WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
policlinica itabuna secom bahia teatro itabuna


Fevereiro 2012
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829  






:: 21/fev/2012 . 23:02

Folia sangrenta 2.0.1.2

De: José Teixeira
Assunto: Folia sangrenta 2.0.1.2

Corpo da mensagem:
Senhores até quando as autoridades vão esconder a realidade das festas populares em nossa cidade. Violência desenfreada,agressões, brigas generalizada, homicídios esta é a verdadeira face das festas em nossa cidade. Jovens em sua maioria absoluta menores de idade sabedores de sua condição de protegidos por uma legislação conivente e fraca se aproveitam para aterrorizar em bandos de 30, 50 ou mais elementos esfaqueando qualquer um que passar a sua frente. Até quando as autoridades continuarão fomentando essa carnificina? Se duvidam perguntem aos Bombeiros, PMs, SAMU e aos plantonistas do Regional.


Esta mensagem foi enviada através do formulário de contato do site R2CPRESS | A Letra Fria da Verdade http://www.r2cpress.com.br/v1

JOSÉ HAROLDO E O CACAU

Desta vida, José Haroldo Castro Vieira levou duas paixões: o amor ao cacau e ao órgão do cacau, a CEPLAC, que ele, egresso do Banco do Brasil, instituiu no início dos anos 60, depois expandiu e afirmou. Essas paixões, suscitadas e acendradas por circunstâncias adversas, provocaram-lhe ao menos duas mortes, antes do último trespasse.
Na última vez que nos vimos, já ele enfermo e magoado, confidenciou-me que, a pedido de autoridades de Brasília, preparava um plano de fomento da cacauicultura. Seria mais uma recuperação da lavoura e, paralelamente, da CEPLAC. Depois que o apearam do cargo de secretário-geral, onde passara 16 anos, o Zé, como nós o chamávamos, ainda pensava no órgão, ainda divisava dias melhores para a sua lavoura. Deles jamais se desligara emocionalmente.
Não se passa impunemente tanto tempo à frente de uma instituição. Mas, no caso de José Haroldo, sua permanência significava a certeza de renovação contínua – ele que era um espírito criativo, empreendedor. Não nego que houvesse apego pessoal ao cargo, pressão de amigos, orgulho. Subsistia, porém mais forte, o medo de que o órgão, e com ele a política do cacau, se esvaziassem em mãos profanas.
De fato, afastado José Haroldo, o que se viu? O imponente prédio-sede da instituição em Brasília, construído com recursos da lavoura (a taxa cambial cobrada sobre o cacau vendido), foi entregue de mão beijada a uma entidade federal. Um dos programas mais elogiados, o serviço de extensão rural, entrou aos poucos em colapso, com os agrônomos trocando as enlameadas botas de campanha pelos reluzentes sapatos urbanos. Sei que o grupo vai me execrar por essa lembrança, mas insisto em consigná-la aqui. As Emarc’s, escolas de ensino médio de agricultura, numerosas, entraram em igual diapasão. A CEPLAC perdia o crédito junto à lavoura, agora que era manipulada por políticos interessados apenas em votos e cargos.
No entanto, o golpe maior contra a lavoura foi a decisão de um governo militar em tirar-lhe a autonomia financeira e juntar-lhe o orçamento generoso à vala comum dos pingados orçamentos públicos. Também vale mencionar a pressão daquele e outros governos militares para criar novos pólos cacaueiros em regiões inadequadas ao cultivo. Era a expansão da fronteira da cacauicultura, com recursos dos lavradores baianos, e que teria aberto corredores, segundo opinião de muitos, à importação da vassoura-de-bruxa.

