INTEGRANTE DO PCC MATA POLICIAL ILHEENSE AO FUGIR DA CADEIA DE PORTO

 | Autor: Seu Pimenta

 

Rivaldo é caçado pela polícia (Foto Agnaldo Santos).

A fuga de um bandido apontado como integrante da facção criminosa PCC resultou na morte do policial militar Soldado Dias, de Ilhéus, atingido por quatro tiros, por volta das 22h de ontem (26), dentro da delegacia de Porto Seguro. Dias morreu no Hospital Luís Eduardo Magalhães.

De acordo com o site Radar 64, do extremo-sul baiano, um agente da Polícia Civil foi rendido ao entrar na cela para atender Rivaldo Freitas de Oliveira, identificado como integrante do PCC e que fingia estar passando mal. O bandido tomou a arma do agente e saiu em fuga. Ao se deparar com o PM, ele efetuou os disparos.

Rivaldo fugiu da delegacia e, do lado de fora, um VW Gol branco estava à sua espera, para a fuga. O bandido conseguiu levar três armas da delegacia, conforme o site.  O soldado Dias morava em Ilhéus e era casado com uma policial civil de Itabuna, conforme apurou o Radar64.

Rivaldo estava preso desde maio deste ano, quando a Polícia Rodoviária Federal (PRF) fazia abordagens na BR-101, trecho de Camacan, no sul da Bahia. Ele acompanhava Roberto Carlos Santos, o Betinho, 45, do PCC.