É com grande pesar que o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) decreta luto oficial de três dias devido ao falecimento do ciclista paralímpico João Alberto Schwindt Filho, 35 anos. Um acidente de moto na manhã desta quinta-feira, 27, em Corumbá (GO), interrompeu a vida do atleta que representou o Brasil em Mundiais, nos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara 2011 e nos Jogos Paralímpicos de Londres 2012.

“João era um atleta bastante comprometido com o esporte, esforçado e uma grande esperança de medalhas na modalidade. Estamos bastante tristes com esta fatalidade”, disse o diretor técnico do CPB, Edilson Alves Tubiba.

Nascido em Brasília, João sofreu um atropelamento aos 14 anos, que lesionou parte da medula espinhal e prejudicou os movimentos do seu braço direito. Em 2007 começou a competir no Ciclismo na classe C5 e conquistou diversos títulos para o País, entre eles uma medalha de ouro e uma de bronze no Parapan de Guadalajara e, por último, o quarto lugar nas Paralimpíadas de Londres. No último dia 19, no Rio de Janeiro, foi eleito o Melhor Atleta na modalidade em 2012, pelo Prêmio Paralímpicos, promovido pelo CPB.

Assessoria de Imprensa do Comitê Paralímpico Brasileiro