Participação popular foi um dos destaques do Carnaval de Ilhéus 2012
Prefeito e deputados elogiam participação popular no Carnaval
Alegria e tranquilidade foram a marca do Carnaval de Ilhéus
Infraestrutura atendeu às necessidades dos foliões
Carnaval para todas as idades!

***

Participação popular foi um dos destaques do Carnaval de Ilhéus 2012

A participação popular foi mais uma vez um dos principais destaques do Carnaval de Ilhéus, que este ano homenageou o centenário de nascimento do escritor Jorge Amado. De sábado (18) até a última terça-feira (21), milhares de pessoas compareceram à avenida Soares Lopes para curtirem e brincarem ao som de grandes atrações regionais. Realizado pela Prefeitura de Ilhéus, em parceria com a Petrobras e Governo do Estado, o evento também foi marcado pela apresentação da escola de samba Grêmio Recreativo Imperadores do Samba, do Teotônio Vilela, pela realização de bailes da saudade e pela participação de blocos afro, de sujo e de arrasto.
Todos os dias, desde as primeiras horas da tarde, a criatividade popular foi um espetáculo à parte, com crianças, adolescentes, adultos e idosos, levando para a avenida Soares Lopes toda a alegria da festa de momo. Fantasias como pierrôs, piratas, carrascos, colombinas e nêgas-malucas deram um colorido todo especial ao circuito. “Tivemos, mais uma vez, um típico ‘carnaval praia e folia’, onde ilheenses e visitantes tiveram a oportunidade de curtir o litoral de Ilhéus pela manhã e uma bela festa nos demais períodos do dia”, disse o secretário de Turismo, Paulo Moreira.
Outro destaque do Carnaval deste ano foi a homenagem feita a Jorge Amado, que, através de sua obra, divulgou o município de Ilhéus em várias partes do mundo. Com decoração assinada pelo artista plástico Renart, o “Carnaval na Terra de Jorge Amado por nós” se juntou a outras homenagens ao escritor mais popular do país. A obra amadiana também foi reverenciada, entre outros, no desfile das escolas de samba do Rio e São Paulo, no Carnaval de Salvador e no Carnaval de Nice, na França.
Infraestrutura – Além da decoração, a infraestrutura do “Carnaval na Terra de Jorge Amado Por Nós” também incluiu a montagem de praças de alimentação, camarotes para a imprensa e espaços alternativos para a realização dos famosos bailes da saudade. Na área da saúde, os foliões contaram com um posto médico, uma unidade do Samu e farta distribuição de preservativos. Já no setor de segurança, o evento contou com a participação de efetivos da Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Municipal.
Ainda na seara da infraestrutura, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano montou um esquema especial de limpeza para todos os dias da folia. Por sua vez, a Secretaria de Segurança, Transporte e Trânsito, além de disponibilizar o efetivo da Guarda Civil Municipal para auxiliar a segurança, também utilizou agentes de trânsito, que realizaram o serviço de fiscalização, orientação e conscientização dos motoristas.
Atrações musicais – Além de mini trios e trios elétricos de grande porte, o Carnaval de Ilhéus 2012 contou ainda com a participação de várias atrações locais e regionais. Entre elas, Estância, Vip, Tribaleiro, Circuito Fechado, Sambágua, Top Gan, Cia do Gueto, Pickup de Luxo, Capricho, S4&Cia, Circuito do Vim Te Comer e S4 & Cia. E mais: Viviane Trípodi, Ciclone Musical, Di Bali, Pagojan, Um Love a Mais, Langery de Patricinha, Cia. Do Povo, Nego e Banda, Badaladus e Rhabana Smith.
Além do “Carnaval na Terra de Jorge Amado por nós”, ocorrido na avenida Soares Lopes, o município de Ilhéus também contou com festas realizadas no Hernani Sá (Urbis), no Pontal, na Barra de Itaípe, em Barra Mares e na Ponta da Tulha. Com apoio da Prefeitura e organizado pela Associação de Moradores, o Carnaval do Hernani Sá foi um dos mais animados deste ano, atraindo centenas de foliões todas as noites.
Já no centro da cidade, no Beco das Marchinhas (bar e restaurante Barrakitica), o Clube RM realizou a oitava edição do tradicional Carnaval dos Carnavais. Durante toda a tarde de sábado (18), os participantes e convidados do RM cantaram e dançaram ao som das marchinhas, marca registrada dos antigos e memoráveis carnavais.

Prefeito e deputados elogiam participação popular no Carnaval

A alegria e a participação popular foram alguns dos destaques do Carnaval de Ilhéus. Na avaliação do prefeito Newton Lima, a animação demonstrada pelos foliões na avenida Soares Lopes e nos carnavais do bairro Hernani Sá e da Barra de Itaípe, confirmaram que essa é sem dívidas a maior festa popular da cidade. “Durante todos os dias a alegria tomou conta das ruas de Ilhéus. Apesar de todas as dificuldades financeiras e dos imprevistos com a greve da Polícia Militar às vésperas do Carnaval, conseguimos fazer um grande festa, com atrações regionais, com a magia e a criatividades dos blocos afros e de arrastos e com a beleza da Escola Imperadores do Samba”, disse o prefeito.
O deputado federal Josias Gomes (PT), que participou do Carnaval de Ilhéus, também elogiou a alegria dos foliões. “O povo de Ilhéus veio às ruas para fazer um carnaval com muita animação e isso foi comprovado em cada bloco que passava e em cada trio que arrastava multidões. Foi, sem dúvidas, uma grande festa”, avaliou. O deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) também veio para o Carnaval de Ilhéus e destacou a alegria da festa. “Ilhéus mostrou mais uma vez sua tradição de realizar grandes carnavais e a organização e a participação popular foram fundamentais para que essa festa fosse um grande sucesso”, avaliou.
O secretário do Turismo da Prefeitura de Ilhéus, Paulo Moreira, assegurou que o Carnaval atingiu o seu principal objetivo que era de levar a alegria, a paz e muita animação. “Apesar das dificuldades, Ilhéus realizou o Carnaval da família, onde as pessoas puderam brincar com tranquilidade, onde as crianças participaram com suas fantasias, os jovens levaram a alegria e o baile da saudade deu um toque especial. Montamos uma estrutura especial para receber bem os foliões e o resultado foi essa grande festa em homenagem ao escritor Jorge Amado”, complementou Paulo Moreira.
O secretário de Governo e Ações Estratégicas, Alisson Mendonça, acrescentou que além da avenida Soares Lopes, onde foi realizada uma grande festa, a alegria tomou conta dos bairros, como o Pontal, com os tradicionais blocos Zé Pereira, Seca Copos e Muringuetes, o bairro Hernani Sá, que fez uma das mais bonitas e organizadas festas carnavalescas da cidade, além da Barra de Itaípe, da Conquista, Princesa Isabel e vários outras festas. “O governo municipal está de parabéns por organizar, em pouco tempo, um grande Carnaval, mas o destaque também vai para o povo de Ilhéus, que com sua capacidade de organização e alegria fez uma das mais bonitas e animadas festas da cidade”, assegurou Alisson Mendonça.

Alegria e tranquilidade foram a marca do Carnaval de Ilhéus

Mais uma vez, a alegria e a tranquilidade deram o tom do Carnaval de Ilhéus, realizado entre os dias 18 e 21 últimos. Milhares de pessoas compareceram à avenida Soares Lopes, circuito principal da festa, para acompanhar shows das bandas regionais e os desfiles dos blocos de arrasto, de sujo, da escola Imperadores do Samba e as apresentações do palco do Baile da Saudade. A folia também se espalhou pelos bairros e localidades da zona rural de Ilhéus, onde a festa só foi encerrada nas primeiras horas da quarta-feira de cinzas (22). Promovida pela Prefeitura, a festa momesca contou com o apoio do Governo do Estado, Petrobrás e Nova Schin.
Nas noites de Carnaval a animação ficou por conta das bandas Estância, Vip, Tribaleiro, Circuito Fechado, Sambágua e Top Gan. Já no domingo a bandas Cia do Gueto, Pickp de Luxo, Capricho, Circuito do Vim Te Comer e S4&Cia, a cantora soteropolitana Viviane Trípode empolgou o público cantando grandes sucessos da música baiana. Também se apresentaram as bandas Ciclone Musical, Di Bali, Pagojan e Um Love a Mais.
O destaque da última noite terça-feira (21) foi a banda Som do Povo, que animou os mais de 1.200 integrantes do bloco Cia. da Folia. O grupo, de Salvador, agitou os foliões com músicas que misturaram axé, pagode e arrocha. Também passaram pela terça-feira de carnaval as bandas Vip, Ciclone, Langerry de Patricinha, Nego e Banda, Rhabana Smith e Badaladus, além de Ratinho Menezes e a Banda Caprixo. Já no palco do Baile da Saudade a animação ficou por conta de Itassucy e banda e cantores como Lito Vieira, Tito Moreno, Keketa, Bebeto, entre outros convidados.
Um dos momentos mais aguardados do Carnaval foi o desfile do Grêmio Recreativo Escola Imperadores do Samba, na terceira noite de festa momesca. A escola, do bairro Teotônio Vilela, também aproveitou para homenagear o escritor grapiúna e trouxe à Soares Lopes o tema “Ilhéus, terra de São Jorge”, num desfile empolgante, marcado pelas cores verde e rosa, as cores da agremiação. O ritmo contagiante da bateria agitou o público e os mais de 800 integrantes da agremiação, que estiveram divididos nas alas de maculelê, capoeira, colheita, comissão de frente, afro, ala das crianças, a tradicional ala das baianas e três carros alegóricos.
A irreverência dos blocos de sujo e de mascarados e a beleza e o brilho dos blocos de afro também tiveram espaço garantido na folia em Ilhéus. Cerca de 10 entidades, entre elas Mini Kongo, Zambi Axé, Rastafari, Dilazenze, Levada Gomgombira e Guerreiros de Zulu se revezaram entre os três últimos dias da festa (domingo, segunda-feira e terça-feira).

Infraestrutura atendeu às necessidades dos foliões

O “Carnaval na terra de Jorge Amado por nós” fez a alegria dos foliões que estiveram em Ilhéus nesses dias de festa, na avenida Soares Lopes. A folia teve início no sábado (18) e seguiu até a terça-feira (21), com a temática que homenageou o escritor baiano Jorge Amado que este ano completaria 100 anos. A festa reuniu milhares de pessoas, entre ilheenses e turistas de diversos locais. O Carnaval realizado pela Prefeitura de Ilhéus, contou com uma forte infraestrutura para proporcionar aos participantes da festa carnavalesca maior segurança e conforto para cair na folia.
Para a segurança, o Carnaval contou com a atuação em todo o circuito da folia e adjacências de um efetivo de 30 Policiais Civis, 150 Policiais Militares, 30 homens do Corpo de Bombeiros e 80 Guardas Civis Municipais, que garantiram a segurança de quem foi até a avenida. Para reforçar ainda mais a segurança, entradas do circuito da festa foram fechadas para revista dos foliões e monitoramento, e um esquema de iluminação da área externa da folia também foi montado para dar maior segurança aos transeuntes.
A Secretaria de Segurança, Transporte e Trânsito disponibilizou durante os dias de festa um efetivo de agentes de trânsito, que realizaram o serviço de fiscalização, orientação e conscientização dos motoristas. O sistema de transporte coletivo também ofereceu aos participantes horários diferenciados para a circulação de ônibus no período da festa. Para garantir uma maior organização da folia, todos os dias pela manhã uma equipe de limpeza realizava a varrição e o recolhimento do lixo em todo o circuito.
Outro serviço essencial para as comemorações do Carnaval é a estrutura organizada pelo setor de saúde. Para este Carnaval a Secretária da Saúde do Município instalou um ponto de apoio em frente ao prédio da Biblioteca Municipal e Arquivo Público. No local foram realizados os atendimentos básicos mais comuns neste tipo de festividade, como pequenas suturas e serviços como aplicação de soro e glicose. Estiveram à disposição em cada noite de folia um médico, um enfermeiro, um técnico em enfermagem e um auxiliar de serviços gerais, além de uma ambulâncias sociais e o serviço do Samu (Serviço de Atendimento de Urgência e Emergência). A distribuição gratuita de preservativos e de panfletos educativos foi realizada em todos os dias de festa por uma equipe volante da Secretaria de Saúde, que circulou pela multidão.
Com uma decoração temática especial a avenida Soares Lopes recebeu toda uma infra-estrutura, para se tornar uma grande arena e proporcionar o conforto e serviços necessários a ilheenses e turistas presentes na festividade. O comerciante ilheense Renato Dias, disse que aprovou a estrutura e organização do evento e que fez questão de ir curtir a folia com toda a família. Já a moradora da cidade vizinha de Camacã, Janice Barbosa, afirmou que veio passar os dias de Carnaval em Ilhéus por conta da praia, mas acabou curtindo e aprovando a folia na Avenida Soares Lopes.
Completando a estrutura, foram montados os camarotes oficiais, sistema de sonorização, espaços alternativos para blocos e bailes infantis, e a tradicional praça das marchinhas, com o baile da melhor idade, onde diversão ficou por conta das musicas que marcaram os grandes carnavais, tornando-se um espaço aconchegante e familiar em meio à folia.
A estrutura do evento contou ainda com as praças de alimentação e a presença de vendedores ambulantes para a comercialização de diversos produtos como alimentos rápidos, passando por bebidas alcoólicas, cigarros, doces, guloseimas e brinquedos infantis, oferecidos nas mais variadas maneiras. Segundos os comerciantes locais, o saldo de vendas no circuito nos dias de folia foi bastante positivo.

Carnaval para todas as idades!

O Carnaval de Ilhéus foi realizado para todas as idades. Famílias puderam se divertir a valer numa festa que uniu crianças, adolescentes, adultos e idosos na folia. Uma estrutura foi especialmente montada para garantir a diversão de todos os participantes. Ao som de marchinhas e músicas consagradas, a população aproveitou para relembrar os antigos carnavais.
Os idosos que estiveram presentes puderam voltar no tempo no Baile da Saudade. Com a apresentação de cantores regionais como Itassucy, a animação do público ficou completa. As crianças também tiveram seu momento de diversão. Muitas delas fantasiadas de fadas, bailarinas, baianas, piratas, princesas e super-heróis aproveitaram o carnaval com todo gás. Durante o carnaval, um show do infantil “Galinha Pintadinha” também proporcionou às crianças diversão garantida.
O Baile da Saudade – a princípio se destinava a para pessoas da terceira idade – contagiou a todos que estavam ou passavam pelo local. Para o folião João Francisco Santos, estivador aposentado, morador do bairro do Pontal, que há muitos anos participa da festa, a sensação é de estar participando dos “bailes de antigamente, quando eu ainda era criança e jogava confetes e serpentina nos salões”, lembrou.
O clima de alegria foi uma das opções que fizeram muitas pessoas escolherem permanecer no espaço montado para o Baile da Saudade. Cercado de boa comida e música de boa qualidade, o palco atraiu espectadores todo o tempo que puderam curtir o Carnaval à moda antiga.