“Eu não queria matar ele não”, confessou Marcos Vinicius, de 18 anos.
 

Marcos Vinícius dos Santos Barcelos, de 18 anos, residente do Bairro Pontalzinho, em Itabuna, confessou que matou o policial da CAERC Eloísio dos Santos Andrade, de 24 anos, na madrugada de domingo (8), em Ilhéus. “Eu não queria matar ele não”, afirmou o jovem no leito do Hospital de Base (Hblem) de Itabuna, onde está internado.

Ele também relatou ao Radar que a arma usada na ação criminosa foi jogada de uma ponte, em Ilhéus. Marcos Vinícius estava em companhia de mais um homem em uma motocicleta. A polícia realiza diligências para capturar o outro envolvido na morte do PM.

A mãe de Marcos Vinícius disse a nossa reportagem que ela não sabia do envolvimento do filho com o mundo do crime. Após ser liberado da unidade hospitalar, o jovem será levado para o presídio e ficará a disposição da Justiça.

No RADAR NOTÍCIAS