WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom ponte ilheus secom bahia secom bahia


Fevereiro 2012
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829  






:: 10/fev/2012 . 12:28

Segundo Comando Geral da PM, greve terminou na Bahia; grevistas negam

A declaração foi feita pelo comandante geral, coronel Alfredo Castro

Em entrevista coletiva realizada no final da manhã desta sexta-feira (10), o comandante geral da Polícia Militar da Bahia, coronel Alfredo Castro, afirmou que a greve da policiais e bombeiros militares terminou. De acordo com ele, o policiamento na ruas até às 9h era de cerca de 85% do efetivo. Para o Comando Geral, o retorno das atividades deverá ser normalizado gradativamente nos próximos dias.

Apesar do comunicado, o movimento grevista só deverá definir os rumos na assembleia da categoria marcada para acontecer às 16h, no ginásio de Esportes do Sindicato dos Bancários, no Largo dos Aflitos. Até que o plenário delibere, os membros das Associação dos Cabos e Soldados (APPM), da Associação de Policiais e Bombeiros do Estado da Bahia (APRA) e da Associação de Sargentos e Sub-tenentes de Polícia Militar permanecem em greve.

Na noite de quinta-feira (09), a Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia, em reunião no Hotel Fiesta, decidiu não aderir à greve, mesmo entendendo que a proposta do governo não atende às necessidades da categoria. Para a AOPM/BA, estender a greve faria a população sofrer ainda mais.

O principal impasse entre policiais militares e o governo é o pagamento imediato da GAP IV (Gratificação de Atividade de Policial) e o pagamento da GAP V para março de 2013.  O governador Jaques Wagner afirmou que o pagamento das gratificações só poderiam ser feitos a partir de novembro e de forma escalonada. A proposta do governo é o aumento de 6,5% da remuneração retroativo ao mês de janeiro deste ano.

Fim da greve no interior da Bahia
Sete municípios do interior da Bahia decidiram encerrar a greve da Polícia Militar na manhã desta quinta-feira (9), segundo informações do comandante da 34ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) de Brumado, o major Arthur Mascarenhas. A decisão foi tomada por volta das 10h, e de acordo com o major, as viaturas da PM já voltaram a circular normalmente nas cidades.

“A greve foi encerrada nessas seis cidades por conta de uma deliberação do comando geral, que informou que o movimento teria acabado”, afirma o Comandante. “Todo o efetivo da PM já voltou às ruas em Brumado, Guanambi, Macaúbas, Livramento de Nossa Senhora, Ibotirama e Poções”.

“O comércio em Brumado está aberto e funcionando normalmente, assim como os bancos da cidade”, tranquiliza o comandante da 34ª CIPM. Além destes municípios, policiais militares de Campo Formoso voltaram a trabalhar normalmente nesta quinta-feira (9) e as viaturas da PM já estão realizando rondas nas ruas da cidade.

Ainda de acordo com o major Mascarenhas, a PM dos municípios de Barreiras e Bom Jesus da Lapa devem decidir se continuam em greve durante a tarde desta quinta-feira (9).


CORREIO DA BAHIA

Problemas que os policiais Militares da Bahia enfrentam:

Não tem plano de carreira, praticamente todos os soldados só recebem uma promoção cerca de 25 anos de serviço, alguns passaram até dos 30 anos pelas perseguições do governo de movimentos anteriores;

Se o policial militar quiser sair da profissão, ou se for excluído por qualquer motivo, sai da policia sem um tostão furado, isso mesmo, o governo não dá o FGTS, a que todos os trabalhadores têm;

Tem a todo instante desrespeitado seus direitos, Lei da GAP (Gratificação atividade Policial- desde 1997 deveria ser cumprida), inclusive sua jornada de trabalho que é ultrapassada em diligências, cartórios, delegacias e sem pagamento de horas extras, sem cogitar que após a condução as delegacias existem as audiências em cartórios que ora estão como testemunhas ora como autores das pilantragens dessa justiça brasileira (Onde devem constituir advogados);

Suas escalas são ininterruptas, compreendendo finais de semanas e feriados, onde devem ser esquecida, festa de aniversários do seu próprio filho (a), natal, ano novo, confraternizações sociais e familiares;

Os policiais alem de receber pouco pela profissão, ainda tem que desembolsar entre R$ 2.000,00 e R$ 3.000,00 para comprar sua arma, porque o Estado não dá arma aos mesmos, por isso muitos policiais acabam usando armas irregulares mais baratas para sua defesa própria;

Assim que os policiais militares formam, são obrigados a trabalharem em cidades distantes da sua família, sem opção de escolha porque o governo não se interessa pela vida pessoal do PM e de sua família;

O plano de saúde é por conta do PM, numa profissão tão perigosa, o plano de saúde é por conta própria, algo em torno de R$ 200,00 por mês o famoso PLANSERV;

Com tantas desvantagens assim, recebendo um salário tão desmoralizado, os nossos PMS heróis  e não bandidos SR governador;

Um policial Federal ou PRF, ou PM de Brasília recebe R$ 7.000,00 reais por mês para exercer a mesma profissão, por que o PM baiano tem que receber menos de R$ 2.000,00 reais pelo mesmo serviço, e arriscando a vida do mesmo jeito?

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Prezados Senhores,

Ouvindo as gravações editadas pela Emissora de TV, e com o aval da SSP, onde a Pfem dava instruções de como invadir o BG.
Observei a todo instante nas mensagens ao término tinha um SGT no final, SGT É O MESMO QUE SARGENTO!!!!
PRISCO, NUNCA FOI SARGENTO E mesmo que estivesse na ativa não teria tempo pra ser Sargento. Soube que ele jamais fez concurso pra sargento, nunca em momento algum de sua vida alguém se dirigiu a ele como Sargento.
Um erro gravíssimo que, certamente foi um tiro no pé da SSP. Agora quero ver qual a desculpa que eles vão dar para justificar o erro.

José Carlos

LBV realiza campanha pela infância brasileira

Iniciativa beneficia crianças e adolescentes com uniforme e material escolar

A Legião da Boa Vontade (LBV) inicia em todo o Brasil, no dia 2 de janeiro, a edição 2012 de sua Campanha Criança Nota 10 — Sem Educação não há Futuro!. A iniciativa tem por objetivo despertar em meninas e meninos de 6 a 12 anos maior interesse pelos estudos, assim como ajudar os pais que não têm recursos para adquirir o material escolar.

Serão entregues uniformes e mais de 12 mil kits pedagógicos a crianças e adolescentes atendidos por meio do programa LBV — Criança: Futuro no Presente!,aplicado nos Centros Comunitários de Assistência Social da Instituição em dezenas de cidades brasileiras, e a alunos das escolas que a Legião da Boa Vontade mantém em Belém/PA, Curitiba/PR, Rio de Janeiro/RJ, São Paulo/SP e Taguatinga/DF. Com essa ação, a LBV complementa o trabalho realizado em suas unidades de atendimento — onde oferece o apoio necessário para que crianças e adolescentespossam efetivar o aprendizado com qualidade, longe das ruas ou do isolamento —, bem como ampara famílias em situação de vulnerabilidade social, ou seja, que sofrem em decorrência da pobreza, da violência, da discriminação e de outros problemas.

Em Itabuna a LBV beneficiará crianças que são assistidas no seu Centro Comunitário de Assistência Social, localizado àRua Gileno Amado, 135 – Caixa D’ Água. São crianças das comunidades de São Roque, Caixa D’Água, Novo Horizonte, Fátima, Antique, Monte Cristo, Califórnia, Nova Califórnia, Santa Inês, São Roque, João Soares e Parque Boa Vista,

Os kits são constituídos de acordo com a faixa etária dos estudantes. Entre os diversos itens, há estojo, lápis preto e de cor, canetas, apontador, borrachas, tesoura, tubos de cola, tinta guache, cadernos, papel sulfite reciclado, régua, dicionário da língua portuguesa (com a nova ortografia) e jogo pedagógico.

Educar com Espiritualidade Ecumênica
A base e o diferencial de todas as ações socioeducacionais da Legião da Boa Vontade são a Pedagogia do Afeto e a Pedagogia do Cidadão Ecumênico, que compõem a linhaeducacional da Instituição. Utilizada diariamente nas unidades da LBV, a proposta leva em contao aspectocognitivo das pessoas, sem perder de vista o potencial emocional, o sentimento delas. Essa abordagem se fundamenta na formação integral do ser humano, já que este é consideradoem suas dimensões física, psicológica, social e espiritual — o que é essencial para a construção de uma sociedade verdadeiramente solidária.

Para saber mais sobre o trabalho socioeducacional da LBV, basta ligar para o tel. (73) 3312-0555 ou acessar ositewww.lbv.org.br. Quem desejar contribuir para a manutenção dosprogramas desenvolvidos pode fazê-lo pelositewww.eujudoamudar.org.

O primeiro dia da Turma do Chupa Rindo!

No inicio da década de 80, a turma da Associação Desportiva dos Ceplaqueanos e convidados, ADEC-100, que tinha a sua Sede no saudoso “Bar dos Coronéis”, (os cinquentões lembram com saudades) resolveu fazer uma batucada e sair apenas no sábado de carnaval, logo após o nosso tradicional baba.

O Bloco não teria nome, seria apenas uma batucada da ADEC 100, quando o irreverente Fernando Del’Rey, Kojak, nos surpreendeu com uma faixa com os dizeres: “A Turma do Chupa Rindo”, assim ficou e  durante muitos anos foi um marco irreverente no carnaval ilheense.

A Turma exagerava na bebida e completamente embriagados desfilavam na avenida. Diz à lenda que, nos primeiros anos só conseguia desfilar até chegar a primeira barraca. Era o dia em que a maioria das namoradas e mulheres evitava à avenida com vergonha dos estados etílico que nos encontrávamos.

O Bloco tem até uma música que é o seu hino e foi composta por: Artur Kruschewsky, Alberto Serafim, Fernando Del’Rey e o saudoso Antonio Carlos da Luz o Bigode, em um bar que ficava embaixo do Viaduto Catalão (bar de Madureira) depois de incontáveis garrafas de cervejas assim ficou:

 

“Somos bezerros bacanas,

chupamos no carro

na praia e na cama.

Chupo o que ela quiser

da sua cabeça

até o pé.

Mas se ela quiser mais

chupamos também por trás”.

 

Anexo, temos a foto do nosso primeiro dia, com um detalhe, o abre-alas do bloco era composto por Antonio Zugaib, Silvio e Artur Kruschewsky e nosso querido Newton Lima, o nosso prefeito, que agora mama sério.

Este bloco acreditem TEM MUITAS HISTORIAS

Clique para AMPLIAR.


Clique para AMPLIAR.


Carlos Artur Kruschewsky

Falta de Respeito: Coleta de Lixo “suspensa” na ladeira da Conquista??



Anderson

UESC – Descaso com estagiários

De: Odranoel
Assunto: UESC – Descaso com estagiários

Corpo da mensagem:
Olá amigo Rabat, Bom Dia!

Meu querido por favor dê uma divulgada nessa informação! Te peço esse favor porque penso que dessa meneira podemos sempre colocar uma pitada de realidade onde muitos pensam que existe um sonho…
Pois bem, o fato é o seguinte: A UESC ainda não creditou na conta dos estagiários, o salário correspondente ao mês de janeiro/2012.
Parafraseando o amigo Pirréu: “Aí é um pouco phoda”!
Vejam só:Já estamos assinando a folha de ponto do mês de fevereiro e o ínfimo e humilhante valor creditado em nossas contas relativo ao mnês de janeiro, ainda não apareceu.
Repito amigo Rabat, o valor é vergonhoso!!! Porque a UESC, aliás, pessoas que trabalham nos setores responsáveis pelos pagamentos da UESC se comportam tão irresponsavelmente assim?
Nós temos compromissos, precisamos pagar o transporte até a universidade, precisamos por alguim motivo dessa merreca. Por favor pessoas (in) responsáveis da UESC que trabalham no setor de pagamento, creditem o mirrado dinheiro dos estagiários em suas respectivas contas!
Obs: Rabat, aqui nessa mensagem me refiro aos estagiários que têm a bolsa cedida pela própria UESC. Quanto aos que têm vínculo com outras instituições que fomentam outras modalidades de bolsa (valores também miseráveis por sinal) não posso afirmar nada!
Muito obrigado pela atenção!

Ass: Superprofessorleo


Esta mensagem foi enviada através do formulário de contato do site R2CPRESS | A Letra Fria da Verdade http://www.r2cpress.com.br/v1

Reunião da Associação dos Oficiais da PMBA

De: ………………………………………..
Assunto: Reunião da Associação dos Oficiais da PMBA

Corpo da mensagem:
Nota sobre a Assembléia Extraordinária (09Fev) da AOPMBA – Força Invicta
Sex, 10 de Fevereiro de 2012 07:00. | Última atualização em Sex, 10 de Fevereiro de 2012 08:33. | Escrito por Presidente da AOPMBA. | | |

Assembleia extraordinária da AOPMBA decide não suspender suas atividades.

Após assembléia extraordinária realizada na noite de ontem (9), no auditório do Hotel Fiesta, a Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia (AOPMBA), vem informar que, por deliberação de seus associados, resolveu não suspender as suas atividades, em RESPEITO AO POVO DA NOSSA QUERIDA BAHIA E À GLORIOSA POLÍCIA MILITAR.

Apesar da proposta salarial apresentada pelo Governo do Estado não atender aos anseios da nossa categoria, as reivindicações salariais deste movimento são justas e legítimas e serão negociadas, a partir de agora, numa mesa de negociação permanente com a participação de representantes do governo, da Polícia Militar e das Associações de Oficiais e Praças.

O evento que começou às 19h, contou com a presença do presidente da Federação Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais ( FENEME ), Cel PMSC Marlon Jorge Teza, do Diretor de Relações Institucionais e Advogado da FENEME – Cel PMESP Elias Miller da Silva e do Comandante Geral, Coronel Alfredo Castro.

Durante a assembléia, o Diretor de Relações Institucionais e Advogado da FENEME, Coronel Miller, levantou discussões sobre aspectos jurídicos e técnicos do que tem acontecido na greve dos PMs, de direitos e prerrogativas, e também das obrigações e vedações constitucionais.

Na oportunidade, a Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia – FORÇA INVICTA ainda esclarece o seguinte: 1) que este movimento não fora deflagrado por nossa entidade. Ao contrário, desde o primeiro instante, fomos convidados pelo Exmº. Sr. Cel PM Castro, nosso Comandante Geral, para mediar as negociações visando por fim ao conflito existente; 2) Que a adesão da tropa, em todo nosso estado, deixou evidenciado o que esta Associação vem, há algum tempo, denunciando à sociedade baiana: A INSATISFAÇÃO GENERALIZADA NA CORPORAÇÃO EM FUNÇÃO DO DESRESPEITO POR PARTE DO GOVERNO DO ESTADO AOS DIREITOS DO PROFISSIONAL POLICIAL MILITAR e, sobretudo, ao acordo assinado em 11 de agosto de 2009, publicado no D.O.E. do dia seguinte, para SUSPENDER O MOVIMENTO DENOMINADO POLÍCIA LEGAL que, inclusive, deixaram seus legítimos representantes em posição desconfortável perante seus liderados; 3) Que serão adotadas medidas judiciais cabíveis pela Federação Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais – FENEME, em conjunto com a Força Invicta, para apurar quaisquer abusos cometidos pelo Estado durante este movimento;4) Por fim, agradecemos a participação do Arcebispo Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, representantes da OAB, Defensoria Pública, Tribunal de Justiça durante as últimas reuniões realizadas pela mesa de negociação. Também uma referência especial ao Gen EB Gonçalves Dias, Cmt da 6ª Região Militar, pelo senso de profissionalismo e respeito à nossa Instituição.

FORÇA INVICTA
Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia
Criada em 18 de Setembro de 2004 – CNPJ n.º 07.139.638.0001-57


Esta mensagem foi enviada através do formulário de contato do site R2CPRESS | A Letra Fria da Verdade http://www.r2cpress.com.br/v1





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia