Clique para AMPLIAR.

Outro dia informamos que essa beleza de esgoto acima mostrado, situado na Rua Maria Quitéria, na subida da Rua Vereador José Adry, ao lado do prédio da Antiga Fábrica do Café Polar, passando pela porta da firma Equipel, subindo a via de acesso à ponte Lomanto Junior, etc. Será que ficou bem explicado o local desse esgoto que somente quando chove. A chuva é amiga dos moradores, pois leva toda a sujeira, oferecendo condições aparente de limpeza. As instalações edificadas por prepostos mestres de obras, pedreiros e ajudantes da Prefeitura de Ilhéus, que constantemente tentam consertar essa via acesso público, realmente não dão certo. Sim, isso mesmo, porque quando um grupo com mestre de obras chega a esse local, todos dizem: agora vai! Geralmente um batalhão, são muitos e uns olhando para a cara do outro, peritos em coçar saco, como diz a gíria das pessoas que já estão com o saco cheio dessa forma de administrar uma cidade. Ficam conversando o dia todo, desperdiçam areia e cimento, e quando saem, permanece a mesma zorra para não dizer outra palavra.

Outro dia também, um cidadão contratou duas pessoas para desentupir esse esgoto.Quando entope desagua suas impurezas por toda a artéria pública e vai até às imediações da encruzilhada que fica perto do escritório da CEPLAC.

E pensar que o IPTU vem ai para ser cobrado novamente, é de matar qualquer cristão. Por falar em IPTU, uma abelhinha andou falando por ai que existe gente boa da Prefeitura, de cargo grande, construiu uma mansão nas proximidades do acesso a Olivença, e que deve aproximadamente 5 anos de IPTU, e que deveria dar um exemplo de dignidade e respeito a Ilhéus. Não estamos fazendo nenhuma denuncia, nem estamos fazendo nenhuma acusação, porém, não custa nada verificar a veracidade dos fatos, e se for verdade é uma loucura de enorme proporção, pois tem contribuintes que foram ameaçados se não pagar em dias seus impostos, terão seus bens penhorados em Juízo!

Já estão por aí 19 pressupostos candidatos a tomar conta da afortunada terra de São Jorge, e dizem os mais revoltados, Ilhéus se tornou uma pobre e desamparada viúva sem pai, sem mãe sem filhos.

Está chegando a hora da verdade, e os eleitores precisam ter cuidados com os engodos, demagogias, e se ligar nas ações da turma dos catadores de votos. Olhem nos olhos desses caras e vejam suas articulações para a conquista da cidade de Ilhéus. Caso contrário, os eleitores permanecerão dentro de esgotos como o que novamente apresentamos à nossa população.

Cidadão pagador de impostos