Dom Mauro Montagnoli / Bispo diocesano de Ilhéus

Dom Mauro Montagnoli / Bispo diocesano de Ilhéus

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, promove a Campanha da Fraternidade, desde o ano de 1964, como um caminho de Evangelização para se viver intensamente o tempo da Quaresma. Este ano o tema da CF é: “Fraternidade e Saúde Pública” com o lema: “Que a saúde se difunda sobre a terra” (cf. Eclo 38,8).
Com isso a Igreja Católica no Brasil visa sensibilizar toda a sociedade sobre a realidade dura de pessoas que não têm acesso à assistência de Saúde Pública condizente com suas necessidades e dignidade. Há um clamor por ações transformadoras.
A Igreja se propõe a iluminar a realidade da Saúde Pública e impulsionar os discípulos missionários de Jesus Cristo a serem consolo na doença, na dor e no sofrimento e, ao mesmo tempo, exigir dos governantes um atendimento digno e eficaz que os pobres têm direito. O assunto saúde é sempre muito reivindicado pela população porque o SUS (Sistema único de Saúde) tem a obrigação de atender a todos, indiscriminadamente. Infelizmente, na maioria dos municípios brasileiros não está conseguindo prestar os serviços básicos.
A Igreja Católica afirma que, para haver mudanças neste cenário, é imprescindível a participação efetiva das pessoas das comunidades nas instâncias colegiadas do SUS como os Conselhos Municipais e Conferências de Saúde, nas esferas dos governos municipais, estaduais e federal. Todo mundo tem que mobilizar e colaborar com as instâncias governamentais para que seja prestado um atendimento digno às pessoas que não têm acesso à assistência de saúde pública.
A CNBB insiste na necessidade de se estabelecer parcerias com a Defensoria Pública, Controladoria Geral da União, Advocacia Geral da União, Procon, Ministério Público, Fóruns de Justiça, para que sejam denunciadas as situações de irregularidades na condução dos serviços públicos.
Para acompanhar as ações da gestão pública e exigir a aplicação dos recursos com transparência, é necessário que a comunidade esteja informada e disposta a lutar por seus direitos.
A CF 2012 visa dar informações sobre a situação da Saúde Pública e, a partir da Palavra Deus, a Bíblica, refletir sobre o problema da dor e do sofrimento para “Que a Saúde se difunda sobre a terra”.

Dom Mauro Montagnoli
Bispo diocesano de Ilhéus