Ex-presidente é diagnosticado com tumor localizado na laringe e vai começar um tratamento inicial com quimioterapia nos próximos dias.

 

O ex-presidente Lula foi diagnosticado neste sábado (29) com um tumor localizado na laringe. Ele está internado no Hospital Sírio-Libanês, Zona Sul de São Paulo. De acordo com a equipe médica que assiste o ex-presidente, o paciente está bem e vai começar um tratamento inicial com quimioterapia nos próximos dias.

O comentarista de saúde da TV Globo, o médico Luís Fernando Correia, falou ao Jornal Globo News sobre a natureza do tumor diagnosticado no ex-presidente Lula. “Tumor é qualquer agrupamento de células em qualquer lugar. Pode ser uma bolinha na pele. Já o tumor maligno é câncer. O fato de ser anunciada uma sessão de quimioterapia já fecha um diagnóstico e se configura um câncer maligno”, esclarece o médico.

Luís Fernando Correia explicou ainda como é o diagnóstico e o tratamento para tumores na laringe. O uso do cigarro é um dos fatores, segundo Luís Fernando Correia, relacionados à doença. O presidente Lula fumava cigarrilhas e charutos.

“Os tumores na laringe estão envolvidos nos tumores da região de cabeça e pescoço. Esses tumores têm relação direta com o uso do tabaco. O diagnóstico é feito geralmente de maneira oportunista, ou seja, o paciente procura o médico por outra queixa, com rouquidão crônica. O uso do tabaco, cigarros, cigarrilhas ou charutos é a maior causa de todos os tumores da laringe”, afirmou o médico.

GLOBO NEWS

http://g1.globo.com/globo-news/noticia/2011/10/tabaco-esta-relacionado-tipo-de-cancer-detectado-em-lula-diz-medico.html