Clique para AMPLIAR.

O assentamento Bom Gosto, em Ilhéus, onde vivem cerca de 40 famílias de agricultores familiares, ficará fora da área da Poligonal do Porto Sul. A decisão, que será publicada no Diário Oficial do Estado até fevereiro, foi comunicada aos assentados numa reunião realizada hoje (18), com a presença do Coordenador de Acompanhamento de Políticas Governamentais da Casa Civil do Governo do Estado, Eracy Lafuente. Ele fez questão de se reunir com lideranças e moradores do Bom Gosto e também do Valão e Itariri, que não serão afetados pela poligonal, mas receberão os benefícios de programas de melhoria habitacional, capacitação e inclusão social, desenvolvidos pelo Governo da Bahia no projeto de implantação do Porto Sul.
“Nossa proposta, além de minimizar os impactos ambientais, é garantir que as famílias permaneçam em suas áreas, mas que possam desfrutar de melhores condições de vida”, afirmou Eracy Lafuente, ao comunicar a decisão aos assentados. Segundo ele, o Governo da Bahia trabalha no sentido garantir que o Porto Sul seja um vetor de desenvolvimento regional, criando um pólo de desenvolvimento no Sul da Bahia.
O Porto Sul terá investimentos no valor de R$ 2,4 bilhões, oriundos do Governo da Bahia, Governo Federal, através do PAC, e da iniciativa privada. O Governo da Bahia aguarda a liberação da licença ambiental, concedida pelo Ibama, para o início das obras.