Rabat:
 
Hoje é realmente um dia marcante na história de Ilhéus. Tive a oportunidade de assistir das 14:00 horas até às 17:20 horas, quando saí, antes que a Audiência Publica do Porto Sul  fosse encerrada, um espetáculo de democracia e de respeito às instituições e ao povo em geral. Se algo desagradável aconteceu após às 17:20 horas terá sido uma pena.
O Centro de Convenções estava lotado, o evento começou com todos os presentes cantando o Hino Nacional e foi formada a mesa com a seguinte composição:
Superintendente do IBAMA, Dr. Célio Costa Pinto,
Prefeito de Ilhéus, Nilton LIma
Deputado Geraldo Simões
Deputado Josias Gomes
Secretário Estadual do Maio Ambiente, Eugênio Splenger
Secretário da Industria Naval e Portuária, Carlos Costa
Secretário Estadual da Justiça, Almiro Sena
Deputada Estadual, Ivana Teixeira Bastos
Deputada Estadual, Angela Souza
Presidente da Bahia Mineração, Francisco Viveiros
Coordenadora de Licenciamento de Portos, Aeroportos e Hidrovias, Mariana Graciosa Pereira, Secretária Executiva da Audiência.
  
De início os políticos puderam fazer as suas colocações e seguiram-se filmes e várias explicações técnicas sobre o empreendimento e sobre o seu EIA/RIMA.
O público presente, em grande número, tanto aqueles que se colocaram a favor do Porto Sul, como aqueles que se colocaram contra puderam agitar faixas e cartazes e proferir palavras de ordem, só sendo reprimidos pelo responsável pela condução da Audiência, quando se excediam. Vários exemplares do EIA/RIMA foram disponibilizados em mesas na entrada do Centro de Convenções para aqueles que quisessem conhecer melhor o Projeto.
Não havia segurança ostensiva no Centro de Convenções e o evento até o momento em que saí, transcorreu em total tranquilidade
Para que você tenha idéia de como o evento foi tranquilo, eu tive a oportunidade de conversar durante alguns instantes com o Presidente da Bahia Mineração, Francisco Viveiros, quando entreguei a ele um manuscrito com sugestões quanto a uma condicionante ambiental que é a certificação do Sistema Integrado de Gestão da operação e construção do Porto Sul nas normas ISO 9001, ISO 14001, OHSAS 18801 e ISO 26000, e uma comopensação ambiental no sentido de que a BAMIN assumo o manejo e a conservação da Mata da Esperança, ele pediu o meu e-mail e ficou de analisar e responder-me.
Repito: até às 17: 20 horas a Audiência foi um belo espetáculo de democracia e de respeito.
Carlos da Silva Mascarenhas
[email protected]
73 8147-0607

Veja FOTOS clicando AQUI e depois em apresentação de slides.