NOTA

A ASBAC – Sindicato dos Peritos Criminais da Bahia vem se manifestar diante da lamentável tragédia ocorrida anteontem, envolvendo o colega Perito Criminal Urandi Alves de Santana que culminou com o óbito do vigilante José Erlon Oliveira de Santana, solidarizando-se com as famílias envolvidas neste momento de dor.

Com a certeza que a vítima poderia ter sido qualquer um de nós, colegas de Urandi, uma vez que este apresentava sinais de desequilíbrio emocional e, ainda assim, continuava exercendo as atividades periciais, contra a vontade desta entidade, reafirmamos o compromisso dos Peritos Criminais da Bahia com a verdade, e assim que tomamos conhecimento do fato, estamos prestando ao colega Urandi assistência jurídica e apoio emocional e, sobretudo, zelando para o devido cumprimento de todos os procedimentos legais cabíveis e necessários sejam adotados no sentido de revelar para a sociedade a veracidade do fato e, por conta disto, Urandi se encontr a custodiado na Corregedoria de Policia Civil, na Chapada do Rio Vermelho, desde as primeiras horas do fato.

ASBAC Sindicato – Sindicato dos Peritos Criminais da Bahia