O crescimento do número de médicos na Bahia foi maior do que o da população em geral, no período de 2000 a 2010. Enquanto a população cresceu 25%, o número de médicos aumentou em 54,7%. No entanto, há uma má distribuição desses profissionais no território a ponto das cidades do interior registrarem sete vezes menos médicos por grupo de mil habitantes do que a capital.
VEJAM OS NUMEROS EM