José Haroldo de Castro Vieira

O secretário-geral José Haroldo não resistiu. Tentou o lobby, tentou tergiversar – e cedeu. Tinha amor ao cargo, sim. Tinha orgulho de sua obra, sim. E temia, com a sua reação, desagradar os políticos e generais poderosos. Como o comandante holandês da anedota, tentaria evitar o naufrágio e, se preciso, naufragaria com o barco. Este pecado, o da subserviência forçada, é o único que se lhe poderia imputar.
No mais, um dirigente ativo, generoso – talvez generoso demais. Que o digam os mestrados e doutorados no Exterior, de que se beneficiaram alguns incompetentes. Projetos culturais se sucediam, amparo econômico ao Hospital Calixto Midlej Filho, pontes, estradas vicinais, a vitoriosa UESC, implantada a custo, seriam deveres de governantes – mas saíram daquela CEPLAC pioneira de José Haroldo.
É natural que os políticos profissionais olhassem o Zé com olhos enviesados. Afinal, ele lhes roubava a partitura e a condução da orquestra. Debalde o acusaram da pândega que se instalou no Conselho Nacional dos Produtores de Cacau. José Haroldo sabia, sofria e não tinha jeito a dar. A pressão sindical falava mais alto. Retirado o Zé da CEPLAC, a contaminação da má política (o PSDB do Centrão e o PT dos xiitas) não tardaria a prevalecer.
O fato é que, queiram ou não os seus adversários, prossiga ou cesse a polêmica, a lavoura cacaueira é credora e como!, de José Haroldo Castro Vieira. Se lhe dessem ouvidos, já quando começava a entoar o seu de profundis, os programas atuais de recuperação não estariam tão atrasados, nem os produtores a perder os seus bens e vender madeira para sobreviver, na tentativa da clonagem.
Abandonado pelos políticos, José Haroldo há de ter fragilizado o coração, como acontece aos românticos – aos que sobrepõem o ideal a considerações de ordem inferior. Que vá, portanto, em paz o velho Zé, o nosso amigo Zé, com a consciência serena dos que procuraram fazer o que lhes era possível.
Matéria publicada no Jornal A TARDE, pelo jornalista e escritor (Academia de Letras da Bahia) HÉLIO PÓLVORA, por ocasião do falecimento de JOSÉ HAROLDO CASTRO VIEIRA.
Seu Zé faleceu em Salvador no dia 05 de fevereiro de 2004, aos 77 anos.

ZÉCARLOS JUNIOR

Empresa Brasil de Comunicação / R2CPRESS – Agência de Notícias

CNBB lança a Campanha da Fraternidade 2012 nesta quarta-feira de cinzas

EBC/Beatriz Arcoverde

IPTU COM DESCONTO DE 15% até dia 17/02/12

Para bancar a orgia do carnaval as custa do povo. À PMI de Ilhéus faz um lançamento inédito de arrecadação do IPTU, pagamento antecipado com 15% de desconto até o dia 17/02/12. Em épocas e férias, início de ano letivo, quando os pais que pagam o tributo do IPTU, tem despesas extras, matriculas em colégios, compra de material escolar, matriculas de universidades, é insano a cobrança desse tributo neste período. Quem recebe pagamento nesse período? Pagamento de funcionários públicos último dia útil do mês e fevereiro é 29 dias. Funcionários da iniciativa privada recebem seus proventos a partir do quinto dia útil. Aposentados que ganha até um salário mínimo dia 28/29, acima desse salário até o quinto dia útil do mês subsequente março. Não séria mais sensata a PMI de Ilhéus prorrogar o pagamento até o mês de março. A arrecadação do IPTU aumenta as pessoas não ficam inadimplentes com o fisco. Pense nisso senhor Prefeito e prorrogue o prazo do pagamento do IPTU até o mês de março.
Att,
Kalif Rabelo
Contribuinte.

Corpo de servente morto a facadas no Carnaval de Ilhéus será enterrado na quarta

A polícia ainda não identificou o assassino

Será enterrado na quarta-feira (22) o corpo do servente Flávio Spínola de Matos, 20 anos, que foi morto com uma facada no peito na madrugada desta terça em Ilhéus, no sul do estado. Flávio trabalhava como segurança em um camarote quando foi atacado. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital Regional, mas já chegou sem vida.

A polícia ainda não identificou o assassino. Na mesma madrugada, dois homens foram baleados e levados para o Hospital Regional, onde passaram por cirurgia e continuam internados. Ildevanio da Silva e Clarivaldo Rodrigues.

O autor dos disparos já foi identificado por testemunhas e a polícia está a procura do homem.

Com informações da TV Bahia
No CORREIO DA BAHIA

Inocência infantil …

O sepultamento foi em Salvador no final da tarde

Igor Porto Cardas foi sepultado nesta terça-feira, às 17h30, no Cemitério Jardim da Saudade, em Salvador.

Informações e fotos no Notícia Livre

Outras informações logo abaixo

MORRE IGOR PORTO- MEDICO ILHEENSE

De: Ana
Assunto: MORRE IGOR PORTO- MEDICO ILHEENSE

Corpo da mensagem:
Segundo informações de dois médicos que ligaram agora a pouco para o Notícia Livre, ao contrário do que foi divulgado anteriormente pela imprensa, a causa da morte do Dr. Igor Caldas Porto, 31 anos, não foi um AVC, mas uma infecção por dengue hemorrágica. A causa da morte por dengue hemorrágica teria sido constatada após exames realizados pelo Hospital São Rafael, em Salvador, onde o médico estava internado desde ontem com quadro de morte cerebral.

A família do médico pretendia fazer a doação de seus órgãos, mas, com a confirmação da causa da morte por dengue hemorrágica, essa possibilidade foi descartada.

Dr. Igor Porto teria se sentido mal no sábado à noite, quando deu entrada na Clínica Santa Bárbara apresentando quadro febril. Ele foi transferido pela ambulância do Samu para Feira de Santana, e em seguida para o Hospital São Rafael, em Salvador.

Natural de Ilhéus, o jovem médico Igor Caldas era clínico geral, tendo atuado em Jacobina na Clinica Santa Bárbara e no Hospital Municipal Antonio Teixeira Sobrinho, além do consultório particular.

O corpo do médico Igor Caldas Porto será sepultado às 12 horas desta terça-feira (21) em Salvador.


Esta mensagem foi enviada através do formulário de contato do site R2CPRESS | A Letra Fria da Verdade http://www.r2cpress.com.br/v1

Assassinato no carnval de Ilhéus

De: Maristela
Assunto: Assassinato no carnval de Ilhéus

Corpo da mensagem:
Rabah
Estou chocada com uma triste notícia que acabei de saber;Um jovem de 20 anos foi barbaramnte assassinado a facadas no carnaval de Ilhéus.Ele estava trabalhando no camarote foco bahia…saiu pra lanchar e foi barbaraente assassinado com facadas,um jovem de 20 anos que estava trabalhando,tentando ganhar o seu dinheiro honestaente..Isso ninguem divulga..não conheço o rapaz,mas sinto e sei a dor desta mãe.MAS A FESTA CONTINUA.Só lamento.


Esta mensagem foi enviada através do formulário de contato do site R2CPRESS | A Letra Fria da Verdade http://www.r2cpress.com.br/v1

Carnaval de Salvador registra mais de 200 cirurgias de faces, mandíbulas e nariz

  • Angelo Pontes/UOL

    Os blocos de rua não param no Carnaval de Salvador; cidade já registra mais de 200 cirurgias de faces, mandíbula e nariz

No UOL NOTÍCIAS

 

 

 

 

 

 

Os blocos de rua não param no Carnaval de Salvador; cidade já registra mais de 200 cirurgias de faces, mandíbula e nariz

 

Desde o início do Carnaval de Salvador, na última quinta-feira, até o começo da tarde desta terça-feira (21), último dia oficial da folia, os 13 postos de saúde da prefeitura realizaram 215 procedimentos de cirurgias na face, mandíbula e nariz.

De acordo com os médicos plantonistas, a maioria dos pacientes chega às unidades depois de se envolver em brigas durante a folia.

 

Partidos aliados a Dilma vão ser adversários nas eleições

Aliados nacionalmente, os partidos que dão sustentação à presidente Dilma Rousseff devem patrocinar disputas entre si em praticamente todas as capitais nas eleições municipais de outubro, informa reportagem de Maria Clara Cabral e Simone Iglesias, publicada na Folha desta terça-feira (a íntegra está disponível assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

Roberto Stuckert Filho – 2.mar.2011/Presidência
Dilma com partidos da base em reunião no ano passado
Dilma com partidos da base em reunião no ano passado

Levantamento feito pela Folha tendo como base os sete principais partidos da aliança dilmista (PT, PMDB, PDT, PSB, PC do B, PP e PTB) mostra que em 17 capitais o confronto entre mais de três dessas siglas é bem provável.

Apenas no Rio o apoio à reeleição do prefeito Eduardo Paes (PMDB) é esperado.
Mesmo em Belo Horizonte, com um arco de aliança amplo para a reeleição de Márcio Lacerda (PSB), deve haver enfrentamento com o PMDB.

Nas sete demais capitais, há pelo menos dois pré-candidatos da base.

No FOLHA.COM

Com figurino jeans, baiano leva R$ 4 mil no Concurso de Fantasia Gay

Morador de Feira de Santana participou da 15ª edição de evento do GGB.
Disputa foi realizada na noite de segunda-feira, no centro de Salvador.

Vencedor do concurso de Fantasia Gay do GGB (Foto: Divulgação/GGB)

Edy Cyber, morador de Feira de Santana, é o vencedor do Concurso de Fantasia Gay da Bahia, realizado na noite de segunda-feira (20), na Praça Municipal de Salvador. Ele levou para casa um prêmio de R$ 4mil. Em sua 15ª edição, o evento organizado pelo Grupo Gay da Bahia, acontece na segunda-feira de carnaval. Vinte e cinco candidatos disputaram o prêmio este ano. Edy Cyber fez uma homenagem ao criado do jeans, Oscar Levi Strauss  (Foto: Divulgação/GGB)





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia