NÃO CLIQUE PARA AMPLIAR

As duas últimas semanas foram difíceis. Aliás, com a definição da necessidade de um cateterismo, por si só, já sinaliza que a maré num ta pra peixe. Cansado de tanta febre, tosse, fraqueza e a suspeita de pequenos infartos tive um princípio de deprê e nessas horas não penso duas vezes e ligo para o meu consultor espiritual. É uma pessoa iluminada que consegue captar os meus sentimentos assim que abro a porta. Desta vez não foi diferente e, por ter prestígio, furei a fila em que pese a ruma de praga que os pacientes me jogaram quando entrei no consultório dele.
Com aquela sua voz inimitável, pausada e suave como uma trovoada ele foi logo levantando e perguntando:
Que houve, brimo? E, ato contínuo, foi logo baixando a minha cinta porque a hérnia umbilical chegou no limite e, ainda, é uma temeridade operar. Veja como são as coisas: passei a vida toda com essa hérnia, já considerando de estimação e agora ela me apronta essa. Lançando mão dos conhecimentos do tio, educado na Suiça e agora na seara do Pai, fez as devidas observações e lançou um paliativo (essa eu não conto rsrsrsrs) do tipo faça isso enquanto não pode cortar.
Minutos depois ele, no Oráculo, balançou 7 vezes as mãos espalmadas e com os olhos fechados optou por jogar o Ikin. Olhou a posição da caída e disse:
Grandes possibilidades e ficou em silêncio olhando pra mim.
Ora, grandes possibilidades significam coisas boas principalmente pra quem ta com tantos problemas e vi, nessa interpretação, um sinal de boas novas e aí perguntei:
Grandes possibilidades de eu ficar bom?
Não, respondeu ele. Grandes possibilidades de você sair vivo na cirurgia.
Interessante como essa simples possibilidade fez com que eu sentisse que os problemas diminuíram. Já estava pensando até em ir andando mesmo sem necessidade de taxi. Só que a conversa descambou e aproveitei o embalo para saber como vai fazer o cateterismo pela virilha se a prótese ta costurada num toquinho de veia que dr José (licença Entidade) achou e se não fosse esse toquinho estaria, hoje, de papo com saci? Pelo pescoço, respondeu na maior tranqüilidade do mundo.
Eu sou apaixonado por esse meu consultor espiritual. Posso até chamá-lo de Pai M de Aruanda para dar mais pomposidade. Quando ele é AMIGO é AMIGO mesmo. Por exemplo: ele fez uma campanha pesada para no ano passado eleger um colega na categoria MISS SIMPATIA e elegeu; por conta dessa admiração ele, até hoje, mantém no consultório um pôster do eleito e NEM fica com ciúme daquela brilhosa coroa.
Tava pensando em mandar um i-meio pra ele com uns 300 beijos amanhã logo cedo mas, já desisti porque tenho certeza que ele vai me achar primeiro kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Valeu querido,
Quando eu voltar passo todos os resultados pra você analisar tudo direitinho, como sempre fez, preparar a segunda etapa e vencermos mais um desfio.
Essa foi uma maneira, meio sacana é bem verdade, de mostrar o tanto que eu te admiro.
Grande Beijo, Saúde, Paz e mais sucesso.
Brimo Tinho.