*Reginaldo Gonçalves

O painel da Associação Comercial de São Paulo apontou, no início da tarde desta quarta-feira, a arrecadação de R$ 1,3 trilhões e projeta, até o final do ano, a cifra de R$ 1,5 trilhão. Em termos nominais a projeção é superior em 16,27% e se houver projeção dos valores reais, considerando a perspectiva inflacionária e atualizando os valores pela meta – IPCA-15 de 6,69% (acumulado nos últimos 12 meses), o ganho real estaria em torno de 8,9%.

Esse aumento da projeção faz com que a participação dos tributos sobre o PIB possa ultrapassar 35,05%. Entretanto, já foi apontado que uma parte do aumento da arrecadação é devido à recuperação de tributos parcelados através do REFIS e que foram consolidados esse ano.


Reginaldo Gonçalves é professor da Faculdade Santa Marcelina.