WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia policlinica itabuna secom bahia teatro itabuna


Fevereiro 2012
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829  






:: 7/fev/2012 . 12:40

Comida de Boteco vira marca da Vila Juerana

Evento atraiu centenas de pessoas à comunidade da zona norte de Ilhéus

Cliqu epara AMPLIAR.

O 2º Festival de Comida de Boteco da Vila Juerana, que teve sua segunda edição realizada no sábado (4), mostrou ser um evento já identificado com a comunidade do litoral norte ilheense. Centenas de pessoas, de Ilhéus e outras cidades do sul da Bahia, participaram do festival, no qual foi servido o melhor da culinária da região e incentivada a cultura do empreendedorismo.

O Festival de Comida de Boteco é fruto de uma semente que foi plantada no ano de 2010 pelo Projeto Transformar, desenvolvido em parceria entre o Instituto Aliança e a Bahia Mineração (Bamin). A intenção era identificar um negócio que pudesse ser tocado pelos próprios moradores, permitindo-lhes um meio de aumentar sua renda. Na primeira edição, 31 pessoas da comunidade participaram de um curso de gastronomia, do qual nasceu uma competição para a escolha do melhor prato.

Clique para AMPLIAR.

São esses mesmos moradores que continuam acreditando em seu próprio trabalho e na capacidade de produzir e crescer. Neste sábado, distribuídos em 11 barracas padronizadas, os participantes apresentaram um rol de iguarias, como frutos do mar, casquinha de siri e aratu, caldos, tapioca recheada e sarapatel, numa mistura de sabores que agradou o público.

“Todos estão muito animados, o festival foi um sucesso e, a partir de agora, se torna uma marca da Vila Juerana”, comemorava ao final do evento a comerciante Anita Alves de Souza, uma das participantes. Entre os responsáveis pela preparação dos quitutes, a satisfação por ter conseguido em um dia mais do que em um mês inteiro de trabalho.

Clique para AMPLIAR.

A ideia é que os moradores utilizem as barracas, recebidas em doação, não apenas durante o Festival de Comida de Boteco, mas em outros períodos, principalmente nas épocas e maior fluxo turístico. Além das barracas, o grupo recebeu como incentivo todo o material de sinalização, como faixas, banners, camisas, bonés, cardápios e lixeiras ecológicas.

O diretor de Logística da Bamin, Aildo Fonseca, diz que a organização de grupos produtivos, a partir da identificação de vocações existentes nas comunidades, constitui a tônica da ação social apoiada pela empresa. “Tem sido muito gratificante para nós ver os moradores tanto da Juerana como de outras comunidades de Ilhéus revelarem seus talentos e descobrirem novas formas de gerar renda para suas famílias”, destaca Fonseca.

ESPORTE – Como na primeira edição, o Festival de Comida de Boteco teve uma parte dedicada ao futebol. Oito equipes amadoras participaram de um torneio, que teve a final disputada pelos times Juerana Azul x Porto Futebol Clube. A Juerana venceu pelo placar de 4 x 3 e foi a campeã.

Reinaugurada em Ilhéus a unidade da Unicoba Indústria e Comércio Ltda

O prefeito Newton Lima prestigiou nesta última segunda-feira (6) a reinauguração da unidade fabril da Unicoba Indústria e Comércio Ltda, que se encontra instalada há 16 anos no Distrito Industrial de Ilhéus. As instalações da empresa, que fabrica ou comercializa aparelhos de GPS, equipamentos de rede, fontes para notebooks e receptores de TV Digital, foram totalmente destruídas por um incêndio em novembro de 2010. Com as obras de reconstrução, que foram realizadas de março a novembro do ano passado, envolvendo investimentos de R$ 3 milhões, a Unicoba pretende ampliar o seu quadro de funcionários e triplicar a sua capacidade operacional.
Para Newton Lima, a reconstrução da Unicoba é uma prova inequívoca da confiança de seus dirigentes no futuro do município de Ilhéus, que receberá nos próximos anos diversos projetos de desenvolvimento. “Com o surgimento do Complexo Intermodal Porto Sul, com certeza, o Pólo de Informática será bastante fortalecido. Uma das conseqüências desse novo momento será a criação de novos empregos e, consequentemente, a melhoria da qualidade de vida da nossa população”, enfatizou o chefe do Executivo ilheense. Diante de uma plateia repleta de empresários locais, Newton Lima reafirmou seu compromisso de continuar envidando esforços junto ao Governo do Estado para melhorar a atual infraestrutura do Distrito Industrial de Ilhéus.

:: LEIA MAIS »

Ilhéus aciona o Judiciário para cobrar inadimplentes

A Secretaria da Fazenda da Prefeitura de Ilhéus está ultimando o levantamento dos inadimplentes de tributos municipais com o objetivo de inscrevê-los na dívida ativa e iniciar os procedimentos para a cobrança judicial. Essa operação conjunta também envolve a Procuradoria Geral do Município, unidade responsável pela elaboração das ações de execuções judiciais dos contribuintes em atraso com o fisco municipal.
Segundo o secretário municipal da Fazenda, Antônio Batista Oliveira, as ações judiciais serão propostas contra os contribuintes inadimplentes de tributos municipais vencidos até o final do ano de 2011. Explica o secretário, que o Município concedeu facilidades para a quitação das dívidas em atraso, porém, como parte dos devedores não procurou o fisco municipal para pagar os tributos em atraso, a Prefeitura utiliza dos recursos legais para receber as dívidas.
Entre os instrumentos legais para promover a regularização dos créditos, a Prefeitura de Ilhéus lançou, por dois anos seguidos (2010 e 2011), o Programa de Recuperação Fiscal (Refis) com o objetivo do programa é promover a regularização de créditos, decorrentes de débitos de contribuintes relativos aos impostos e taxas de competência municipal. “O Refis possibilitava a regularização das dívidas, com a redução de multas e dos juros de mora, facilitando, portanto, o pagamento dos débitos em atraso”, lembrou o secretário.
O não pagamento do IPU pode acarretar uma série de medidas contra o contribuinte inadimplente a exemplo da inscrição no Cadastro Informativo de Créditos da Dívida Ativa (Cadim). O lançamento no Cadastro implica que os devedores, pessoas físicas ou jurídicas (empresas) fiquem impedidas de realizar de operações que envolvam a utilização de recursos públicos, concessão de incentivos fiscais, celebração de convênios, acordos e contratos, dentre outras operações com órgãos públicos. A inadimplência também implica na cobrança e execução judicial.
Características – O IPTU é um imposto que deve ser pago anualmente por quem tem imóvel registrado na prefeitura. Trata-se de um tributo de competência dos municípios que recai sobre a propriedade predial e territorial urbana, tendo como fato gerador a propriedade, o domínio útil ou a posse de bem imóvel.
O IPTU incide em propriedades localizadas na zona urbana dos municípios desde que os imóveis contem com alguns melhoramentos construídos ou mantidos pelo poder público, como meio-fio ou calçamento com canalização de águas pluviais; rede de iluminação pública com ou sem posteamento para distribuição domiciliar e escola primária ou posto de saúde a uma distância máxima de três quilômetros do imóvel considerado.

Mobilização da PM da Bahia

Neste momento de luta dos policiais militares, não podemos deixar de pensar no nosso passado glorioso, onde sempre a Polícia Militar esteve presente. Nosso 2 de ouros, o 2º Batalhão, combateu, inclusive, na Guerra do Paraguai. O Brasil deve muito à esta Milícia de Bravos. Avante companheiros! A vitória já foi conquistada desde o momento que conseguimos mobilizar toda a tropa, diante de adversários tão fortes. Segue abaixo o nosso hino da Independência da Bahia.

Hino Ao 2 de Julho (Independência do Estado da Bahia)

Nasce o sol a 2 de julho
Brilha mais que no primeiro
É sinal que neste dia
Até o sol é brasileiro
Nunca mais o despotismo
Regerá nossas ações
Com tiranos não combinam
“Bahianos” corações
Cresce, oh! Filho de minha alma
Para a pátria defender,
O Brasil já tem jurado
Independência ou morrer.
Nunca mais o despotismo
Regerá nossas ações
Com tiranos não combinam
“Bahianos” corações
Salve, oh! Rei das campinas
De Cabrito a Pirajá
Nossa pátria hoje livre
Dos tiranos não será


Esta mensagem foi enviada através do formulário de contato do site R2CPRESS | A Letra Fria da Verdade http://www.r2cpress.com.br/v1

Crescí ouvindo…

De: Marcos
Assunto: Crescí ouvindo…

Corpo da mensagem:
Cresci ouvindo… TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI. Entretanto, cabe dizer: exceto Policiais Militares que precisa derramar seu sangue para fazer valer direitos assegurados por leis. Leis que foram aprovadas e sancionadas.
Quando chega nas eleições, os comandantes colocam os Pms para trabalhar fora de seus domicílios eleitorais para que eles não possam votar.
É brincadeira?
Que país é esse.

