WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
festival chocolate


novembro 2011
D S T Q Q S S
« out   dez »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  






:: 5/nov/2011 . 18:46

LIBEROU GERAL

Agora é oficial ou extra oficialmente, a tradicional roubadinha sentido Pontal/Avenida Princesa Isabel está liberada.
Portanto senhores condutores de veículos mais previdentes, tenham cuidado extremado ao chegar próximo à cabeceira da ponte.
Se o que era proibido, ou seja, entrar na contra mão e descer a ladeira, agora está liberado.
Também tenham cuidado senhores condutores de veículos mais previdentes, que ao levar seus veículos para a direita ao chegar à curva da cabeceira da ponte, sentido centro/Pontal, por a pista está mais larga, observem as ultrapassagens perigosas pela esquerda, ou seja, os mais afoitos e apressados, estão cortando em plena curva da cabeceira da ponte.
Esta é a contribuição dada pelos nossos condutores de veículos ao combalido trânsito da nossa cidade.
Vejo as coisas da seguinte maneira, se não temos nenhum projeto que possa beneficiar o complicado fluxo de veículos reinante na cidade, que não se tome medidas como esta de tirar o jardinete que existia na saída da ponte sentido Pontal/centro, que mesmo com este equipamento já vinha sendo irresponsavelmente utilizado pelos maus motoristas, que se faça uma melhor fiscalização.
Os experimentos ou tentativas de trazer novidades para o trânsito infelizmente não estão surtindo os efeitos desejados, vejam a recente criação do curral na praia da Avenida Soares Lopes, que fica inundado a qualquer chuva que venha atingir a cidade.
Pergunta-se: quem vai estacionar um veículo num local que pode ser inundado de água a qualquer momento?
Com a palavra o inventor da grande idéia.
Como um cidadão comum e sem entender nada de trânsito, a não ser procurar dirigir com a máxima atenção, acredito que a assessoria de um especialista em trânsito urbano, de cidades que têm problemas maiores, quem sabe possa nos dar uma luz para que possamos atenuar a situação que estamos enfrentando e que serão mais acentuadas dentro de curtíssimo espaço de tempo.
A essa altura do campeonato, com a chegada da temporada de verão, não dá pra se fazer testes, os nossos abnegados Agentes de Trânsito são poucos para estar em tantos locais diferentes e com tantos diferentes problemas.
Que me desculpe o nosso Secretário e seus assessores, mas a situação está tomando proporções assustadoras e quando o caldo entornar aí vai ser difícil de resolver.
Sei que a tarefa é das mais difíceis, mas com um pouco de determinação e atitude, com certeza poderemos alcançar algum resultado.
Mais do que nunca os pardais têm que funcionar dentro das especificações técnicas e das normas do trânsito, pois é mais um inibidor de transgressões no trânsito, pois com pardal ou sem pardal a turma não quer nem saber chega junto, salve-se quem puder.
ZÉCARLOS JUNIOR

Ilheense faz sucesso em São Paulo como empresário e ganha prêmio internacional.

Enviado por Roberto Carlos Rodrigues

Weliton Nascimento

O baiano Weliton Nascimento saiu da cidade de Ilhéus para vencer em São Paulo. Chegou em 1986 para trabalhar como servente de pedreiro e, hoje é empresário de sucesso na área de Recursos Humanos, com mais de 07 mil profissionais contratados. Sua empresa é a Arezza Recursos Humanos, fundada em 1997. Weliton Nascimento saiu de servente de pedreiro para empresário ganhador de prêmios internacionais. Com 14 anos de história, a empresa de Weliton Nascimento é mais um caso de sucesso empresarial brasileiro estudado por diversos órgãos nacionais e internacionais. Em 2010 sua empresa conquistou o Prémio Top of Quality, criado pela O.P.B. – Ordem dos Parlamentares do Brasil. Em 2011 foi a ganhadora do prêmio Latin American Quality Awards como a melhor empresa de RH. O empreendedor Weliton Nascimento é formado em Direito, Contabilidade e Administração. Conheça sua empresa no site: www.arezza.com.br

Assista aos vídeos sobre Weliton Nascimento no Programa Mais Ação no Youtube (Parte 01 e Parte 02).

Fonte: Agência Pauta.

A FEIJOADA “VUÔ”

Terminou por volta das 15h45 a III FEIJOADA DO BODE.

“Cheirô”

O rango estava sendo servido no salão da Loja Elias Ocké e o cheiro estava batendo na ladeira da Vitória. Por conta disso alguns gulosos que estavam nesse raio foram atraídos e mandaram bem.

PHD

Luiz Rehm especialista em assuntos festivos disse que o ambiente descontraído associado ao sabor da comida se constituem no  ponto mais marcante para o sucesso da já famosa e disputada  feijoada.

ESTILOSO

Os místicos aconselharam ao Dr Enio para que ele coloque uma figuinha de guiné presa na sua roupa  para espantar olho grande. Tênis e meinha, segundo os entendidos (no assunto), funcionam como imã para “olhado”. O nosso DÔTÔ ficou de avaliar e na próxima, certamente, os olhares estarão voltados para suas meias.

VISAGEM

Estava todo mundo no maior converseiro. As latinhas iam ditando o ritmo no bate papo. Eis que, de repente, o silêncio foi tomando conta do ambiente até ficar daquele jeito que se cair uma agulha no chão a gente escuta. Os olhares foram seguidos até todos eles convergirem para o caixa. Lá estava Jamil Ocké com uma nota de 20 para pagar o dele e o da viagem que depois ficaram sabendo seria para o jantar (que tia Elvira não leia). Uns diziam: acho que essas duas latinhas que tomei me pegaram. Será verdade mesmo ou estou vendo demais? Outro entrou na mesma balada: Não é nota de 20 é o reflexo da caixa amarela na mão dele. Chamado num canto e, devidamente interrogado, Jamil garantiu que pagou. Em que pese a desconfiança de 99,99% dos presentes teve quem acreditou.

PINGA

Pelo visto a “pinga social” não emplacou. Apesar da garrafa ser muito bonita ela ficou lá enfeitando a mesa dividindo espaço com talheres, pratos, saladas, flores e guardanapos. Foi desprezada. Um investimento altíssimo mas, o povo disse NÃO. Ao que tudo indica as latinhas continuarão reinando soberanamente.

III FEIJOADA DO BODE - LOJA ELIAS OCKÉ - 05 11 2011

Veja as FOTOS clicando AQUI e depois na seta para AVANÇAR.

MAIS DO MESMO – e nada feito

Rabat, leitores, me respondam, qual foi a última grande (média e pequena também serve) obra realizada na cidade nos últimos 10 anos (tempo que resido na mesma)?

Alguém aqui de Ilhéus já viu um rolo-compressor desses aqui na rua para pavimentação das mesmas?

Pois eu nunca vi!

Alguém já viu uma rua assim sendo pavimentada:

10 ANOS…E EU ANDO BASTANTE POR AÍ, E O ÚNICO LUGAR QUE VEJO ALGO ASSIM É NA PROPAGANDA QUE FICA PASSANDO DENTRO DA PREFEITURA, REPETITIVAMENTE…

MAS SÉRIO, desconfio que o pessoal está gostando! Como torci praquele meteoro cair no meio da ponte…

Glauber Fonseca

TODOS OS SANTOS

Dom Mauro Montagnoli / Bispo diocesano de Ilhéus

Dom Mauro Montagnoli / Bispo diocesano de Ilhéus

Ao lembrarmos os santos e santas de Deus, renova-se para nós a Palavra de Jesus: “Sede santos como Deus é santo”. “Na verdade, ó Pai, vós sois santo e fonte de toda santidade” (Prece Eucarística, II). Somos todos chamados à santidade.

Na Páscoa de Jesus, temos certeza de que a vida vence a morte e de que somos santificados pela ação do Espírito que habita em nós. Ao mesmo tempo em que nos alegramos celebrando a festa de todos os Santos, devemos nos perguntar: como ser santo? O que significa ser santo?

O livro do Apocalipse, capitulo 7 e versículos 2 a 4 e 9 a 14, sustenta o ânimo das comunidades que padeciam tremendas perseguições pelo Império Romano. A tônica é a esperança. Deus protege do julgamento aqueles que lhe são fiéis e os salva. O autor revela que os que lutam e resistem são muitos e formam uma totalidade perfeita (144 mil é o resultado da multiplicação de 12 x 12 x 1.000). A multidão de fiéis que ninguém pode contar — gente de todas as tribos e nações, povos e línguas — reconhece que a salvação é obra de Deus e do Cordeiro.

Em clima de celebração e discernimento somos convidados a descobrir, no meio dessa imensa multidão, os mártires e santos que resistiram até as últimas consequências para defender o nome de Deus, implantar a justiça e testemunhar a solidariedade. Sua memória nos anima a perseverar na luta pela implantação do Reino de Deus na terra.

O Apóstolo João, na 1ª. Carta, capítulo 3 e versículos 1 a 3, escreve à comunidade em crise, em razão da desistência de um grupo. É vazia e sem valor a espiritualidade sem uma prática de vida cristã, uma vez que não é possível amar a Deus sem amar o próximo e sem formar autênticas comunidades, O desafio está em integrar-se plenamente à comunidade e amar os seus membros. Se Deus é Pai, todos somos seus filhos, consequentemente todos devemos nos amar como irmãos e irmãs.

:: LEIA MAIS »

III FEIJOADA DO BODE

É A PARTIR DO MEIO DIA !!!!!!

INFORMAÇÕES:

73 3084 – 3040

PODE CONFIAR !!!

É de gente da gente ...

COMUNICADO

(Sob a responsabilidade dos médicos: Josicélin Fonseca Almeida, Tatiana Matos, José Antonio Fonseca, Pedro Ferreira Neto e Tales Câmara):

Nestes últimos dois anos o Hospital de Base de Itabuna, sem nenhuma ajuda da Secretaria de Saúde do Estado e da Secretaria de Saúde do Município, vem mantendo o atendimento aos pacientes psiquiátricos de Itabuna e dos mais de cem outros municípios que compõem a área definida pela pactuação.

Os recursos escassos que são repassados pelo Estado não contemplam e nem cobrem os custos pela manutenção deste Anexo Psiquiátrico e o Hospital de Base de Itabuna não tem mais como manter sozinho este serviço ambulatorial.

A Secretaria de Saúde do Estado, ignorando a importância do atendimento e sem oferecer nenhuma alternativa, determinou, segundo a Presidente da FASI e em recente relatório, o fechamento deste Anexo Psiquiátrico.

16.300 PACIENTES PODEM FICAR SEM ASSISTÊNCIA MÉDICA-PSIQUIÁTRICA!

 O que as famílias PODEM e DEVEM fazer:

Denunciar o fato ao Ministério Público.

Procurar a CÂMARA DE VEREADORES e exigir deles uma resolução junto ao Secretário de Saúde de Itabuna.

De outros Municípios devem procurar os Prefeitos e exigir deles que, através dos Deputados ligados ao Governador, pressionem o Secretário de Saúde do Estado diante dessa posição contra o Hospital de Base, contra as famílias e contra os pacientes psiquiátricos.

