Ele afirmou ter planejado o assassinato pelo fato do radialista tê-lo denunciado à PM

Foto: Reprodução/Almiro Lopes

Laécio era repórter da rádio Sucesso FM de Camaçari

Um adolescente de 16 anos, que foi apreendido na manhã de quinta-feira (5), confessou ter matado o radialista Laércio de Souza, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador, conforme divulgado na tarde de hoje (6) pela Polícia Civil.

O crime ocorreu na tarde de terça-feira (3) na localidade Jardim Renatão, em Simões Filho. Interrogado pelo delegado Antônio Fernando do Carmo, titular da 22ª Delegacia Territorial (DT/Simões Filh), ele declarou ter matado o radialista por vingança.

O adolescente foi localizado pela equipe da 22ª DT no bairro Cristo Rei, onde mora. Ele afirmou na delegacia ter planejado o assassinato pelo fato do radialista tê-lo supostamente denunciado à Polícia Militar pela autoria de um delito.

Porém, o delegado Antônio Fernando suspeita que esta não seja a real motivação do crime e informou que vai aprofundar as investigações. Um coautor do crime foi delatado pelo adolescente e está sendo procurado.

Arma do crime
O garoto disse também ter jogado em um rio a arma utilizada para matar Laércio com três tiros. A polícia busca recuperar o revólver, que pertenceria ao criminoso. Usuário de drogas, ele admitiu que escondida a arma sobre o reservatório de água da residência da família.

Uma testemunha do assassinato que havia fornecido aos investigadores as características físicas do autor dos disparos e detalhes do traje dele reconheceu, ontem (5), o adolescente.

Apreendida na residência da mãe do adolescente, a roupa usada no dia do crime, mesmo já estando lavada, foi encaminhada para perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT), em Salvador, onde o garoto também fará exame de pólvora combusta.

Ele segue apreendido na Delegacia Para o Adolescente Infrator (DAI), em Brotas.


Da Redação CORREIO DA BAHIA