WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


Janeiro 2012
D S T Q Q S S
« dez   fev »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  








INDIGNAÇÃO

É com grande pesar e indignação que repassamos essa notícia que está circulando no site oficial da Bahia ( www.bahia.com.br) , onde se comemora o bom posicionamento turístico do Estado, em relação a Copa do Mundo 2014 , com 18 destinos de uma lista de 184 locais distantes até três horas, por via terrestre, e até duas horas , por via aérea , das 12 cidades-sede. Acesse: http://www.bahia.com.br/noticias/2012-01-06/bahia-tem-18-dos-destinos-turisticos-indicados-para-visitacao-durante-copa .

ILHÉUS NÃO ESTÁ NA LISTA , FICOU DE FORA , ESQUECIDA  , ABANDONADA , MISTURADA AO LIXO QUE VAI SE ACUMULANDO NAS NOSSAS PORTAS , nas nossas praias…

Como Presidente da ATIL, deixo aqui registrada a nossa indignação e exigimos explicações dos responsáveis pela matéria.

Ilhéus, nos tempos áureos do cacau, já foi considerada a maior arrecadação do Estado e palco de inúmeras histórias contadas por Jorge Amado em seus romances, além de ser hoje um dos maiores pólos turísticos da Bahia e do Brasil.

Por que ficou de fora?

Deixamos aqui a pergunta no ar, mas estamos enviando uma carta de repudio para todos os órgãos ligados a essa irresponsabilidade.

 

Ricardo Miyazato – Presidente

Atil (Associação de Turismo de Ilhéus)

Unidos pelo Destino

(73) 3234-6515

(73) 9977-1498 / 3632-7022

www.atil.tur.br    [email protected]

4 respostas para “INDIGNAÇÃO”

  • ricardo says:

    Pela entrevista do nosso Secretário de Turismo Municipal a um conceituado programa de rádio da cidade hoje, ele não está sabendo das notícias da BAHIA.

  • Marcos says:

    “Por que ficou de fora?

    Deixamos aqui a pergunta no ar, mas estamos enviando uma carta de repudio para todos os órgãos ligados a essa irresponsabilidade.”

    O que mais vc esperava Presidente da ATIL?
    Concordo com vc quando diz q Ilhéus tem história e até acrescento, temos tbm muita beleza natural. Mas e aí, vamos viver apenas de uma história q cada dia fica mais no passado? de praias cada vez mais sujas e inseguras?

    Ilhéus está abandonada meu caro, e não é por quem escolheu as cidades para as visitas durante a copa não. São os nossos próprios políticos q a abandonaram. Basta andar um pouco por Ilhéus para constatar isso.

    Prefiro ver a cidade fora dessa lista do q passar a vergonha de apresentar minha cidade do jeito q está. Com buracos em toda a parte, com lixo acumulado aos montes, sem segurança alguma, sem salva-vidas nas praias, sem uma opção de lazer.. fora isso tudo, ainda temos uma ponte q só nos trás o transtorno de um engarrafamento ridículo todos os dias.

    Se fossemos a Ilhéus dos tempos remotos e gloriosos do cacau, na qual vc se refere, até concordaria com vc.. Mas não, nossa realidade é outra e muito triste por sinal.. portanto é melhor assim.. nossa vergonha será menor!

  • ricardo says:

    Olá Marcos

    Obrigado pelo comentário e concordo contigo em relação ao abandono político e tudo de ruim que se acumula e só quem quer continuar a “tapar o sol com uma peneira” ainda defende e não quer ver.
    A ATIL (Associação de Turismo de Ilhéus) não vai mais admitir que nossa querida Ilhéus seja tratada assim. Vamos pressionar e cobrar de quem de direito for para mudar de uma vez por todas nosso destino.
    E conto com pessoas como o Senhor para nos fortalecer nessa luta!

    Abraços

    Ricardo Miyazato – Presidente
    Atil (Associação de Turismo de Ilhéus)
    Unidos pelo Destino
    (73) 3234-6515
    (73) 9977-1498 / 3632-7022
    http://www.atil.tur.br [email protected]

  • Bob says:

    Querido Presidente Ricardo e demais associados,

    Estou chegando agora, mas com uma bagagem e experiências anteriores em Conselho de Turismo e Convention and Visitors Bureau, além de ser professor de turismo, hotelaria e lazer, como muita vontade de ajudar. Venho de uma cidade com destino hoteleiro forte e definido, que possui bandeiras como o Bourbon, porém com a formatação de um destino turístico que se arrasta há alguns anos e que está encontrando espaço somente agora, depois de muito tempo de lutas e pequenas conquistas, fato esse que poderia ser explanado por seu grande fomentador, Fernando Mamede (ex-presidente do COMTUR e premiado duas vezes pela AMITUR) em alguma palestra futura aqui em nossa região. Formada por uma economia mista [agricultura, industria e turismo incipiente (se comparado a Ilhéus)], o que sempre gerou discussões sobre a real vocação da cidade de Atibaia. Mesmo entre esses questionamentos, todo o trade nunca deixou de lutar junto ao poder público para as devidas melhorias de acesso a todos os atrativos turísticos da cidade, lutamos também pela manutenção das verbas estaduais destinadas as estâncias de São Paulo (ainda não sei se existem essas verbas aqui), além de exigir uma participação mais efetiva da prefeitura, culminando na criação da Secretaria de Turismo (efetiva e atuante) e uma agenda mensal com o prefeito, o que fortaleceu a imagem da cidade junto aos órgãos competentes.

    Portanto, posso admitir qualquer deslize das autoridades quanto ao reconhecimento de uma cidade em que sua vocação turística ainda estava sendo discutida, e, por incrível que pareça, mesmo assim, tal fato nunca ocorreu. No entanto, com uma experiência de vinte anos no trade turístico fico estarrecido com tal notícia sobre Ilhéus, NUNCA HAVIA CONSTATADO TAL DESCASO para com uma cidade com o grau de importância, nacional e internacionalmente no cenário turístico. Terra de Jorge Amado, que inclusive neste ano comemora-se seu centenário. “A expectativa é que toda esta movimentação em torno de Jorge Amado – e também de Ilhéus – proporcione maior visibilidade à cidade, impulsionando diversos setores, especialmente a cultura e o turismo.” (Cf.: http://agora-online.com.br/jornal/2012/01/24/ilheus-concentra-comemoracoes-do-centenario-de-jorge-amado/ Acessado:27/01/2012)

    Será mesmo, que em especial a cultura e o turismo de Ilhéus serão prestigiados? A começar pela ausência de nosso “SECRETÁRIO DE TURISMO”, que não participa se quer de uma reunião do trade, e quando aparece nada acrescenta. Pelo que se apresenta a atual conjuntura, podemos ter a certeza que o caso da COPA 2014, foi o principal de muitos esquecimentos que nossa cidade vem passando, saúde, educação, transporte ineficiente, lixo, saneamento básico, obras de infraestrutura (ponte, terminal urbano, etc), preservação histórica e arquitetônica, entre outras mazelas que tornam Ilhéus uma cidade apagada no tempo, longe da época áurea do cacau e que poderia ser revitalizada nesse novo ciclo, desde que a indústria do turismo ilheense receba a devida atenção, com responsabilidade e comprometimento.

    Indignado,

    Prof. Bob

Deixe seu comentário

























WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia