WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa secom bahia


junho 2020
D S T Q Q S S
« maio    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  






:: 2012

Rolando no face …

rolando


Enviada por Marcelo Ribeiro.

Prefeitura Municipal de Ilhéus

CAPA
“Gigante dos Mares” aporta em Ilhéus e comandante recebe homenagens
Realizada em Ilhéus a última etapa do Programa Nutrir, Cuidar e Saber
Luta feminina de “O Gladiador” está entre as mais esperadas pelo público

:: LEIA MAIS »

Reunião Técnica do Cacau analisa ações contra Monilíase do Cacaueiro

Será encerrada nesta sexta-feira, (14), em Ilhéus, a II Reunião Técnica do Cacau com vistas a elaborar as diretrizes do Programa Internacional de Pesquisa para Prevenção e Controle da Monilíase. Ao final do encontro a expectativa dos participantes é consolidar a colaboração internacional entre Brasil, Equador, Colômbia, Costa Rica e Peru no controle e combate à doença, desenvolvendo uma rede interdisciplinar de pesquisa no Brasil. Todos os esforços pretendem subsidiar a execução de um programa de pesquisas para disseminar conhecimentos e aperfeiçoar métodos de controle da Monilíase.

Representando o Secretário da Agricultura, Eduardo Salles, o Diretor Geral da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), Paulo Emílio Torres, participa do encontro que acontece no Auditório Hélio Reis, Centro de Pesquisas do Cacau-Cepec, Km22 Rodovia Ilhéus-Itabuna, reunindo pesquisadores, professores, técnicos e demais componentes da cadeia produtiva do cacau indicados pela sua relação com a geração de pesquisa, difusão e inovação tecnológica. A doença, causada pelo fungo Moniliophthora roreri, ataca exclusivamente os frutos, danificando as sementes, com reflexos diretos na produção o que a torna uma das mais graves doenças da cacauicultura mundial.

:: LEIA MAIS »

Chega de angústia

* por Tom Coelho

“Ninguém muda ninguém; ninguém muda sozinho;
nós mudamos nos encontros.”
(Roberto Crema)

Eu poderia desejar-lhe um tradicional “Feliz Natal”, mas isso garantiria não mais do que dois dias de felicidade. Já votos protocolares de “Boas Festas” se estenderiam por apenas uma semana. Por isso, quero desejar a você algo capaz de perdurar por todo um ano: chega de angústia!

Ansiedade e angústia tornaram-se companheiros indesejados. A ansiedade representa um estado de impaciência, de inquietação, um desejo recôndito de antecipar uma decisão, de abreviar uma resposta, de aplacar expectativas.

A angústia é uma sensação de desconforto, um mal-estar físico que oprime a garganta, comprime o diafragma, acelera o pulso, e um mal-estar psíquico que aflige, agoniza, atormenta.

A ansiedade é um tempo que não chega; a angústia, um tempo que não vai embora.

Amantes que aguardam pelo encontro é ansiedade; relacionamentos desgastados que não terminam é angústia. O prenúncio do final de semana para um pai divorciado é ansiedade; a despedida dos filhos no domingo é angústia. A espera pelo resultado de um concurso é ansiedade; ter seu nome classificado em uma lista de espera é angústia. A expectativa do primeiro dia de trabalho é ansiedade; o fim do expediente que demora é angústia.

Ficamos angustiados por opção, por força de nossas próprias escolhas, por causa de coisas e pessoas. Assumimos compromissos financeiros que não podemos saldar, adquirimos bens pelos quais não podemos pagar. Tudo em busca de status. Compramos o que não precisamos, com o dinheiro que não temos, para mostrar a quem não gostamos uma pessoa que não somos. O ato da compra é sublime e fugaz. A obrigação decorrente é amarga e duradoura. E angustiante.

:: LEIA MAIS »

PRATO DA SEXTA-FEIRA: Fatada

Com antecedência e porque o mês é de festas e de comer água, o nosso prato da sexta-feira no Boteco do Quibe vai ser uma suculenta fatada, inclusive os ingredientes já estão sendo preparados.
Bucho, livro, casa de abelha, mocotó, carne seca, calabresa, pirão, (farinha de Cobra) molho lambão e a presença da gostosa Boêmia ao ponto, servida em taças da diretoria.
O prato é meio pesado para o verão, mas o que vale é a gente fazer aquilo que gosta e com prazer.
Antes do dia fatal, veio-me à lembrança o silêncio dos mortais, ou seja, dos nossos edis, que reina no palácio do povo.
No meio dessa safadeza toda, quando os servidores estão vivendo meses de angústia e apreensão, centenas de contratados foram demitidos, aí inclusos muitas professoras, sem sequer receber os salários que tinham direito, os nossos briosos edis estão calados, claro, com certeza estão com os honorários garantidos.
Dou um doce a quem responder a esta pergunta: porque Val foi cassado pela câmara? Façam um esforço para dar a resposta certa, dou uma dica, começa com a letra duodécimo.
Pois é! Alguns foram reeleitos, outros desistiram de ser, outros perderam e outros estão iniciando sua vida parlamentar.
Prefeitura em bancarrota, salários atrasados, lixo espalhado por toda a cidade, Natal sem enfeite e sem graça, nenhuma obra para compor o painel de realizações e os nossos edis calados, alguns de barriga cheia.
Segundo se comenta nos becos do fuxico os novos dezenove homens de ouro estão com mil projetos na cabeça, ansiosos para começar a dura missão de exaustivos debates nas “sessões diárias” da egrégia câmara de vereadores. Demais né?
E os nossos secretários municipais receberam seus salários? E os assessores, colaboradores e afins receberam o dimdim? E a nossa ativa assessoria de imprensa que não para de divulgar os feitos do alcaide?
Pulando de pau pra galho, a câmara antes de fechar o ano legislativo, deveria como último ato, ofertar uma comenda ao meu amigo que teve a (in) feliz idéia de conceder ao nosso alcaide o título de “relevantes serviços prestados a Ilhéus”, o documento mudaria um pouco de formato, o amigo receberia por “irrelevantes serviços prestados”, era uma maneira de retribuir e constar nos anais do centenário da ACI.
ZÉCARLOS JUNIOR

Grandes nomes da música independente se apresentam nesse fim de semana em Itacaré

ITACARÉ

O Programa Conexão Vivo apresenta, nesse fim de semana (sábado e domingo) em Itacaré, a terceira edição do Festival Stereo Sul, que traz na sua grade de programação alguns dos mais prestigiados nomes da nova música brasileira. As apresentações acontecem na Praia da Tiririca, a partir das 18 horas, com entrada franca.

No sábado, sobem ao palco Karina Buhr (PE) , Lurdez da Luz (SP), Coletivo di Tambor (BA), e um dos grandes destaques do Hip-Hop nacional na atualidade, a banda ilheense OQuadro.

No domingo, as apresentações ficam por conta da banda Scambo (BA), Eddie (PE), Curumin (SP) e a banda local Mago e Ogan Hits (BA)

Além dos shows, o festival também promove debates nos dois dias, com convidados locais e nacionais discutindo os temas: “Plataformas Permanentes Para Circulação Artística”, no sábado (15), e “Comunicação, Redes de Identidade e Produção de Novos Conteúdos”, no domingo (16). Os encontros acontecem na Casa do Boneco, às 16 horas.

CONEXÃO VIVO – Mais de uma centena de projetos musicais de todo o país fazem parte do Programa Conexão Vivo, que reúne shows, festivais independentes, gravação de CDs e DVDs, produção de videoclipes, programas de rádio, oficinas e seminários, compondo uma rede nacional e permanente de atividades culturais, que envolve artistas, gestores e produtores culturais, iniciativas públicas e privadas.

O Conexão Vivo realiza ao longo do ano um circuito próprio de eventos onde toda essa diversidade de ações acontece conjuntamente. Além disso, o programa está presente em muitas das mais importantes iniciativas da cena musical brasileira, seja com o patrocínio de projetos ou parcerias artísticas em eventos de destaque no calendário nacional, e outros festivais independentes.

NO SOPRO DO GONZAGÃO

No sopro do Gonzagão 004_640x480

No Teatro Municipal de Ilhéus nesta noite do dia 13 de dezembro, data do centenário do eterno LUIZ GONZAGA, o velho Lula,aconteceu o imperdível show com o ilheense DANIEL NETO e a companhia dos excelentes músicos Uru Pereira (Fagote), Mário Soares (Violino), Ivan Sacerdote (Clarinete) e Sebastian Notini (Pandeiro).

Uma noite que vai ficar nos anais do nosso teatro.

Daniel Neto é filho dos amigos Edu Neto/Sandra, e atualmente é um dos destaques no meio artístico baiano, despontando como um músico incrivelmente criativo com seu instrumento (sanfona).

Com as dependências do teatro lotado, o grupo fez um show pra ninguém botar defeito, com belíssimos arranjos das músicas consagradas pelo grande Luiz Gonzaga, o nosso Lula.

No sopro do Gonzagão 002_640x480

ZÉCARLOS JUNIOR

RUA ARAÚJO PINHO

Taxistas, comerciantes, comerciários e transeuntes estão convivendo com um
esgoto escorrendo na RUA ARAÚJO PINHO centro da Cidade onde, a passagem é
obrigatória do prefeito, vereadores, secretários e o gerente da embasa.

O esgoto esta transbordando em frente a farmácia e se estende por todo
quarteirão dos dois lados da Rua, o mau cheiro é insuportável.

Vale lembrar (talvez não saibam) que estamos recebendo pessoas de outras
Cidades que vem nos visitar.

CLIQUE PARA AMPLIAR
ESGOTO NA A. PINHOESGOTO A. PINHO II

Paulo Francisco

Olhaí meu AMIGO/IRMÃO ÁLVARO SIMÕES nas antigas

Querido,
Não resistindo vou dividir com nossos amigos/leitores

Quem souber o nome de algum ou alguns é só mandar pra completar o time.

Amigo e irmão pelo saudosismo estou te enviando esta pérola de foto, vale muitas saudades desta equipe de “judocas”……………..

Adivinha quem são????????

ACADEMIA VIGOR
CLIQUE PARA AMPLIAR.

ALGUMAS DICAS:
JOSE ALCIDES, TUTUTA ,PAULINHO BATISTA,EDUARDO SIMOES,ROBERTO SIMOES,HENRIQUE ALMEIDA, EU …. PROF. NILDO ,JOÃO ……..ETC,ETC,ETC………..muita gente vai chorar das lembranças…………


OBS: No momento com dor amena, fraqueza, com náuseas suportáveis………
mas, sem esquecer de nossas elevadas conversas espiritualizadas …………..

Sedir e CAR participam da 12ª Exposição Agropecuária de Entre Rios

A Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e a Secretaria de Desenvolvimento e Integração Regional (Sedir) participam, até o dia 16 deste mês, da 12ª edição da Exposição Agropecuária de Entre Rios. O evento, considerado um dos mais importantes da Bahia, acontece no Parque de Exposições Manoelito Argolo, no município de Entre Rios, a 128 quilômetros de Salvador, e deve reunir milhares de visitantes.

Quem for à exposição este ano vai poder participar de atividades que vão desde a Feira Agropecuária, até a exposição e leilão de animais, com mostra de máquinas, equipamentos e implementos agrícolas. O espaço também vai reunir estandes de várias empresas ligadas ao setor agropecuário nas esferas pública e privada, concessionárias de automóveis e motos, entre outros.

O estande da Sedir/CAR foi organizado para divulgar as ações que vêm contribuindo para o desenvolvimento da agricultura familiar e fortalecimento da comercialização de produtos fabricados por associações comunitárias e cooperativas apoiadas pela empresa.

No local, o visitante pode conhecer as apetitosas iguarias das cooperativas de leite (COODELEITE), mandioca (COOPERMAN), mel (COOPMEL) e cana (COODECANA). A mostra de artesanato das associações também atrai o público.

A Exposição de Entre Rios, evento tradicional da agropecuária baiana, é realizada desde o ano de 1979, e vem valorizando a cultura regional, com atividades que fomentam o desenvolvimento dos municípios.
Nesta edição, o Centenário de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, será comemorado com a celebração da Missa do Vaqueiro e a inauguração do Museu Luiz Gonzaga na Bahia. O evento contará ainda com palestras e shows musicais, que trarão para o público artistas como o cantor Dominguinhos e a Banda A

Jabes discute com a Codeba melhoria da estrutura portuária de Ilhéus

Jabes, em reunião com o presidente da Codeba,  (1)Dando continuidade à agenda de reuniões com representantes do governo estadual, o prefeito eleito de Ilhéus, Jabes Ribeiro (PP), reuniu-se em Salvador com o diretor-presidente da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), José Rebouças, que garantiu empenho para viabilizar os investimentos necessários à melhoria da estrutura portuária do município.

No encontro, Jabes solicitou mais investimentos da Codeba para o Porto do Malhado, incluindo dragagem para permitir a atração de embarcações de maior calado e a recuperação das áreas atingidas pelo assoreamento no litoral norte da cidade (São Miguel e São domingos).

O prefeito eleito garantiu ainda empenho da Codeba para reformar o antigo armazém da zona central. Jabes adianta que o espaço deverá ser utilizado para a instalação de um espaço cultural que fortalecerá o turismo e abrigará importantes equipamentos, como o Memorial da Cultura Negra e o Museu do Cacau.

ai/jr

 

Rolando no face …

fofoqueiro bairro


Enviada por Marcelo Ribeiro





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia