WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
sesab bahia secom ponte ilheus secom bahia secom bahia


novembro 2011
D S T Q Q S S
« out   dez »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  








Pólo de Informática – Ilhéus

Prezado Rabat,

Lendo o seu site agora, tem uma reportagem do incansável Mascarenha a respeito do Polo de Informática onde é relatado o total descaso e abandono.

Segue algumas fotos onde comprova o descaso, o abandono desse incompetente desgoverno da nossa Cidade; a coleta de lixo é feita apenas uma vez por semana.

Clique para AMPLIAR.


Essas fotos foram tiradas apenas em um local.
Sem falar na iluminação pública no polo de informática que está uma vergonha, totalmente as escuras e onde as empresas pagam um absurdo na famigerada taxa de iluminação.

Favor manter meu enderço oculto

forte abraço.

3 respostas para “Pólo de Informática – Ilhéus”

  • educarnet13 says:

    Com relação ao lixo o problema fica mais simples de resolver. Abre-se uma nova concorrencia, pois pelo que vemos a atual empresa nao tem condições de continuar fazendo os serviços e ao mesmo tempo fazer cumprir a Lei. Com a palavra o novo Secretario da SSU que podera falar melhor sobre a obrigatoriedade das empresas comerciais, que produz quantidade excessiva de lixos, a dar destino final, ou seja, essas empresas deverão pagar para que seu lixo seja coletado. Com relação a iluminação publica a SSU esta falhando em muito, não so em nosso Distrito Industrial, mas em toda sede do nosso municipio. Na Ilheus/Olivença motoristas dos onibus coletivos nao querem mais parar, para pegar passageiros, apos as 18:00hs, com medo de assaltos, por falta de iluminação em boa parte da rodovia Ilheus/Olivença.

  • Maria do Socorro Mendonca says:

    Caros,

    É importante lembrar que é responsabilidade dos grandes geradores de resíduos sólidos, o seu destino e por isso pagar. A Prefeitura de uma cidade é responsável pela coleta de resíduos domésticos. O lixo além de ser uma excelente fonte de corrupção, onde sempre acontecem desvios, estando em vários municípios do País a cabeça da lista de licitações viciadas e agora também fabricante de precatórias é causa de várias doenças pela destinação não adequada. Aqui no município, existe um grupo acompanhando a requalificação do Aterro Sanitário do Itariri, desde 2008 e até hoje não se consegue fazer avançar, emperrando sempre naquilo que é responsabilidade ou contrapartida da Prefeitura Municipal. O Governo já investiu mais com a requalificação do que a construção. Todo um trabalho vem sendo desenvolvido e agora também com a inclusão do IBAM e recursos do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) para que os catadores sejam retirados de dentro do ex aterro e agora lixão, para terem vida digna e trabalhem como qualquer outra pessoa normal, ainda que seja com resíduos. Quero acreditar que a nova administração da SEDUR (Secretaria de Desenvolvimento Urbano) cumpra as etapas. Também devemos cobrar isso do Comércio de Ilhéus através da CDL, pois são os empresários, os responsáveis pela destinação adequada dos resíduos gerados e não empilhar em frente à Delegacia, fazendo com que o chorume seja escoado para a Enseada do Pontal, além de todo esgoto que recebe dos Rios Cachoeira e do Engenho. A cidade é nossa e precisamos ser os fiscais, já que a Câmara de Vereadores tem sido ausente da sua principal atribuição. Com o amadurecimento cidadão a cada dia, o povo em breve dará respostas àqueles que não cumprem seus deveres e só sabem fazer conchavos para benefício próprio em detrimento do coletivo. Ao invés de cobra da Prefeitura e tornar mais cara a nossa conta, vamos cobrar dos geradores de resíduos sólidos de: SAÚDE, COMÉRCIO, INDÚSTRIA, CONSTRUÇÃO CIVIL e também cobrarmos dos fabricantes de baterias, computadores, lâmpadas, remédios, etc. a LOGÍSTICA REVERSA. Não serve mais, quebrou, devolvemos para o fabricante que dará providência de reciclar ou destinar adequadamente. No nosso Aterro Sanitário? NÃO!

  • Carlos da Silva Mascarenhas says:

    Socorro:

    Venho há muito tempo defendendo a idéia de que se juntarmos Governo do Estado, Prefeitura Municipal e Empresas do Pólo, poderemos criar uma Central de Tratamento de Resíduos Sólidos no nosso Distrito Industrial, e não só resolver o problema ambiental, mas também gerar emprego e renda.
    Instalações físicas para fazer isto não falta, pois temos vários galpões quase abandonados no Distrito, tecnologia podemos ver com o pessoal da UESC que vem estudando assunto, e os recursos necessários são bem pequenos.
    Só precisa vontade política para fazer isto.
    Devo lembrar com com a Lei de Resíduos Sólidos, já em vigor, as responsabilidades das Empresas e também do município aumentaram bastante.

    Carlos da Silva Mascarenhas

Deixe seu comentário





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia