REUNIÃO DA ATIL

      A Associação de Turismo de Ilhéus v rtfgb – ATIL, sob a presidência de hoteleiro Ricardo Miyasoto se reuniu na semana passada no Salão de Eventos do Opaba Praia Hotel, com uma pauta onde contavam: 1- Cobrança do ECAD (Escritório de Arrecadação de Direitos Autorais) a vários estabelecimentos hoteleiros, inclusive com cobrança de dívidas de cinco anos: 2- Políticas de Apoio da ATIL a eventos; 3–Redução dos incentivos para novos investimentos turísticos em Ilhéus; 4– Reestruturação do Costa do Cacau Convention Bureau; 5– Programação do Réveillon; 6- O que ocorrer.

Os assuntos merecem ser abordados detalhadamente

ECAD

       Por Lei, o Ecad tem direito à cobrança de direitos autorais de todos os estabelecimentos hoteleiros que possuam em seus apartamentos, ou áreas comuns, televisores e(ou) rádios. O que não achamos justo, é a cobrança de cinco anos em que os estabelecimentos não receberam quaisquer cobranças pessoais ou por boletos bancários e sem saber qual o valor dessas “mensalidades”. Outro assunto a abordar é a taxa de ocupação dos hotéis e pousadas nos últimos anos, que tem sido a mais baixa possível, talvez uma média em torno dos 30%. Se eles tomaram como base locais como Rio, São Paulo, Salvador e outras capitais, estão muito enganados com relação a muitas cidades do Nordeste, inclusive Ilhéus.

De qualquer forma, recomendamos que entrem em contato com o ECAD, para um acordo, afim de não serem penalizados.

APOIO DA ATIL A EVENTOS

       Sobre esse item, tomei a palavra e disse que chegava do “Atl Apoia” “Atil Concorda” etc.e estava na hora da ATil agir, tomar  frente dos problemas para resolvê-los com o apoio dos órgão e parceiros competentes. Citei o exemplo de Demostinho que para conseguir a construção do Porto de Ilhéus, enchia o saco do ministro Mário Andreazza com telegramas, e telefonemas (na época não havia internet para enviar e-mail). Citei minha própria luta para conseguir o Centro de Convenções de Ilhéus.

Sugeri no momento à Atil, que adotasse de imediato a luta para a construção do Pavilhão de Feiras anexo ao Centro de Convenções. Temos perdido eventos por falta desse equipamento, que já vem prejudicando o crescimento de eventos como o festival do Chocolate da Bahia e a Feira de Informática (Infoilhéus). O começo seria um Documento dirigido ao secretário estadual de Turismo ou ao Governador do Estado, encabeçado pela Atil e assinado por todas as entidades ligadas ao Turismo, solicitando a obra cujo projeto já existe desde a gestão de Paulo Gaudenzi na secretaria estadual de Turismo. Trata-se de uma obra simples e barata, pois não passa de um grande galpão, uma cobertura metálica, sem divisórias internas. Assumi o compromisso de elaborar a minuta do Documento.

EVENTOS ESPORTIVOS

       Sugerimos ainda na referida reunião, que um outro Documento fosse enviado ao Prefeito, sugerindo de que a Superintendência de Esportes,  que vem fazendo um bom trabalho, assuma uma nova linha que poderá projetar Ilhéus nacional e internacionalmente. Trata-se de preparar nossos jovens para as Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro. Os jovens passariam a ser treinados nas modalidades olímpicas, como salto em distância, salto triplo, salto em altura, e corridas de 50, 100, 200, 400 e 800 metros, lançamento de peso, dardo e disco. Na natação, treinos de 25, 50, 100 e 200 metros nas modalidades de nado livre, peito e borboleta, além de revezamentos. As piscinas do Clube Social e do SESI podem ser usadas em convênio. Pode-se selecionar alunos com aptidões, nas escolas públicas e particulares, partindo-se para torneios intercolegiais, seguido de torneios municipais e até estaduais. Já pensou Ilhéus com um atleta campeão olímpico internacional em 2016?

CONVENTION BUREAU

       Com relação ao Ilhéus & Costa do Cacau Convention Bureau, falou o seu presidente, hoteleiro Luigi Massa, queixando-se de dívidas existentes, e da necessidade de se conseguir o maior número possível de mantenedores, para que o Convention possa cumprir sua missão. Informou que somente os mantenedores terão direito a uma promoção oficial do Bureau, quando esse estiver funcionando. Esqueci de  perguntar ao meu amigo Luigi: que esforço está se fazendo para conquistar os mantenedores? O Salvador Convention Bureau tem mais de 150 mantenedores.

CIDADÃOS ILHEENSES

       Assisti na semana passada, na Câmara de Vereadores de Ilhéus a entrega de títulos de cidadãos ilheenses a várias pessoas que de algum modo ajudaram a cidade a se desenvolver nos últimos anos. Os maiores destaques foram para o paulistano Maurício Corso, que se tornou Ilheense com todo o mérito pelo trabalho que tem feito em prol da Cultura do município, como Presidente da Fundação Cultural de Ilhéus e Presidente do Fórum de Dirigentes Culturais do Estado da Bahia. Recebeu cerca de uma dezena de congratulações de autoridades que não puderam comparecer, parabenizando-o pelo merecido título. Outro destaque foi para  italiano Vincenzo Morelli, um apaixonado por nossa cidade e que tem feito muito pela mesma.

Na ocasião lembrei-me de quando recebi o meu título de Cidadão Ilheense, em 1985, naquele ano sendo o único contemplado com o Título.

B I T S  –  T U R

Parabéns à M21 (leia-se Marco Lessa), por trazer a Ilhéus mais  um ícone da música popular brasileira, a artista Zizi Possi, que se apresentará no Centro de Convenções na noite do próximo dia 23 às 21 horas *** José Leite de Souza, o cearense-ilheense, reuniu no sábado, 10, no Parque de Exposições de Ilhéus, um grupo de amigos, principalmente os que participaram da visita a Juazeiro do Norte no seu Centenário. Na oportunidade, José Leite apresentou fotos da viagem e um vídeo mostrando as solenidades participadas pelos presentes *** A iluminação natalina deste ano superou a de muitos anos. Parabéns Gerson Marques .