A facilidade de observação das indiferenças e os tristes lamentos da população brasileira virou rotina em nosso país! Todas as cidades atravessam fases de tantas indecisões, multidões se lamentando já fazem partes do cotidiano da vida! Falta a maturidade das pessoas que sofrem os malefícios de inúmeras decepções tão previamente programadas pelo mundo inusitado dos políticos. Quando procuramos adquirir alguma coisa não é muito importante fazer uma pesquisa, e porque não fazer analise nas escolhas também nesse sentido!  Ver melhor os benefícios humanos e as reais qualidades dos representantes administrativos de nossa comunidade!

Qual a fórmula ou como que os eleitores poderiam arquitetar para dar um basta nessa desmedida e inconsequente projeção? Inicialmente poderia ter um bom começo praticando sua autodefesa diante das péssimas escolhas. E por que as pessoas escolhem mal os seus representantes em suas comunidades? E assim, muitas pessoas deixariam de dizer: “quem mandou votar nesses homens”! Malandro é malandro, Mané é Mané! Há os que dizem que conversa de malandro não faz curva! Reclamar depois não dará nenhum resultado positivo para consertar o que foi escolhido errado. Pesquise escolhendo certo, erre menos e verifique seu estado emocional, vote pela razão.

A cidade está abandonada, os buracos estão aumentando, as escolas estão sem condições de funcionamentos, a falta de seguranças em vários locais metem medo a muita gente, os transportes coletivos agridem seus usuários pelas desatenções aos seus usuários, principalmente, as pessoas idosas, e seus proprietários estão esquecendo que a população está perdendo a resistência física, e até mental. Está difícil acompanhar essa revoltante marcha agressiva de tantos desenlaces, e muita gente querendo coisas básicas com reais qualidades; e a saúde das pessoas quando será localizada pelo SUS dizendo amém as suas necessidades básicas!

E relatando mais, o transporte coletivo é mais procurado pela classe de pessoas que ganham pelo menos dois salários mínimos. Os preços das passagens aumentam e nada de reforma da frota de veículos, motoristas sempre apressados e dando freios de arrumações, é assim que encontramos muitas pessoas reclamando. Por outro lado a nossa cidade está sempre com as ruas e avenidas mais disputadas, uma das consequências é a maior duração dos deslocamentos! A pressa é uma inimiga da organização nessa hora tão importante para a manutenção da ordem e segurança da nossa população.

Não adianta ninguém criticar políticos e suas administrações, pois eles foram criados pelos próprios eleitores, e o mais importante dessa irresistível façanha de procurar encontrar os meios de consertar tantas coisas que foram projetadas com muitos erros, é entender que produtos das imaginações sem precedência de poucos acertos e muitos desacertos. Então quem foi que escolheu todas essas administrações e malfadados estados de coisas no Brasil?

Seria pedir demais que essa turma que administra o nosso País tenha a consciência de que fomos criados também para transformar o que somos, se algo estiver trazendo desconforto em nossas vidas, que eles, designados representante do povo, façam um favor aos seus munícipes mostrando transparências nas suas atitudes, e no mínimo respeitar a si próprio pela razão da demonstração de honestidade que o ser humano deve ter com as pessoas que depositaram o seu voto de confiança!

Existe outra trajetória que é polêmica e várias são as teorias sobre a origem da vida humana na Terra. A sociedade, em sua evolução, tem passado por momentos de grandes transformações, exigindo cada vez mais dos governantes e de sua equipe de trabalho altivez e honestidade em suas ações, porém, poucos são os políticos que agem dessa natural vontade popular! A satisfação das necessidades da população é o motivo principal da existência de um governo sério, e este deve esforçar-se para atender ao povo que legitimou este poder.

E qual seria o lugar no mundo para uma população encontrar a essência de qualidades de políticas que tragam méritos, sendo matéria de simples acontecimento social, tendo como palco central a origem dos homens de bem. E essa análise é idealizada nos fotos de que no Brasil tem momentos quando uma pessoa encontra coisas que não lhe pertencem nas ruas ou qualquer lugar público e devolve aos seus legítimos donos, são exceções e aparece em manchetes de noticiários de todo país!

Com tantas necessidades de manutenção de assuntos de tão relevante teor de percepção da sabedoria humana, jamais ninguém poderá lamentar que a cidade sempre estivesse cheia de lixo, que os postos médicos não estão servindo aos pobres e necessitados, que não existem assistência social nem medicamentos para a cura dos males físicos e mentais de muitas criaturas humanas, e tantas outras ausências de responsabilidades atribuídas, infelizmente aos péssimos administradores dessa Nação esquecida pela falta de moralidade e ética, pois muita gente perdeu a vergonha e quem quiser que prove ao contrário mostrando novas atitudes respeitando os brasileiros e o Brasil! PENSEM NISSO!!!

Eduardo Afonso – Ilhéus-Bahia