A GUARDA CIVIL MUNICIPAL DE ILHÉUS PRECISA AVANÇAR

Criada a mais de 30 anos a Guarda Civil Municipal de Ilhéus, inserida na Constituição Federal no Art. 144, destinada à proteção, bens, serviços e instalações do Município, passa por um momento ímpar de sua história. Este momento se inicia com a entrada dos 157 novos Guardas Municipais em 2009/2010, passa pela Regulamentação em Novembro de 2010, chegando ao seu estopim nas últimas semanas com a possível mudança do Comando da GCMI que despertou na Guarda Civil Municipal o sentimento de prosperidade de uma nova Guarda Municipal que não aceita mais a centralização do poder pelo poder. Ao contrário do que muitos falam internamente e externamente, a GCMI nunca esteve dividida, a final de contas a 30 anos, no seu contexto político a Guarda Municipal de Ilhéus, sempre foi administrada, pensada e mandada por um só grupo, aliás por apenas duas pessoas, que durante todo este tempo “ditava” as regras do jogo. Repito “Ditava”
Na eminência de ver a possibilidade da instituição ser Comandada por Guardas Municipais que tem Projetos, idéias e uma visão macro, onde estará inserida toda a categoria, os FILOCRATAS de sempre lutam de todas as formas para que isso não aconteça, tentando mais uma vez manter tudo sobre os seus domínios, típico de pessoas centralizadoras. Estes mesmos FILOCRATAS administram de forma bisonha e inerte as instituições que representam a categoria, SINDICATO e ASSOCIAÇÃO. Sem projetos, sem ação sociais, sem luta de classes e o mais estarrecedor sem transparência. A prestação de contas do dinheiro público não é feita de forma nenhuma, e os Estatutos que regem os direitos e deveres dos associados é escondido debaixo de sete capas.
Chegou a hora da Guarda Civil Municipal de Ilhéus avançar de verdade. Se precisarmos dividir para o progresso da instituição que se encontra paralisada, com tanta gente qualificada, iremos dividir. O que está em jogo não são nomes e nem o poder, é um Projeto para construirmos a Guarda Civil Municipal de Ilhéus que queremos. Uma Guarda Civil Municipal inserida nos movimentos sociais, uma Guarda Municipal articulada e integrada com as instituições de Segurança – Polícia Civil, Militar e Federal, uma Guarda Municipal atuante e forte. Para se ter uma idéia, a nossa Guarda Municipal não participa nem mesmo do Conselho de Segurança existente na cidade. Precisamos criar um Departamento Administrativo para nossa instituição, com suas divisões (Divisão de Gestão Administrativa, Divisão de Pessoal, Divisão Operacional, Divisão de Patrimônio e Logística, Divisão de Transporte e Divisão de Comunicação), precisamos criar os nossos Grupamentos, implantar Projetos como: Ronda Escolar, Grupo de Apoio ao Turista, Guarda na Praia, Guarda nas Praças, entre outros feitos pelos próprios Guardas Municipais.
A maioria absoluta dos Guardas Municipais de Ilhéus já disse sim a esta nova Guarda Municipal. Uma Guarda Municipal que conta com o apoio da experiência, da sensatez e da sobriedade de membros da Velha Guarda, como carinhosamente chamo os GCM’S mais antigos. Convoco aqui também, alguns seguidores destes FILOCRATAS, seguidores estes que são pessoas inteligentes, mais que até o momento ainda não enxergaram os projetos pessoais destas pessoas.

O tempo de um só “grupo” (grupo de duas pessoas) falar pela instituição, pensar pela instituição e mandar na instituição acabou. Independente da decisão de quem será o Comandante da Guarda Civil Municipal. Aqui vai o recado de todos aqueles que acreditam e participam desta nova GCMI. A nossa briosa Guarda Civil Municipal de Ilhéus não tem dono.

GCM NASCIMENTO – Guarda Civil Municipal de Ilhéus

FOTOS ANTIGAS

De: Jose Renato Ribeiro
Assunto: FOTOS ANTIGAS

Corpo da mensagem:
Gostaria de pedir, se possivel, ao CearenseIlheense Jose Leite, diante do belissimo e valioso acervo fotografico de Ilheus, fotografias dos meios de transporte do nosso cacau, do Porto Antigo aos navios que ficavam em alto mar.Eram Alvarengas, Chatas, Rebocadores como o General Osorio e Sampaio Ferraz e as Tamancas ou Lanchas de nome Brucutu I e II e Sapetinga.
Desde ja fico-lhe grato.


Esta mensagem foi enviada através do formulário de contato do site R2CPRESS | A Letra Fria da Verdade http://www.r2cpress.com.br/v1

MAIS UM HOMICIDIO A LUZ DO DIA

De: Jose Renato Ribeiro
Assunto: MAIS UM HOMICIDIO A LUZ DO DIA

Corpo da mensagem:
Hoje a tarde por volta das 16:40 h, no Bairro do Iguape, um comerciante do ramo de Materiais de Construçao foi assassinado por um individuo que adentrou seu estabelecimento e deflagrou mais de tres tiros contra ele que se encontrava por tras do balcao da loja. Algumas pessoas viram o assassino adentrar a loja mas pensaram ser ele cliente, mas ao ouvirem os estampidos e ao olharem para o local ja viram o homicida saindo da loja e entrando num carro que o esperava na porta.Segundo algumas pessoas que se encontravam proximas, o assassino era claro, franzino e de media estatura.Nao souberam dizer marca, cor e placa do veiculo que deu fuga ao meliante.


Esta mensagem foi enviada através do formulário de contato do site R2CPRESS | A Letra Fria da Verdade http://www.r2cpress.com.br/v1





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia