Girando




Busca por Data
maio 2013
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Concurso “Maiores Árvores da Região Sul da Bahia” busca o maior jequitibá para valorizar árvores centenárias

Ação pretende também valorizar o sistema Cacau Cabruca

Convite Concurso Maiores Árvores da Região Sul da Bahia_01

Convite Concurso Maiores Árvores da Região Sul da Bahia_01

O “Programa Árvores da Cabruca” é uma iniciativa do Instituto Cabruca, com apoio da Comissão Executiva do Plano de Lavoura Cacaueira (CEPLAC), Secretaria de Turismo do Estado da Bahia, Ministério Público da Bahia, Instituto Federal Baiano – Uruçuca e TV Mercado do Cacau, com o objetivo de formar produtos ecoturísticos associados a cadeia produtiva do cacau e chocolate, reconhecer e conservar as maiores árvores da região Sul da Bahia.

Neste ano, o Concurso “Maiores Árvores da Região Sul da Bahia”, uma das principais iniciativas do Programa, homenageará o Jequitibá. O lançamento oficial do Concurso será no dia 29 de maio, a partir das 15h, com um “chocolate da tarde”, onde será oferecido uma degustação de chocolates especiais, na Fazenda Yrerê, na Rodovia Jorge Amado, Km 11, Entre Ilhéus e Itabuna.

A partir da análise técnica dos 10 maiores exemplares da espécie em volume total, será escolhido o vencedor, que será contemplado com o prêmio de R$ 20 mil para investir em uma trilha interpretativa de ecoturismo acompanhada de um plano de negócio, projetada por especialista da área de Ecoturismo.

Para o presidente do Instituto Cabruca, Durval Libânio, uma das principais propostas da ação “é valorizar o sistema agroflorestal Cacau Cabruca e a Mata Atlântica no imaginário coletivo do Sul da Bahia, criando identidade e pertencimento”, ressalta. Concorda com esta visão o Superintendente da CEPLAC Bahia, Juvenal Maynart, que acrescenta que esta é nova visão para o Sul da Bahia: criar uma economia plural e diversificada, com a transformação de ativos ambientais em ativos econômicos a partir de uma premissa de sustentabilidade e conservação.

Os objetivos específicos do Concurso são vários, entre eles, destacam-se: identificar as árvores centenárias, ampliar as visitas ao local, estimular o turismo rural e ecológico, a conservação de grandes árvores e incentivar os agricultores que possuem os maiores indivíduos arbóreos presentes em áreas do Sistema Agroflorestal Cacau Cabruca, a conservarem estas árvores como patrimônio cultural, paisagístico e natural do Sul da Bahia.

Neste ano, o Jequitibá foi escolhido, por ser uma das espécies mais tradicionais da região cacaueira do Sul da Bahia, considerado um verdadeiro tesouro entre os produtores. Tradicionalmente, a árvore é encontrada em meio ao cultivo do cacau em sistema Cacau Cabruca, e é uma das preferidas dos cacauicultores para sombrear o cacaueiro.
A ideia dos organizadores é que a cada ano seja escolhida uma nova categoria de árvore, ficando a relação previamente definida como: 2013 Jequitibá; 2014 Pau Brasil; 2015 Vinhático; 2016 Cedro e 2017 Putumuju.

Inscrições e Regulamento:
Podem participar do concurso pessoas físicas, jurídicas e comunidades tradicionais que possuam imóveis, lote de assentamento ou qualquer outra forma que caracterize posse da terra, localizada na região Sul da Bahia. Vale frisar que só poderão concorrer as árvores que estejam localizadas em áreas do sistema agroflorestal Cacau Cabruca.

As inscrições deverão ser realizadas na sede do Instituto Cabruca e nos escritórios locais da CEPLAC mais próximos do seu município ou no site www.cabruca.org.br, onde estarão disponíveis a ficha de inscrição e o regulamento do concurso no período de 30/05/2013 a 31/10/2013.

Premiação:
A premiação acontecerá na primeira quinzena do mês de dezembro, com data e local a serem definidos.


| Postado em Agricultura
| | 2.621 visualizações

One Response to “Concurso “Maiores Árvores da Região Sul da Bahia” busca o maior jequitibá para valorizar árvores centenárias”

  • IDELBRANDO FERNANDES says:

    Ótima iniciativa, para mostrarmos o que temos dentro do sistema cabruca, árvores centenárias, cascatas selvagens, pássaros e plantas que só nós temos.

Deixe seu comentário