Precisamos do apoio de toda sociedade. Segurança é direito de todos.

Participem.


Esta mensagem foi enviada através do formulário de contato do site R2CPRESS | A Letra Fria da Verdade http://www.r2cpress.com.br/v1

PEC 300 – FOMOS ATACADOS E ACUSADOS PELO GOV DA BAHIA

Bom dia amigos, fomos atacados e acusados pelo Governador da Bahia de estarmos por trás dos MOVIMENTOS que vem acontecendo nos estados, acredito que agora é sim a hora de irmos às ruas em apoio aos nossos amigos e irmãos da BAHIA, exigindo inclusive se preciso for que ele se retrate quanto as suas declarações.

AMANHÃ ESTAREMOS NA RUA JOÃO TEODORO x AV TIRADENTES NA LUZ AS 10:00, VISTAM SUAS CAMISETAS E VAMOS ABRIR NOSSAS FAIXAS EM APOIO AOS NOSSOS AMIGOS E IRAMÃOS DA BAHIA, NÃO DEIXEM DE COMPARECER.

“Solidarizo-me com os nossos conterrâneos da PM”

Blog

Reinaldo Azevedo

Análises políticas em um dos blogs mais acessados do Brasil

07/02/2012

às 6:53

Jaques Wagner em 1991-1992: “Solidarizo-me com os nossos conterrâneos da PM”. Jaques Wagner em fevereiro de 2012 – BALAS DE BORRACHA E CADEIA para os “conterrâneos da PM”. Ou: O Haiti é logo ali

Este post, meus caros, tem de ser usado como instrumento de educação política da população. Se você ainda não é um abduzido; se ainda consegue resistir ao charme fatal dos petistas, use-o como evidência de um jeito de fazer política. E que jeito é este? Ele pode ser sintetizado assim: OS CRIMES QUE SERVEM AO PETISMO SÃO VIRTUDES; AS VIRTUDES QUE SERVEM A SEUS ADVERSÁRIOS SÃO CRIMES. Vamos ver?

Ontem, em entrevista ao Jornal Nacional, o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), afirmou que foi pego de surpresa pela greve da polícia. Bem, milhões de telespectadores ouviram uma mentira, comprovada pelos fatos. Publiquei aqui um post com a imagem do cartaz convocando a assembléia de policias para o dia 31 de janeiro. Ele circulava desde o dia 24. Wagner preferiu se mandar para Cuba em companhia de Dilma Rousseff, deixando o caos atrás de si. Enquanto sujava as suas mãos no sangue de 100 mil cubanos mortos pela tirania, os bandidos começavam a fazer jorrar o sangue dos baianos, já que boa parte dos policiais tinha saído das ruas. Dramatizo? Não! Cem assassinatos na Grande Salvador em miseráveis seis dias — o dobro de uma média já escandalosa! Vamos ver de novo o cartaz? Retomo depois.

bahia-assembleia-convocacao1

Retomando
Eu já apanhei muito por me posicionar contra greve de policiais.
Onde quer que tenha havido uma, escrevi: “Sou contra”.
Gente que usa armas para impor a sua vontade pratica terrorismo.
Mas Lula? Ah, Lula era a favor!
Jaques Wagner? Ah, Jaques Wagner era a favor. E não era pouco. Vejam esta outra imagem.

jaques-wagner-apoia-greve1

 

Trata-se de uma reprodução do Diário do Congresso Nacional de setembro de 1992. Ali vocês lêem o fragmento de um discurso do então deputado do PT Jaques Wagner. Atenção! Houve uma greve de PMs da Bahia no governo de ACM, em 1991, e outra no governo de Cesar Borges, em 2001. Quando ocorreu a primeira, eu era redator-chefe do Diário do Grande ABC. Critiquei duramente o movimento, com o meu mantra de sempre: “Gente armada não faz greve!”. Em 2001, era diretor de Redação do site e da revista Primeira Leitura. Escrevi vários artigos contra os métodos a que recorreram os grevistas. E continuo contra em 2012. Mas e Wagner? AH, ELE APOIOU A GREVE EM 1991 E EM 2001! Nesse segundo caso, afirma o ainda líder do movimento, os petistas chegaram a dar apoio material aos organizadores da paralisação.

Volto à imagem do Diário do Congresso. ACM não perdoou os que tentaram articular a greve. Decidiu puni-los, o que se estendeu até o ano seguinte, 1992. E Wagner fez, então, aquele magnífico pronunciamento, optando pelo proselitismo à beira do caos. Mais do que isso: o deputado sindicalista Wagner incentivava de forma aberta a indisciplina. Destaco alguns trechos:“Em primeiro lugar solidarizo-me com nossos conterrâneos da Polícia Militar do Estado da Bahia, que há aproximadamente dez dias vêm se movimentando juntamente com seus familiares, particularmente as esposas, numa justa reivindicação por melhorias salariais. Infelizmente, a impermeabilidade do Governador do Estado fez com que o Comando da Polícia Militar punisse cerca de 110 militares.”
Como bom petista, apoiava tudo o que servisse para minar a credibilidade de um governo adversário.
(…)
“Acho um absurdo o atual vencimento dos agentes da Polícia Militar da Bahia, bem como o dos oficiais. Entendo que aqueles que têm por tarefa a manutenção da ordem pública precisam ter uma remuneração condizente com o risco de vida a que se expõem todos os dias.”
Notem o apelo sutil à indisciplina justamente dos oficiais. Mas o melhor vem agora.

“Por isso, registro minha solidariedade aos 110 oficiais e policiais militares já punidos e reitero veementemente meu apelo ao Comando da Polícia Militar para que, em vez de simplesmente seguir as ordens do Governador do Estado da Bahia, sempre impermeável às reivindicações do funcionalismo do nosso Estado, tente sensibilizar o Executivo do nosso Estado no sentido de que sejam atendidas as reivindicações das esposas dos militares que, na verdade, estão indo às ruas porque não têm como comprar alimentos para a família”.
Não lhes escapou, obviamente, que o companheiro Wagner estava convidando o comando da PM a se rebelar contra o governador.

O que dizer?
Está tudo aí! Felizmente, não há ninguém, hoje, na oposição tão irresponsável quanto eram Wagner e Lula. Mas também são poucos os responsáveis. Só o DEM se atreveu a fazer a coisa certa. O partido, obviamente, não endossa os métodos empregados pelos policiais em greve, mas chamou o governador às suas responsabilidades, o que os tucanos, por exemplo, até agora não fizeram. Diante de uma descalabro da magnitude que vemos, o partido está calado. Nem mesmo teve a ousadia mínima, não que eu tenha lido ao menos, de indagar por que o governador deixou o estado quando estava para ser decretada a greve — ERA CERTA COMO A LUZ DO DIA —, ausentando-se de suas responsabilidades e largando a Bahia à deriva.

São Paulo, 2008. Ou: Estes são eles!
Na greve de 2008, em São Paulo, CUT e Força Sindical se uniram no apoio a uma minoria de extremistas da Polícia Civil, que resolveram desafiar a lei e marchar, armados para, calculem!, o Palácio dos Bandeirantes! Chegaram a atirar contra homens da Polícia Militar, ferindo um oficial.

Será que a CUT rejeitou os métodos?
Será que a CUT pediu responsabilidade?
Não! O texto de solidariedade da central aos grevistas está aqui. Afinal, estávamos num ano eleitoral, e se dava como certo que o então governador José Serra seria o candidato do PSDB à Presidência em 2010. ERA PRECISO PRODUZIR CADÁVERES EM SÃO PAULO. Não conseguiram. Abaixo, a imagem da página da CUT.

cut-apoia-greve-pc-de-sp

Não estou falando, não, de um PT longínquo, que ficou perdido lá atrás, num distante 1991 ou 1992, antes da conversão à realidade. Estou falando de um PT recente, de 2008, que ainda está aí, que ainda está aqui. Que mobiliza seus bate-paus nas universidades, nos sindicatos, nos movimentos sociais, na imprensa, em todo canto…

