentação os deputados federais, Geraldo Simões e Josias Gomes ambos do PT/BA e conta com a anuência da secretária da Casa Civil do Governo do Estado da Bahia, Eva Maria Chiavon.

“Precisamos dar ênfase ao caráter de como será a nova CEPLAC e seguir alinhados com as políticas públicas do governo Dilma, que tem como objetivo reduzir as desigualdades e a erradicação da pobreza e da miséria. Entendo que não foi boa a quebra do tripé que formava a CEPLAC, por meio da Educação, Pesquisa e Extensão, nós perdemos muito com isso, mas alinhados com as políticas de governo, consolidem a proposta e terão o nosso apoio e, quando necessário, iremos ao governador”, afirmou o Secretário Zezéu Ribeiro.

Visão conceitual afinada

Para o Coordenador Geral de Gestão Estratégica da CEPLAC, Elieser Correia, o atual Projeto “I CEPLAC” tem uma afeição afinada do ponto de vista conceitual, necessitando tão somente de alguns ajustes. “Precisamos conduzir a reorientação da CEPLAC alinhado com a política de governo, consolidando o órgão no apoio ao desenvolvimento rural sustentável, apoio à agricultura familiar, erradicação da pobreza e da miséria e não mais dentro de uma visão produtivista” disse Elieser. “Temos uma convergência de ações que facilitam o processo, ou seja, Plano de Carreiras, Concurso Público e Plano de Gestão Estratégica, este, em fase de conclusão, precisamos apenas afinar o debate da questão conceitual”, defendeu.

Impactos positivos

“A reorientação da CEPLAC significa, além da consolidação como órgão de apoio ao desenvolvimento sustentável da região, também, a geração de um impacto positivo bastante significativo para a região; só para que se tenha idéia, com o conjunto de ações (implantação da Ferrovia Leste-Oeste e Porto Sul) anunciadas pelo governo estadual, que prevê o investimento de um volume considerável de recursos para aplicação na região nos próximos anos, pode-se avaliar a importância deste pleito, ou seja, enquanto esse conjunto de ações prevê a geração, na fase de pico, de cerca de 2.300 empregos diretos, somente no próximo ano deverão ser contratados, pela CEPLAC, 600 (seiscentos) servidores em caráter permanente, e esses números poderão ser maiores nos anos seguintes, portanto, se considerarmos a diferença de volume de recursos a serem aplicados na implantação nos distintos projetos, pode-se verificar a importância deste pleito e isso a sociedade precisa saber avaliar, poder dimensionar e até mesmo se engajar nesta luta na defesa dessa proposta”, afirmou Afrânio Freitas, Presidente da Associação dos Técnicos de Fiscalização Federal Agropecuária do Estado da Bahia e membro do conselho das Entidades Representativas dos Servidores da CEPLAC.

Momento Fértil

Edvaldo Pitanga, diretor do Sindicato dos Servidores Públicos Federais do Estado da Bahia – SINTSEF, afirmou que “Nestes últimos nove anos não conseguimos revitalizar o órgão, resolvemos então tomar esta iniciativa para a conjunção de forças no sentido de revitalizá-lo, pois, se não fizermos isto, em 2013 e 2014 estaremos com 677 servidores; não se trata de reedição do atual modelo da CEPLAC, mas reorientá-lo para o enfrentamento de novos desafios e o objetivo principal desta conversa é exatamente inseri-lo nesta luta, pois, entendemos que o momento é extremamente fértil para isso”.

Último Esforço

“A nossa intenção é trazer o debate para o campo político e como representante dos Servidores estamos fazendo isso, precisamos fazer este esforço para revitalizar o órgão, pois, trata-se, certamente, do último esforço neste sentido, nós avançamos muito e precisamos avançar mais, porém, ainda não é o suficiente e a intenção é chegarmos ao governador, esse é o nosso próximo passo, mas, para isso, precisamos chegar com um projeto consensuado e com as forças alinhadas e é por isso estamos aqui”, enfatizou Bezerra, Presidente da Associação dos Funcionários da CEPLAC.
Participaram da reunião, o secretário de Planejamento do Governo do Estado da Bahia, deputado federal, Zezéu Ribeiro, o coordenador Geral de Gestão Estratégica da CEPLAC, Elieser Correia, o presidente da Associação dos Técnicos de Fiscalização Federal Agropecuária do Estado da Bahia e presidente da Associação dos Funcionários da CEPLAC, representando os Servidores da CEPLAC, respectivamente, Afrânio Freitas e José Bezerra da Rocha, além do diretor do Sindicato dos Servidores Públicos Federais do Estado da Bahia – SINTSEF, Edvaldo Pitanga.


Analu Alves

2 respostas para “Deputado federal Zezéu Ribeiro (PT) declara apoio à Reorientação da CEPLAC”

  • Carlos da Silva Mascarenhas says:

    Rabat:

    Trabalhei na CEPLAC de 1967 a 1974. Devo a ela muito do hoje sou, pois foi nela que em 1970, através de um teste de aptidão aplicado pelo pessoal da IBM, fui selecionado para fazer treinamento em PROCESSAMENTO DE DADOS,como na época era denominado o que hoje chamamos de de TI – Tecnologia da Informação.

    Tenho acompanhado com muito carinho e interesse as notícias que falam de um trabalho de Planejamento Estratégico que está sendo feito na CEPLAC, procurei me informar, e na internet tomei conhecimento de que foram definidas a MISSÃO e a VISÃO de futuro daquele órgão, que explicito a seguir.

    Faço aqui uma pergunta. A Missão e a Visão estabelecidas foram definidas pelos seus verdadeiros donos, os CACAUICULTORES, que sempre a custearam,ou foram definidas por técnicos fechados em gabinetes refrigerados?

    VISÃO DA CEPLAC
    Ser reconhecida, até 2022, pela excelência na inovação tecnológica
    para o desenvolvimento de modelos competitivos de produção para
    agricultura tropical perene nas regiões cacaueiras.

    MISSÃO DA CEPLAC
    Promover o desenvolvimento rural sustentável das regiões produtoras
    de cacau, (consolidando) (fortalecendo) a agricultura tropical perene.

    Faço aqui algumas perguntas:
    Será que a Missão que foi definida, de alguma forma, não já é cumprida por outros órgãos da administração pública, nos três níveis de governo, havendo assim uma superposição de funções?

    Será que não seria bem mais interessante transformar a CEPLAC num órgão indutor de desenvolvimento para a nossa região?

    Fica aqui o meu questionamento.

    Carlos da Silva Mascarenhas

  • noite says:

    Mascarenhas , faço das suas as minhas palavras , assisto sempre ao Globo Rural , raramente ouvimos falar da nossa região , vejo projetos fabulosos em regiões secas que antes só criava bode , aqui temos água em abundância , terra boa , fértil que tudo que se planta brota e dar frutos e cadê a Ceplac para nos orientar ??? Várias vezes entrei no site e solicitei um técnico , até hoje não obtive retorno , o agricultor do sul da Bahia tem que se virar com técnicas pesquisadas através da internet .

    MISSÃO DA CEPLAC !!!!!!!!!!! ONDE !!!!!!!!
    Promover o desenvolvimento rural sustentável das regiões produtoras
    de cacau, (consolidando) (fortalecendo) a agricultura tropical perene

Deixe seu comentário





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia