WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom saude embasa sesab bahia


dezembro 2011
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031






:: 11/dez/2011 . 22:07

NATAL! Lembrança de um amigo

JAYRO SEIXAS (Jayrão).

Estamos no mês de festejos que relembra a chegada do Menino Jesus, que ao longo dos séculos se tornou a maior referência entre os homens, e que veio com a missão de dar a sua vida para a remissão dos pecados do mundo, e assim aconteceu com a benção do Grande Arquiteto do Universo.

Neste Natal vou passar sem a presença de um grande amigo/irmão – JAYRO SEIXAS (Jayrão).

Não me canso de contar os casos e causos desse querido amigo.

No início do mês de dezembro começava sua preocupação com os presentes dos inúmeros afilhados, dos funcionários do posto, das creches, dos amigos e ele dava conta de tudo, tendo o carro como seu auxiliar direto nesta peregrinação.

Outra preocupação era com a noite de Natal, quando o seu sogro ainda em vida, Jorge Melhor Assis, era o aniversariante do dia.

A festa acontecia sempre em sua casa e ele fazia de tudo para lotar a casa com toda a sua família, da sua parte, como da parte de sua esposa Ana Lúcia.

Achava pouco o tamanho da família e convidava os amigos para também compartilhar da sua alegria, JAYRÃO tinha uma enorme admiração pelo seu sogro Jorge Melhor Assis.

O Natal era um dos muitos momentos que JAYRÃO gostava para reunir a sua família, a família que ele protegia como uma ave que cuida de seus filhotes, todos juntos ao seu redor.

Um dos fatos pitorescos dessa festa era a presença do grande Raimundo Bonitinho (in-memória).

Raimundo Bonitinho já chegava à igreja para a missa festiva comendo água, impecavelmente vestido de branco e com o tradicional presente para seu amigo Jorge Melhor, uma caixa de cerveja (garrafa), que ele trazia na sua velha Brasília.

O Raimundo era realmente uma figura folclórica da nossa cidade.

JAYRÃO vou esperar o meu presente, o manjado queijo de cuia, que você nunca se esquecia de levar lá em casa e eu na melhor gozação dizia que era propina.

Onde você estiver faça orações para seu amigo/irmão Ademar Du Bolo, que neste Natal estará de molho por causa de um piripaque, mas que também estará esperando o seu queijo de cuia.

É isso aí meu amigo! Decorridos cinco meses de sua partida para a casa do Pai, a saudade continua e acredito que vai perdurar para sempre, a sua missão aqui no nosso meio foi marcada intensamente que é impossível não sentir a sua falta.

Feliz Natal meu amigo JAYRÃO, faça a sua festa aí ao lado do Todo Poderoso, que tudo pode e nos fortalece.

 

ZÉCARLOS JUNIOR

Atleta da VO3 coloca Ilhéus no podio da Corrida Noturna de Verão, em Salvador

A atleta Rita Márcia Amorim Mendes Kruschewsky, 45 anos, que treina no Clube VO3 (apoio Bahia MIneração) trouxe um dos grandes resultados do ano para o atletismo ilheense, o quinto lugar geral na Corrida Noturna de Verão da TV Aratu, realizada em Salvador, neste final de semana. Rita subiu ao podio pela primeira vez na classificação geral da prova, apesar de ter vencido praticamente todas as grandes corridas de rua de Salvador na sua faixa etária (Adidas, Track and Field, Ecorun). A atleta, também vencedora da corrida que abriu a corrida de aventura Carrasco, estabeleceu a melhor classificação de um atleta de Ilhéus em provas fora do município na modalidade em 2011.
A I Corrida Noturna de Verãom, realizada pela TV Aratu (afiliada ao SBT) e  Federação Baiana de Atletismo (FBA), reuniu aproximadamente 2.000 atletas, que correram pela orla de Salvador, divididos em percursos de 5 e 10 km. Além do percurso agradável e da lua cheia compondo o cenário, a Corrida Noturna contou com um grande show de luz e pirotecnia, com apresentações de DJs e malabares.
Os resultados foram

Prova de 10 km (Masculino)
1 – Edesio de Oliveira Santos
2 – Dionísio Santos de Jesus
3 – Gilson Pereira Borges
4 – Wendson Oliveira dos Santos
5 – Emanuel de Jesus Lima
Prova de 10 km (Feminino)
1 – Mirian Santana (Salvador)
2 – Maria da Graças Araújo da Silva (Salvador)
3 – Cristiane Mitie Takata (Salvador)
4 – Angela Pelosi (Salvador)
5 – Rita Marcia Kruschewsky (VO3/Bahia Mineração-Ilhéus)
Prova Cadeirante
Marivaldo Brito Santos
Prova Cadeirante Triciclo
Angelina Nascimento da Silva
Prova PNE
Tachiro dos Santos Souza

Hans Schaeppi em: TURISMO

REUNIÃO DA ATIL

      A Associação de Turismo de Ilhéus v rtfgb – ATIL, sob a presidência de hoteleiro Ricardo Miyasoto se reuniu na semana passada no Salão de Eventos do Opaba Praia Hotel, com uma pauta onde contavam: 1- Cobrança do ECAD (Escritório de Arrecadação de Direitos Autorais) a vários estabelecimentos hoteleiros, inclusive com cobrança de dívidas de cinco anos: 2- Políticas de Apoio da ATIL a eventos; 3–Redução dos incentivos para novos investimentos turísticos em Ilhéus; 4– Reestruturação do Costa do Cacau Convention Bureau; 5– Programação do Réveillon; 6- O que ocorrer.

Os assuntos merecem ser abordados detalhadamente

ECAD

       Por Lei, o Ecad tem direito à cobrança de direitos autorais de todos os estabelecimentos hoteleiros que possuam em seus apartamentos, ou áreas comuns, televisores e(ou) rádios. O que não achamos justo, é a cobrança de cinco anos em que os estabelecimentos não receberam quaisquer cobranças pessoais ou por boletos bancários e sem saber qual o valor dessas “mensalidades”. Outro assunto a abordar é a taxa de ocupação dos hotéis e pousadas nos últimos anos, que tem sido a mais baixa possível, talvez uma média em torno dos 30%. Se eles tomaram como base locais como Rio, São Paulo, Salvador e outras capitais, estão muito enganados com relação a muitas cidades do Nordeste, inclusive Ilhéus.

De qualquer forma, recomendamos que entrem em contato com o ECAD, para um acordo, afim de não serem penalizados.

APOIO DA ATIL A EVENTOS

:: LEIA MAIS »

Até um dia, Amigo!


CRÔNICA DE UM ACIDENTE ANUNCIADO

Na Avenida Osvaldo Cruz, bem em frente à Maternidade Santa Isabel, que cada dia que passa mais fica degradada, sem que ninguém tome qualquer providência, existe uma grande depressão na pista que poderá a qualquer momento causar grave acidente, ou por alguém perder a direção do veículo, ou por alguém ao desviar do buraco terminar se chocando com outro veículo.

Vale lembrar que este problema da pista vem de longas datas e inclusive já provocou um acidente que causou a morte de Toinho, que morava no Ed. Magalhães.

Será que ninguém da Prefeitura vê isto? Será que estão à espera de que aconteça uma tragédia para que alguma providência seja tomada?

Carlos da Silva Mascarenhas
[email protected]
73 8147-0607

PONTE DO PONTAL – SUA CERTIDÃO DE 1966 O QUE VOCÊ PRECISAVA SABER

Quando meu amigo Zé Leite começou a publicar uma série de fotos, contando passo a passo a construção desta ponte, que 45 anos depois, ainda é alvo de comentários, ficamos atentos, pois nos interessava muito aquele acervo fotográfico, que semanalmente estava lá no “No Fundo do Baú de Zé Leite”.
Na primeira série semanal, o amigo Zé Leite, através de informações obtidas, dava conta que esta ponte teria sido construída em quase dois anos, devido uma enchente que houvera no Rio Cachoeira.
Confesso que ficamos surpresos, e de imediato fiz um comentário no próprio site, pois o que nós pontalenses sabíamos, é que esta ponte foi construída entre nove e dez meses. Aqui no Pontal, naquela época (1966), dizíamos que a ponte era fruto de uma gestação perfeita.
Em contato com Zé Leite, o mesmo nos disse que detinha esta informação de um amigo que foi engenheiro da construtora na época.
Bom, estava ali um desafio saudável, já que tudo até aquele momento não passava de “ouvir dizer”.
Alguns dias depois, lembrei-me de um parente que trabalha na Norberto Odebrecht, e através dele a dúvida foi sanada, com o envio da Certidão (em anexo PDF) …

Para ver em tela cheia clique fullscreen. (onde tem 4 setinhas)

… passada pelo DERBA à Construtora Norberto Odebrecht, em 02 de setembro de 1966, onde colocamos um ponto final, do que nós gostaríamos de saber de real.
A título de curiosidade, acessamos o Google, e no site: www.fee.tche.br, atualizamos o valor da obra, e o resultado obtido para data de hoje foi de R$ 17.396.080,11 (aproximadamente 17,4 milhões de reais).
Agora é só esperar o orçamento da nova ponte, para compararmos os valores, já que se comenta, que a obra girará em torno de 90 a 120 milhões de reais.
No mais, fica aqui registrado meus sinceros agradecimentos ao amigo Zé Leite, por nos proporcionar, o que para nós pontalenses da época, foi o marco mais importante na história deste bairro e quiçá de Ilhéus.

Rezende

Xô verde ! Cadê a sombra?

Rabat,

Estou enviando esta foto de hoje (domingo, 11 dez 2011), para seu site. A foto tirada bem no centro de Ilheus .

Com várias matérias no BA-TV sobre a incidência de câncer de pele na região, esse pessoal chegou, rapidimente, mandou o facão pra dentro e a sombra foi embora. Estamos no inicio da estação mais quente do ano e aí nos deparamos com uma cena dessa.

Acho que deve existir coisas mais importantes para se dedicarem.

Obrigado,

C O N V I D A N D O

PRIMAVERA ILHEENSE

No Jornal A Tarde de 10.12.2011, Antonio Risério, que é poeta, escritor e antropólogo, publicou um artigo intitulado “Primavera baiana” no qual faz uma análise da atual situação da cidade de Salvador, chegando a afirmar: “Salvador, hoje, não é uma cidade abandonada, que está sendo progressivamente destruída. Mais do que isto: é uma cidade humilhada”.

Vou transcrever a seguir alguns trechos do artigo de Antonio Risério substituindo Salvador por Ilhéus, e ambientando o texto à nossa realidade, para que todos vejam como ele se aplica inteiramente à nossa cidade.

Em Ilhéus, hoje, precisamos levantar a cabeça, recuperar a disposição, buscar o entusiasmo, nos mobilizar para dizer, alto e bom som, que não aceitamos o que estão fazendo com a nossa cidade. Chega de passividade. Se o que está acontecendo com Ilhéus (avacalhação e destruição da cidade) estivesse acontecendo em Itabuna, Conquista ou Itapetinga, não tenham dúvida: itabunenses, conquistenses e itapetinguenses teriam subido nas tamancas e saltado na goela da Prefeitura. E nos, não vamos fazer nada?

:: LEIA MAIS »

PERGUNTA A QUEM QUISER DAR RESPOSTA

Clique para AMPLIAR.

A cidade de Ilhéus possui uma organização financeira honesta e bem administrada?

O certo que é sempre ouvimos pelas ruas comentários que o nosso Município não vem arrecadando bem seus tributos, muita inadimplência, o Governo do Estado não faz uma distribuição à altura para os gastos com obras,as limpezas de ruas deficientes, é enorme quantidade de lixos espalhados em todos os bairros e centro da cidade, falta remédios nos postos de saúde, assistência médica apenas na aparência e muita propaganda.

Caminhamos todos os dias para o mesmo lugar: o desrespeito por Ilhéus e sua população! E só vamos encontrar um caminho que surja o respeito por nossa cidade, se os eleitores tomarem juízo. Olhar os políticos incautos, aqueles que imaginam ainda na existência de pessoas que votaram neles e continuam perdidas e sem noção de que foram enganadas com ridículas e falsas promessas.

Como os políticos são omissos e indiferentes com os problemas que afetam até as necessidades básicas, porque esgoto correndo ao céu aberto nas ruas, principalmente, entre descida da Rua Vereador José Adry até a esquina da Rua Maria Quitéria, constitui uma verdadeira falta de vergonha pela inercia em deixar uma população desprovida de higiene. Será essa a vontade da Secretaria de Saúde e Obras? E se existe quem são responsáveis por esse estado coisas ruins? E estão trabalhando com salários para exercer essas atividades, são pagos com o dinheiro dos contribuintes que honram, pagando os seus tributos em dias. Se não querem nada façam o imenso favor de pedir para sair.

Não importa se existe inadimplência de muitos moradores de Ilhéus, que de forma indiferente aos anseios de desenvolvimento da cidade em que mora, não paga em dia seus impostos, tirando de Ilhéus o direito de ser mais forte financeiramente. E, muitos revoltados dizem: pagar para eles sumam com as verbas e não façam nada!

Sucuri de 11 metros que fugiu da CEPLAC aparece no bairro da Barra em Ilhéus.


Os moradores do bairro da Barra acordaram neste sábado com um susto: Uma das maiores cobras do mundo escapou da CEPLAC. De acordo com o pessoal do IBAMA, a cobra SUCURI (cuja força tem capacidade de esmagar, matar e engolir um homem) teria fugido de sua jaula.
A notícia que se espalhou pelo bairro está preocupando os moradores de toda aquela região.

Continue lendo no blog GUARDA MARIA

RECLAMAR É DESCONHECER A REALIDADE DO MUNDO

Tem momentos em nossa vida que achamos o mundo vazio, descontrolado, insatisfeito e parado. Tudo isso porque passamos despercebidos pelas ruas, ignorando a nós mesmos que somos pessoas e não coisas.
Procuramos o vazio, a solidariedade humana, a caridade, a felicidade, e encontramos apenas imagens!
Colocamos nossas tendências de boas qualidades e nunca atingimos uma paz absoluta, dando margem a que não exista um entendimento mútuo no julgamento de real serenidade entre todos habitantes do hemisfério terrestre.
E a passagem da realidade é a morte daquilo que chamamos de vida, e do outro lado o tempo e espaço natural das coisas.
Existe uma ideia acerca de, por exemplo, o que nós somos e o que deveríamos ser! Porém, se quisermos eliminar este intervalo das mentes humanas, simplesmente podemos afirmar que seríamos o que realmente somos, e nada mais, só muda a nossa atitude, o nosso comportamento social!

Clique para AMPLIAR.

E a vida poderia ser comparada a um rio remansoso em dias normais, e turvo e agitado nas tempestades. Por esta razão a parada impensada em nossas ações, facultada do nosso íntimo, nos coloca uma amargura mais amarga dentro de nossa vida.
Podemos medir a qualidade da existência humana, quando desfilamos pelas ruas de Ilhéus,onde residimos e de outras cidades do nosso país, e verificamos cenas desconfortáveis.Pessoas maltratadas pela vida a fora, porque muitas vezes não aceitam a amiga mão da caridade humana, e preferem se enveredar no crime e no vício!
Nessa avalancha de coisas inusitadas, o pior é que nesse grupo verificamos jovens e adultos, pessoas trabalhadoras e de formação. Sim em nosso mundo moradores de ruas são excluídas pela falta de assistência social que nunca funciona em Ilhéus. E, nessa turma de jovens e adultos de ambos os sexos, tem profissionais de várias modalidades de afinidades para um trabalho produtivo e decente. Falta conversar com essas criaturas criadas por Deus, e jogadas pelas mazelas da sorte com um destino marcado por nascer, viver e morrer.
Ninguém vale nada sozinho, eles precisam de um aviso de são seres humanos e não são bichos! Devem saber que também reina neles a esperança para a transformação da sua própria realidade. A vida é um majestoso encontro, muito embora existam vários desencontros na vida.


Eduardo Afonso.





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia