Foi realizado na manhã desta sexta-feira (28), no Hospital São José em Ilhéus, um café da manhã promovido pela Bahia Mineração para anunciar o inicio do convênio com a entidade. O evento contou com a presença do presidente da Bamin, José Viveiros e toda diretoria da empresa, do Provedor da Santa Casa Eusinio Gesteira, médicos, funcionários, vereadores, imprensa, autoridades civis e militares e da Deputada Ângela Sousa (PSD) que juntamente com o vice-prefeito Mario Alexandre, foram os mentores desta importante parceria para o povo de Ilhéus.

A deputada Ângela Sousa (PSD) lembrou-se do momento em que toda comunidade ilheense se uniu para lutar, por conta das dificuldades que atravessava aquela instituição, e garantiu buscar novas parcerias no intuito de minimizar os problemas. “Sempre irei lutar e pedir ajuda para beneficiar os ilheenses, esse convênio da Bamin e Hospital São José demostra que a empresa vem para beneficiar o nosso povo”. Uma reunião foi agendada na época com o então presidente da Bamim Clovis e marcamos uma visita ao hospital. Ele se interessou e aprovou a ideia sinalizando uma parceria com o Hospital. Procuramos então o provedor que comemorou a noticia.

O provedor Eusinio Gesteira destacou o empenho da deputada Ângela Sousa com o Hospital São José, e lembrou-se da intervenção da deputada para que o hospital continuasse atendendo os usuários do PLANSERV e agradeceu a iniciativa deste importante convênio.

José Viveiros, presidente da Bahia Mineração em seu discurso lembrou o inicio desta conquista, através do convite da deputada Ângela Sousa, onde ele como o novo presidente reafirmou o compromisso da empresa em ajudar o hospital. Viveiros fez um balanço das atividades e reafirmou ao público presente o compromisso da Bamin com os projetos que a empresa desenvolve em Ilhéus. Para o dirigente, todas as etapas do processo de implantação do Porto Sul estão sendo transpostos, inclusive com a capacitação de pessoal, sendo que dentre muito em breve as obras deverão ser iniciadas.

O vice-prefeito Mario Alexandre, em seu discurso disse: “Fui eu como médico e conhecedor das necessidades do Hospital São José que sugeri a reforma e ampliação da emergência do hospital, sugestão essa que foi abraçada pelos presentes”. “Mario Alexandre lembrou também a questão da nutrição onde o custo é alto.” Lá existem funcionários antigos e prestes a se aposentar, a diretoria da empresa acatou a ideia e entraram em ação, fazendo uma revisão e reduzindo os custos eles vão manter a nutrição através de uma empresa pagando 75 mil reais e uma exigência nossa foi arcar todas as rescisões trabalhistas com o pessoal que não seria reaproveitado”. Afirmou Mario Alexandre. Essa parceria inicial será para a manutenção durante 12 meses.