Estou falando do partido que deu apoio aos violentos da USP.
Estou falando do partido que atacou, em nota oficial, a correta ação da PM na cracolândia.
Estou falando do partido que demonizou a polícia e o governo do Estado na reintegração de posse do Pinheirinho.
Estou falando do partido que ainda mantém em sua página no Senado a acusação indecente, mentirosa, de estupro no Pinheirinho.
Estou falando do partido que usa até a marcha de meia-dúzia de maconheiros para satanizar a polícia.Cabe-nos, sim, repudiar de modo veemente, sem qualquer flerte com a desordem, os métodos empregados pelos grevistas baianos. São inaceitáveis. Mas é também inaceitável que se desconsidere a atuação irresponsável do governador Jaques Wagner, que deixou a Bahia a arder e foi fazer turismo ideológico em Cuba, estendendo a viagem ao Haiti.

Ao Haiti?

Como diriam  Caetano Veloso e Gilberto Gil, conterrâneos de Wagner, o Haiti é aqui. O Haiti é logo ali, na Bahia… de Wagner!

Por Reinaldo Azevedo

Polícia amada

De: Érica
Assunto: Polícia amada

Corpo da mensagem:

Apoio a greve da PM : 3 mil pessoas estão realizando um abraço simbólico em toda tropa do Exército
Escrito por Jamesson Araújo
Seg, 06 de Fevereiro de 2012 20:02
POR VALDECK FILHO
Cerca de 3 mil pessoas estão fazendo apoio ao movimento paredista e estão realizando um grande abraço simbólico e cercando toda a tropa do Exército ecoando a música “A PM PAROU”.
Um grande círculo foi formado agora e simboliza todo o amor que os policiais têm pela Polícia Militar a coragem e a resistência a tirania.
O eco neste momento é de “ABAIXO A DITADURA” e “FORA JAQUES WAGNER”.
Até quando iremos esperar o governo dar a sua posição?
População Baiana nós iremos resistir a todo custo.
Cerca de 3 mil pessoas estão fazendo apoio ao movimento paredista e estão realizando um grande abraço simbólico e cercando toda a tropa do Exército ecoando a música “A PM PAROU”.
Um grande círculo foi formado agora e simboliza todo o amor que os policiais têm pela Polícia Militar a coragem e a resistência a tirania.
O eco neste momento é de “ABAIXO A DITADURA” e “FORA JAQUES WAGNER”.
Até quando iremos esperar o governo dar a sua posição ?
População Baiana nós iremos resistir a todo custo.


Esta mensagem foi enviada através do formulário de contato do site R2CPRESS | A Letra Fria da Verdade http://www.r2cpress.com.br/v1

BABA DAS ESTRELAS ACONTECEU NA PRAIA DA AVENIDA

O 2º “Baba das Estrelas”, uma iniciativa do mais novo promoter ilheense, Zezinho da Baixa Fria, aconteceu domingo(5) pela manhã na praia da Avenida Soares Lopes (imediações do Ed Santa Clara) reunindo quatro times em dois jogos. No campo 1 o escolhido pelo próprio Zezinho venceu o de Renatinho pelo escore de 3 a 1. No 2 Paulinho Gois goleou por 4 a 0 a equipe selecionada por Djalma Peludo.


Equipes no campo 1: Zezinho: Luciano, Heckel, Zezinho(depois Urubu), Japonês(depois Paulinho Medauar), Galego de Uruçuca, Ze Bispo, Kiko, Fuminho, Paulô, Ivo Babá, e Rodrigo(depois Everaldo Cabeça de Flande)  X  Renatinho:  Sabão, Melgaço, Pio, Luis Mario, Passos, Garrancho, Edson Silva(depois Sena), Cezinha, Alan Carioca, Marconi e Renatinho. Paulinho Gois: Pulga, Vado, Prof. Jorge, Paulinho Gois, Luis Humberto, Ralio, Goleiro Hamilton, Galletti, Gilvan, Almeida e Antonio Lopes X  Djalma Peludo: Pedro Paulo, Tabasa, Djalma Peludo, Epaminondas –o popular Pami (depois Stalen), Adauton, Slaibi, Danilo, Zugaibi, Bigo, Galego de Ilhéus e Silmar. O gols no campo 1 foram marcados por Galego de Uruçuca, Paulinho Medauar e Rodrigo para Zezinho, e Marconi para Renatinho. No 2 Goleiro Hamilton(o Dinho) (3) e Almeida.
Ocorrências destacadas no “Baba das Estrelas”
Desfilaram craques do passado como Zé Bispo, Fuminho(parceiro do ceplaqueano Kojack), Ivo Babá entre outros. Foi bom assistir a sadia discussão entre o zagueiro Urubu ao dizer pra Zé Bispo “Maria Preta, acerta o passe, pô!”. E a resposta “Vá tomar no… Joga sua bola Urubu, e fica quieto!”, revivendo o bom futebol ilheense do passado.
Quem também bateu um bolão foi o ex-goleiro Hamilton fazendo 3 gols, mostrando que, continuando em forma, é bom como atacante. Hamilton(o Dinho) para quem não se lembra, já se destacou como um dos grandes goleiros da Bahia, atuando em várias clubes profissionais do Estado.
O beque escolhedor Paulinho Gois continua com notável saldo de vitórias, desempenho confirmado com a deste domingo. Já o outro zagueiro Peludo, continua em baixa, mas afirmou que irá se recuperar.
A Comissão de Observação elegeu como destaques do “Baba”, pelo bom futebol apresentado, o atacante Paulinho Medauar(Campo 1) e o volante Antonio Lopes (Campo 2). Nota: No campo 1, como um dos atletas escolhido por Zezinho não havia chegado até o momento do início da partida, foi improvisado o garoto Rodrigo de 11 anos(neto do lateral direito Everaldo Cabeça de Frande), autor do gol de empate meio a veteraníssimos defensores. Olheiros afirmaram: pinta um futuro craque ilheense.
Obs. Os renomados craques Aldair e Junior Baiano, que foram convidados, não puderam –segundo o promoter– comparecer por motivo de estarem comprometidos na data prevista deste evento. Outra nota é que os esportistas Maninho e Jackson Lima, pelas contribuições respectivamente ao futebol de campo e ao futebol praiano ilheense, seriam homenageados, ficando para uma data oportuna.
Os conhecidos juízes da cidade, Tomé(Campo 1) e Capitão Pasta(Campo 2), fizeram boas arbitragens. Depois dos jogos os atletas foram confraternizar no bar de Zezinho da Baixa Fria na base da peixada de arraia, churrasco e muita cerveja.


Heckel Januário

Perguntar não ofende

De: …………………………..
Assunto: Perguntar não ofende

Corpo da mensagem:
Rabat, cadê os políticos de Ilhéus para lutar em favor da nossa segurança pública? O problema da greve não é dos PMs; é de todos.
Cadê a duputada Angêla?
Cadê Marão, com toda sua simpatia?
Cadê Jabes Ribeiro?
Cadê Aldemir?
Cadê demais políticos, homens públicos da nossa cidade para juntos intercederem ao governo baiano uma solução pacífica para o problema.

Será que o compromisso partidário é maior do que o compromisso com o bem estar do povo?

Nãopemos esquecer dessas e de outras pessoas, que se omitiram nesse momento, nas próximas eleições!

Obrigado.


Esta mensagem foi enviada através do formulário de contato do site R2CPRESS | A Letra Fria da Verdade http://www.r2cpress.com.br/v1

É TANTA DESATENÇÃO QUE DÓI …

Seriedade com a saúde só existe em PALANQUES.

O Hospital São José voltou a fechar a UTI; o Pronto-Socorro está sem médicos,portanto FECHADO; a única maternidade em funcionamento poderá deixar de atender a população por falta de médico para cobertura de plantões; os recursos procedentes do atendimento à população(SUS) mês de DEZEMBRO/11 ainda não foram repassados pela Secretaria Municipal de Saúde; Folha de funcionários sem pagamento; Fornecedores sem receber; ameaça de corte de energia pela COELBA por meses de atraso, Etc. Nenhuma novidade…Tudo já exaustivamente relatado ao longo dos meses. O que vemos? OMISSÃO da Secretaria Municipal de Saúde; OMISSÃO do Conselho Municipal de Saúde; OMISSÃO do executivo municipal; OMISSÃO da Câmara de Vereadores de Ilhéus; OMISSÃO do Ministério Público. Será que estamos esperando o fechamento do único hospital geral e maternidade de Ilhéus para agirmos e sairmos à procura das bruchas?

Não é salutar PAGAR PARA VER.





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia