A Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), vinculada à Secretaria da Agricultura, lança um novo portal (www.ebda.ba.gov.br). Um canal de comunicação mais bonito, interativo e moderno, que será apresentado ao público na próxima terça-feira (27), às 18h, no estande da empresa, montado na 25ª Feira Nacional da Agropecuária (Fenagro), no Parque de Exposições de Salvador.

O site, desenvolvido pelo Departamento de Comunicação da EBDA, foi totalmente repensado e desenhado objetivando oferecer ao cidadão informações sobre os serviços prestados pela empresa na área da agropecuária. “Queríamos uma peça dinâmica, de fácil navegação e que atendesse a necessidade do nosso público, e foi exatamente assim que o novo site da EBDA ficou”, disse o presidente da instituição, Elionaldo de Faro Teles.

A nova plataforma na internet disponibilizará informações institucionais, como perfil dos gestores, contatos das 188 unidades organizacionais, programas e projetos desenvolvidos e apoiados pela EBDA, informações sobre assistência técnica e pesquisa.

O portal será atualizado diariamente, com notícias e informações sobre o trabalho desenvolvido pela EBDA em todo o território baiano, além de disponibilizar publicações como livros, jornal, boletins informativos e vídeos. O internauta também terá acesso às ferramentas de comunicação da empresa, como o Jornal Institucional, Novo Dia, o programa de rádio A Voz da EBDA e uma galeria de fotos exclusiva, destinada aos ensaios fotográficos, imagens altamente selecionadas, que transmitem o valor e a beleza do trabalho desenvolvido no campo.

Para a chefe do setor de Difusão da EBDA e coordenadora do site, Talita Queiroz “o site institucional é a identidade da organização, por isso o novo Portal da EBDA, foi pensando e desenvolvido para atender aos públicos, que vão desde o agricultor familiar e os movimentos sociais, até a sociedade de forma geral. É um Portal com linguagem objetiva, fácil navegabilidade e layout limpo, e ao mesmo tempo contemporâneo, pois permite a interação com as redes sociais”.
Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária (Seagri)