WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa secom bahia


dezembro 2012
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  






:: 3/dez/2012 . 20:57

Ângela Sousa homenageia diretoria da CEADEB

Evento CEADEB.

A deputada estadual Ângela Sousa, do PSD, prestou homenagens durante a semana á CEADEB e á diretoria do órgão, recém-eleita após uma vitória consagradora nas eleições. A deputada participou, ao lado do vice-governador Otto Alencar e do presidente da CEADEB, pastor Valdomiro Pereira da silva, da 98 assembleia geral ordinária da convenção das igrejas evangélicas assembleia de Deus no estado da Bahia.
Durante a ocasião, o pastor Valdomiro Pereira e a diretoria da CEADEB agradeceram á deputada pela moção de congratulação que a parlamentar apresentou na assembleia legislativa homenageando a diretoria pela vitória conquistada nas eleições, e destacaram que Ângela, enquanto parlamentar, muito tem contribuído para que os projetos das igrejas assembleia de deus da Bahia se tornem realidade. O vice-governador Otto Alencar ressaltou, ainda durante o evento, que a assinatura do convênio que vai possibilitar a construção da nova ponte de ilhéus é resultado do esforço feito por Ângela, que enquanto deputada, não mediu esforços em sua luta para viabilizar esse grandioso projeto que há muito é objeto de anseio da sociedade ilheense.
Presentes ao evento, os membros da CEADEB de Ilhéus concederam generosos aplausos á deputada estadual Ângela Sousa, ao pastor Valdomiro e ao vice-governador Otto Alencar. A deputada parabenizou ainda, após conceder homenagens a todos os membros da diretoria da CEADEB, a esposa do pastor Valdomiro Pereira,irmã Lurdes, que preside a UEMADEB e, ao lado de Valdomiro Pereira da Silva, traz consigo os preceitos religiosos que tornam a assembleia de deus uma igreja cada vez mais forte, que edifica a palavra de Deus entre os homens.
Ângela Sousa declarou ainda que a assembleia de Deus atua na Bahia há 93 anos, contando com 523 campos eclesiásticos distribuídos em todas as regiões do estado. De acordo com a deputada, a assembleia de Deus possui 1.430 ministros, sendo 1006 pastores e 307 evangelistas, que atuam em 3 mil igrejas ou congregações que possuem mais de 500 mil membros na Bahia. Ângela, ao se despedir, lembrou que Jesus, em sua infinita bondade, permanece abrindo caminhos para que os estimados pastores trabalhem em prol da restauração de milhares de famílias, e compartilhou com os presentes a palavra de Deus que diz: “Lembrai-vos dos vossos pastores, que vos falaram a palavra de Deus, a fé dos quais imitai, atentando para a sua maneira de viver”.(Heb 13:7).

ATA DE AUDIÊNCIA P/ PAGAMENTOS DE SALÁRIOS DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE ILHEUS


Para ler em TELA CHEIA clique onde estão as 4 setinhas (lado direito).


DINO ROCHA

CLUBE DO SAMBA – Joãozinho Alfaiate

Neste domingo, 02 de dezembro, foi comemorado o Dia Nacional do Samba, com a realização de eventos em todo o Brasil.
Aqui em Ilhéus não passou em branco, o nosso amigo Ivan, responsável pelo Clube do Samba, reuniu cantores e compositores locais e fez uma grande festa no espaço cultural Joãozinho Alfaiate.
Pra quem não sabe, Joãozinho Alfaiate era pai de Ivan e de Bebeto e um grande músico e cantador das serestas em Ilhéus.
Num ambiente excelente, com a presença de artistas consagrados da cidade (Edu Neto, Délio Santiago, Lito Vieira, Itassuci, Sérgio Nogueira, Odraude Silva & demais convidados), a data foi comemorada bem ao estilo do samba.
O Clube do Samba funciona aos domingos, no horário das 13:00 às 18:00 horas, vale a pena conferir e passar uma tarde ao som de boas músicas, um programa imperdível.


De parabéns o grande Ivan por manter a tradição do velho Joãozinho Alfaiate.

ZÉCARLOS JUNIOR

O MERCADO DE ARTESANATO DE ILHÉUS TEM MUITAS LOJAS DE DESTAQUES E DE BOM GOSTO

A nossa cidade tem pontos de destaques no ramo de lojas de produtos artesanais! E nada melhor para os nossos amigos turistas do que uma visita ao “Mercado de Artesanato de Ilhéus”, localizado à Rua Eustáquio Bastos, nº 2, ao lado do Bradesco, em frente à Justiça Federal e bem no centro do comércio.  Existem várias lojas, mas, uma sempre chama à atenção dos turistas, a “SABORES DA BAHIA, Loja nº 11,” telefone (73) 3086-0544, e pelo seu destaque na sua apresentação, arrumação, estoque de produtos variados e verificando também a qualidade das coisas que são vendidas nessa loja.

Realmente vale a pena uma visita à Loja “SABORES DA BAHIA”, provar seus licores caseiros e produtos regionais que são de bom gosto! O tratamento é sempre alegre, o atendimento é com muito desvelo para com seus clientes. Segundo informações, as pessoas que compram nesse local, sempre retornam e comentam com outros visitantes que é uma bonita loja, bem instalada no Mercado de Artesanato. Voltam todos os anos para fazer novas compras e levam presentes para seus amigos e parentes.

Parabenizamos esse tipo trabalho que muitas pessoas executam, pois nos faz crer que somente dessa forma, oferecem a Ilhéus mais uma boa atuação no seu fluxo de comunicação e entrelaçamentos entre o comércio e nossos visitantes.

CDL – ILHÉUS /SEBRAE

“Lei Maria da Lenha” … POF e pronto!

Trabalhadores em educação de Ilhéus são prejudicados com bloqueio de verbas

Os trabalhadores em educação contratados da rede municipal de Ilhéus estão sendo prejudicados com a decisão do juiz da 3ª Vara do Trabalho da Comarca de Ilhéus que bloqueou todas as verbas das contas da Prefeitura, inclusive os recursos do Fundo de Educação Básica (Fundeb). Com isso, os trabalhadores contratatos, que receberiam os salários no último sábado, acabaram ficando sem seus vencimentos. O bloqueio das verbas poderá prejudicar inclusive o pagamento dos salários dos servidores efetivos referente ao mês de novembro, caso os recursos não sejam liberados.

Na avaliação da diretoria da APPI/APLB-Sindicato, os recursos do Fundeb não poderiam ter sido bloqueados por conta da ação movida na Justiça do Trabalho pelo Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Ilhéus (Sinsepi), já que se trata de verbas carimbadas e que não poderão ser utilizadas para outros fins a não ser a educação. A APPI já está encaminhando um ofício ao juiz da 3ª Vara do Trabalho comprovando que os recursos do Fundeb não poderão ser bloqueados e solicitando a imediata liberação para quitar os salários dos trabalhadores contratados referente ao mês de outubro.

Na semana passada o juiz de direito da 2ª Vara de Feitos de Relação de Consumo Civil e Comercial da Comarca de Ilhéus, Eduardo Gil Guerreiro, acatou, na sua totalidade, a ação cautelar de bloqueio movida pela APPI/APLB-Sindicato-Delegacia Sindical Costa do Cacau solicitando o bloqueio das contas da Prefeitura referentes aos recursos do Fundo de Educação Básica (Fundeb). Na sua decisão, o juiz Eduardo Gil Guerreiro reconhece que o pedido de bloqueio de valores se justifica nesse caso, pois há fortes evidências nos autos que a Prefeitura de Ilhéus dispõe do dinheiro para os pagamentos, sendo que estaria inadimplente por manobra do seu gestor.

Diante de todas as evidências, o juiz deferiu a liminar solicitada pela APPI determinando o bloqueio de todas as verbas existentes nas contas correntes do município de Ilhéus vinculadas ao Fundeb, bem como 5% dos recursos em todas as contas do município vinculadas aos repasses de receitas correntes do Estado da Bahia e da União vinculadas pela lei 11.494/07 ao Fundeb e de 25% de todos os recursos nas contas correntes do Município destinadas à arrecadação de receitas próprias e convênios, vinculadas também ao custeio do Fundeb.


Assessoria de Imprensa da APPI/APLB-Sindicato

O MISTICISMO DAS PRECES

por José Everaldo Andrade Souza .’.

Ir.’. Everaldo.

Ir.’. Everaldo.

A prece sempre foi a válvula de escape do homem; o recurso extremo e imediato; para as pessoas religiosas, mesmo que não sejam fanáticas, mas que tenham alguma crença sobre a presença Divina, a prece transformou-se em hábito e disciplina.
Para os teístas, a prece tem sido o recurso para o alívio de qualquer dificuldade.
A realidade de nossos dias nos leva a considerar a prece como fraqueza e por este motivo, os homens – eis que as mulheres não têm esta preocupação – escondem a prática mística e se reservam o direito de fazer as suas orações com muita reserva, temendo parecerem ridículos perante os seus semelhantes.
A prece, a súplica, a oração, enfim, tenha o nome que se lhes der, obedece a certas classificações.
Para o nosso estudo, apenas, notaremos duas espécies: a prece para contornar um infortúnio e a prece para evitar esse infortúnio. Assim, quando alguém se encontra em uma situação difícil, de perigo, surge na mente, instantaneamente, o desejo de apelar a Alguém, seja ao próprio Criador do Universo, Deus, seja para aqueles que obtiveram em vida uma situação tal que, depois de mortos, passaram a distribuir graças.
A prece ou oração maçônica não difere das normas comuns; apenas, elas têm uma colocação específica, de confirmação de uma crença e do pedido de proteção.
Etimologicamente, existem diferenciações entre prece, oração, reza súplica, etc., mas maçonicamente são sinônimos.
A Prece é a parte cujo conteúdo expressa o mais elevado misticismo maçônico, porque é o “contato direto” entre a Vontade do Maçom com a Mística; esta com o aglomerado espiritual encabeçado pelo Grande Arquiteto do Universo.

Homem é morto em assalto porque só tinha R$ 5, diz polícia na Bahia

Vítima de 54 anos foi baleada na manhã deste domingo (2), em Itaparica.
Suspeito foi preso e afirmou ter agido na companhia de mais dois homens.

Um homem de 54 anos foi morto na manhã deste domingo (2) em assalto na Ilha de Itaparica, na região metropolitana de Salvador. Segundo informações da 19ª Delegacia, o autor do disparo foi preso por policiais em diligência logo após o crime e ao prestar depoimento, disse que a vítima foi baleada porque só tinha R$ 5.

Segundo a polícia, o homem vai responder por crime de latrocínio e permanecerá detido na carceragem da 19ª DT. A vítima foi identificada como um agente penitenciário que trabalhava em Salvador.

O suspeito afirmou aos policiais que no momento do crime, estava na companhia de dois comparsas, que conseguiram escapar. O crime ocorreu por volta das 5h30 deste domingo, nas proximidades do Terminal de Bom Despacho.

Após denúncia, os policiais iniciaram as buscas e localizaram o suspeito antes das 8h, em região perto do local onde o crime foi cometido.


Do G1 BA
http://g1.globo.com/bahia/noticia/2012/12/homem-e-morto-em-assalto-porque-so-tinha-r-5-diz-policia-na-bahia.html

Ainda vão matar um (ou mais) do coração . . . afff !!!!!rsrsrsrsrs

KDT, no cinema, assuntando

Um velho fazendeiro mineiro vai ao cinema e o bilheteiro pergunta:
– O que é isso no seu ombro?
– É meu galo de estimação, raça legorn.
– Lamento, senhor, mas não permitimos animais no cinema.
O fazendeiro aparentemente concorda…
Vai ao toalete e enfia o bicho na calça.
Volta, compra o ingresso, entra e senta-se ao lado de duas idosas.
Quando o filme começa, o fazendeiro abre a braguilha para o galo
respirar e o bicho bota o pescoço pra fora, todo feliz.
Uma das idosas cochicha para a outra:
– Acho que o cara ao meu lado é um tarado.
– Por quê? – indagou a outra.
– É que o cara botou o negócio pra fora!
– Ah, não te preocupa, na nossa idade nós já vimos de tudo.
– Eu também pensava a mesma coisa, mas o negócio tá comendo a minha pipoca!

Dia de Santa Bárbara marca ciclo de festas populares

Mila Cordeiro | Ag. A TARDE

  • Maria de Lurdes, baiana de acarajé: “Ofereço o caruru em ação de graças por um pedido alcançado”

Católicos e religiosos do candomblé vão celebrar, nesta terça-feira, 4, o Dia de Santa Bárbara que, na Bahia, é  associada ao orixá Iansã. Há quatro anos com título de patrimônio imaterial da Bahia, o festejo abre o ciclo de festas populares de verão, embora a estação só comece oficialmente no próximo dia  22.

As homenagens começaram sábado passado, com missa na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, no Pelourinho. Este ano, o tema é Santa Bárbara, discípula de Jesus Cristo e protetora da humanidade em tempo de tempestade.

A programação terá o auge nesta ter com a missa campal, às 8h30, celebrada pelo capelão do templo, padre Gabriel dos Santos Filho. Já os religiosos do candomblé vão oferecer caruru em diversos pontos da cidade.

“Juntos a nossa fé fica mais forte, mas eles cultuam uma santa e nós um orixá. A associação feita entre as duas divindades foi no passado, quando os negros não podiam manifestar religião. Hoje, nós separamos uma coisa da outra”, explica a ialorixá Mãe Jacira de Iansã.

Independentemente da crença, o vermelho é a cor do dia. Ele está presente na ornamentação das ruas e nas vestes dos participantes da festa religiosa.
O vermelho simboliza o fogo, e Santa Bárbara também é a padroeira dos bombeiros. No candomblé, Iansã tem sob o poder dela o fogo, os raios e os ventos.

Promessa – Mesmo longe do circuito oficial da festa, a baiana de acarajé Maria de Lurdes Miranda, devota de Santa Bárbara, não deixa de comemorar a data. No tabuleiro dela, no bairro do Imbuí, é oferecido um caruru para cerca de mil pessoas.

Para alimentar tanta gente, os preparativos começam cedo. Lurdinha, como é conhecida, já garantiu seis mil quiabos na panela. Quem passar pelo local na terça está convidado a participar de um banquete completo. Além do caruru, ela serve vatapá, arroz, farofa de azeite, frango e acarajé.

“Faço isso em ação de graças por um pedido alcançado. E ainda é pouco, pois tudo que tenho em minha vida eu agradeço sempre a ela. Não sou nada sem o apoio que recebo dos meus orixás”, disse a baiana, que há 27 anos prepara a iguaria.

Catiane Magalhães

No A TARDE ON LINE

http://atarde.uol.com.br/bahia/materias/1470679





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia