A Fundação Cultural de Ilhéus (Fundaci) publicou o Edital nº 002/2012 de Fomento Setorial para Inscrição em Editais da Secretaria Estadual de Cultura por artistas e grupos do município de Ilhéus. O objeto da seleção, segundo o presidente da Fundaci, Maurício Corso, é selecionar de uma forma transparente e democrática propostas que desenvolvam atividades artísticas a serem realizadas em 2013 na cidade de Ilhéus, contemplando artistas e produtores locais, sem tema específico e nas diversas áreas de expressão artística, sendo priorizadas aquelas oriundas e/ou realizadas em benefício de populações com menor acesso a produtos culturais e que privilegiem a diversidade cultural. Poderão ser inscritas propostas em todas as Câmaras Temáticas e serão selecionadas até vinte inscrições nesta chamada.

Os interessados devem se apressar, pois as inscrições desta chamada estarão abertas até esta quarta-feira (19), data que será iniciada a consultoria em Elaboração de Projetos Culturais e será realizada a oficina prática. As inscrições deverão ser feitas exclusivamente na sede da Fundação Cultural de Ilhéus, situada na rua Jorge Amado, 21 – Centro – Ilhéus. O cronograma de ações dos projetos deve se iniciar a partir de 31 de maio de 2013. As propostas devem ser apresentadas em forma de pré-projeto, com uma ideia pré-concebida do que se deseja realizar. As pessoas que buscam um crescimento pessoal e profissional devem se inscrever, ampliando assim a vida cultural da cidade.

O total de recursos disponíveis para este edital é de R$ 8.150,00, que serão investidos em facilitadores de projetos culturais, digitadores, designs, materiais de custeio e material permanente que auxiliarão na elaboração de todos os projetos. “É a primeira vez que uma Fundação Cultural do interior da Bahia, além de capacitar e formar pessoas que tenham o conhecimento de como colocar o seu projeto em formato e linguagem de edital, garante também a oportunidade de ter uma consultoria especializada e concorrer, a partir de 2012, com mais qualidade, competência e profissionalismo aos editais públicos no campo cultural. E tudo isso sem nenhum custo”, afirma Maurício Corso que, em sintonia com o Conselho Municipal de Cultura, atende a uma antiga demanda da sociedade civil.

O lançamento dos primeiros Editais de Fomento à Cultura pela Fundação Cultural de Ilhéus foi uma atitude inovadora na região e têm apresentado novas possibilidades para artistas e produtores culturais de todo território, especialmente os que oferecem livre acesso à cultura e ressaltam a diversidade cultural. Dominando esta prática, os produtores culturais realizarão cada vez mais projetos estruturantes e consequentemente ocorrerá um movimento crescente na cultura da cidade, beneficiando milhares de pessoas. O edital é um mecanismo criado para uma nova realidade, que valoriza e insere profissionais na agenda cultural da cidade e atende a necessidade de desenvolvimento cultural da população. Ele representa um avanço da gestão cultural do Município que se sustenta no respeito à diversidade, no fomento à cultura e no estímulo à produção e circulação cultural. Essa dinâmica toda se expressa na intensa agenda cultural do Município.