WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


Janeiro 2012
D S T Q Q S S
« dez   fev »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  








COMO PODE RABAT?

Ilhéus, cidade linda, que atrai milhares e milhares de turistas.
Aqui, terra da Gabriela, de Jorge Amado… e também terra daqueles que não cumprem as leis.

Veja:

Como pode um morador da rua Antonio Lavigne de Lemos colocar, em frente sua garagem, dois cones pesando mais de 50 kg (cada), sendo que é proibido por lei demarcar território público?. Se não bastasse isso ele passou graxa nos cones para, quem inadvertidamente encostar sujar a roupa…
Observem nas fotos a distância dos cones para a garagem. Nota-se que o espaço pode ser
aproveitado para estacionar outro veículo. Mediante a dificuldade de estacionamento na nossa cidade fica a pergunta:
Porque a prefeitura juntamente com secretaria de trânsito e a secretaria de indústria e comércio (por ser no centro da cidade) estão permitindo isto?
Tornou-se até cenário para fotos pois, segundo turistas, nunca viram tal absurdo por outros lugares onde passaram.

Enfim, já pensou se todas as pessoas que tiverem garagem demarcarem -as com cones engraxados?

Espaço aberto para o morador – querendo – se manifestar.

3 respostas para “COMO PODE RABAT?”

  • Tarcicio Neto says:

    Porque tiraram todos os cones e cavaletes da cidade e somente este permanece, será que é alguma autoridade que mora por ali?

  • Flor do vale says:

    Eu ” vivo” bem perto deste bagunca e parece por mi, e muito primitivo cada vez eu andei neste rua. este local esta diretamente enfrente um loja de lembrancas de regiao, frequentado pelos tudos os turistas e muito quando tem navios de tourism no porte . O que os turistas podem achar sobre cones cheio com graxa, sobre ilheus e povo que mora aqui? estes carros e motos indo na ultra velocidade neste rua, tambem e um perigo por pedestres e autra motoristas.
    Eu achou ilheus esta no period de deterioracao e vai no extincao, sem jeito a reversar este processo. eu cheguei aqui primera vez em 1988, e ainda que, eu nao vivo aqui diretamente, e vi muitas mudancas pelo pior durante estes 20+ anos, varios governos, e uma augmentacao de populacao de pobres, e desemprego.
    Do que era, nao e egual do que como esta agora. eu acho, o sonho acabou.aqui, e novo pontes, aeroportos , trens, etc, nao vao retrogressar este auto- destrucao do que esta acontecendo em frente de meus e nosso olhos.
    e pessoal fallando “o fazer o que”- nao tem solucao.

  • DJALMA FERNANDES says:

    SE OBSERVADO, A CALÇADA DA RESIDÊNCIA POSSUE UM REBAIXAMENTO, INDICANDO QUE ALI, É ACESSO A UMA GARAGEM. O CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO, PREVÊ ESSE REBAIXAMENTO DE ACESSO, EVITANDO A NECESSIDADE DE IDENTIFICAR COM DESENHOS OU ESCRITAS NOS PORTÕES DAS GARAGENS.
    O QUE DEVE ESTAR OCORRENDO, É QUE, AO CHEGAR PARA ESTACIONAR O SEU VEÍCULO NA GARAGEM, ALGUM CONDUTOR DEVE ESTAR ESTACIONANDO ALGUM VEÍCULO EM FRENTE A GARAGEM.
    PORTANTO, SE FOSSE PINTADO O ACESSO A GARAGEM DE COR AMARELO, JÁ SERIA SUFICIENTE. PORÉM, NADA IMPEDE DO MESMO LEMBRAR AOS QUE NÃO ENXERGAM O MEIO FIO REBAIXADO, “UNS CONES COM GRAXAS”.
    SAÚDE, PAZ E TORCENDO POR MELHORAS.
    DJALMA FERNANDES.

Deixe seu comentário

























WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia