WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


fevereiro 2015
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728






:: 9/fev/2015 . 21:39

PSICOMUNDO <> CARNAVAL E ALGUNS RESULTADOS DA FOLIA (I)

São grandes as participações de blocos que são organizados com trios elétricos oferecendo carros de apoios modernos e equipamentos com bares, sanitários, postos de atendimentos médicos considerados eficientes, e principalmente, uma equipe de segurança com profissionais bem preparados. É assim que as agremiações carnavalescas procuram e devem sempre oferecer numa festa popular altamente difícil de ser segura para banir os maléficos efeitos de insegurança, visando atender ao público nos atos e efeitos para assegurar a tranquilidade das pessoas que estão envolvidas em momentos euforias, evidenciando sempre moderar multidões por estarem desligados de suas preocupações do dia a dia.

No Brasil a alegria das festividades carnavalescas criaram rumos de intensas preocupações entre os foliões, especialmente na Bahia, Terra bastante fluente do carnaval em que foi escolhida pelos grandes acessos de grande massa de brasileiros e estrangeiros vindos de vários os Países do mundo a fim de pular o tradicional carnaval de com aglomeração de muita gente. Surge aí a participações de blocos e sua fantasia para organizar a festa, entretanto, sofrendo preocupações ao setor de segurança com influencia do lado negativo que foi instituído pelos marginais ligados aos crimes de apropriações de objetos alheios e agora o “ABADÁ”, vendido por preços exorbitantes, virou o produto mais valioso para os famigerados ladrões oportunistas perambulando na Capital Baiana.

:: LEIA MAIS »

Luiz Castro em:    DECOLORES

Conversa dos Bichos de Rolando Boldrim

O Zequinha, menino de uns 10 anos de idade, era na fazenda do meu padrinho o que se pode chamar de “charrete boy”. Na cidade tem o motoboy, não tem? Então! Nas fazendas tem – ou tinha naquele tempo, que já vai longe – o charrete boy. O menino que com a charrete do fazendeiro vai buscar as coisas ou as pessoas na cidade.

Pois naquele dia o Zequinha tinha ido buscar na cidade o Padre Antônio, que estava iniciando sua temporada por lá. Era um padre novo e tinha uma particularidade que a gente só ficou sabendo depois desse causinho que tô contando aqui e agora: ele era ventríloquo. Um dom que poucas pessoas possuem que é o de falar sem abrir a boca. Dizem que é uma técnica de emitir os sons pelo estômago. Aliás, um grande ventríloquo que existiu no Brasil foi o pai das cantoras Linda e Dircinha Batista. Chamava – se Batista Junior e se apresentava em circos e teatros. E, de lambuja, era um grande compositor.

Mas, seguindo no causo. O Padre Antônio sobe na charrete com o caipirinha Zequinha, ruma a fazenda do meu padrinho pra rezar uma missa. Logo na saída, o padre pergunta se era longe a tal fazenda, ao que o menino prontamente e muito espertamente lhe responde que levaria uns pares de horas. O que dava pra entender que era longe pra cacete e a viagem ia ser dolorosa ou dolorida para um padre que não estava acostumado a meter a bunda no banco duro de uma charrete velha conduzida por uma eguinha lerda.

:: LEIA MAIS »

Ação social retira lixo de praias de Ilhéus

Com o apoio da prefeitura, grupo de jovens recolheu mais de cem sacos de lixo em trecho do litoral ilheense.

A Prefeitura de Ilhéus, através da Secretaria de Turismo (Setur) e Cultura (Secult), promoveu, em parceria com os jovens do Rotary Internacional, Rotaract e Interact Clube, ação de limpeza de praia, neste domingo, 8 , na zona sul de Ilhéus. O trabalho começou na Cabana Guarani e se estendeu até a altura da Cabana Gabriela. A prefeitura apoiou o ato com a disponibilização de transporte, água, camisetas e cartazes.

Com o tema da campanha “Deixe aqui apenas suas pegadas”, mais de vinte jovens, com idade entre 15 e 20 anos, recolheram, neste percurso, em torno de mais de 70 sacos de material orgânico sólido. O intuito da campanha é promover na comunidade a responsabilidade em manter as praias limpas, diminuindo o impacto ambiental.

O titular da Secult e interino da Setur, Paulo Atto, afirmou que os jovens do Rotaract e Interact deram uma aula de cidadania, em pleno domingo ensolarado. Para Atto, é necessário que este exemplo incentive também adultos e crianças. “Se cada um fizer a sua parte, nós minimizamos o impacto ambiental, já que somos nós, os principais produtores de lixo”, ele ainda afirma que, se cada um seguir o exemplo desses jovens, o município terá um grande ganho no ato de cidadãos de deveres e direitos.

Nova ação – De acordo com Paulo Atto, está programada uma nova limpeza no litoral para o dia 28 de fevereiro. Os organizadores esperam agregar mais grupos ao mutirão, como os integrantes do Projovem e grupos culturais, para reforçar o peso da ação.


Secretaria de Comunicação Social – Secom

Ilhéus encerra temporada do Projeto Seis e Meia nesta terça-feira

A apresentação está marcada para a Praça Pedro Mattos, em frente do Teatro Municipal, com a participação dos cantores Amanda Andrade, Josilto, Agenor Filho, Márcia Alencar, Sérgio Di Ramos, e das bandas Jah Bless e Dr. Imbira.

O Projeto Seis e Meia encerra nesta terça-feira, 10, sua temporada em Ilhéus. A última apresentação está marcada para a Praça Pedro Mattos, em frente ao Teatro Municipal, com a participação dos cantores Amanda Andrade, Josilto, Agenor Filho, Márcia Alencar, Sérgio Di Ramos, além das bandas Jah Bless (cover de Bob Marley e Edson Gomes) e Dr. Imbira (possui em seu repertório músicas de Raul Seixas e da banda O Rappa), que este ano se apresentaram em diversos bairros do município.

Idealizado na primeira gestão do prefeito Jabes Ribeiro, o projeto renasceu em 2014 com novo formato e a proposta de estimular a produção artística musical de Ilhéus. Nesta temporada, agrega diversos ritmos, como MPB, rock, rap, forró e reggae, além de criar espaço para os novos talentos, divulga os valores dos músicos da comunidade.

De acordo com o secretário Paulo Atto, responsável pela promoção do evento, o Projeto Seis e Meia “foi bem recebido pela comunidade e é um sucesso. Além disso, valoriza a produção autoral dos compositores da região. Um dos destaques desta edição foi a presença de muitas famílias. Em clima de nostalgia, os moradores relembraram músicas que fizeram muito sucesso, além de conhecer novos sons criados na região”.

Pelo Projeto “Seis e Meia” já passaram grandes nomes da música local e regional, a exemplo de Letto Nicolau, Edu Netto, Herval Lemos, Délio Santiago, Selma Aguiar, Keketa, Itassucy, Chica de Cidra, Bebeto, Cláudia Moura, Suzy Rodrigues, Reizinho, Jonga Fialho, Lula Armstrong, dentre outros.


Secretaria de Comunicação Social – Secom

Catadores que vão atuar no Carnaval de Salvador terão apoio da Setre

A Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) vai investir recursos da ordem de R$755 mil oriundos do projeto Pró-Catador, em duas redes de cooperativas, para atender a cerca de 1.500 catadores de resíduos sólidos que vão atuar no Carnaval de Salvador.

09 02 2015 Coletiva Carnaval 2015.

09 02 2015 Coletiva Carnaval 2015.


O anúncio foi feito pelo secretário estadual do Trabalho e Esporte, Álvaro Gomes na manhã desta segunda-feira (9), durante o lançamento do Carnaval 2015 pelo Governo do Estado, evento realizado no Hotel Sheraton, com a participação do governador Rui Costa.

De acordo com a Setre, os trabalhadores beneficiados pela ação de inclusão social receberão um “kit” contendo calça, camisa, botas, luvas de PVC e protetores auriculares, além de alimentação, assessoria técnica e deslocamento do material coletado

O material coletado ficará armazenado em sete (7) centrais de apoio que vão funcionar no Politeama, Barra (2), Ondina (2), Largo Dois de Julho e Ladeira da Montanha. Esse apoio aos catadores proporciona novas possibilidades de comercialização, com chances reais de lucro durante o Carnaval.

Cada central de coleta de resíduos sólidos estará equipada com computadores, balanças e prensas, oferecendo condições adequadas para o recebimento dos recicláveis e atendimento aos catadores.

As latas e as garrafas pets coletadas são pesadas nas centrais. O pagamento é realizado no ato da entrega dos resíduos e tem a preocupação de evitar a exploração dos catadores em função da prática de preços muito baixos devido a forte demanda.

“A ação promovida pela Setre também favorece a diminuição do impacto ambiental com a coleta dos resíduos descartados indevidamente durante os festejos”, finaliza.

Ascom Setre
Lício Ferreira

​Nas Rimas do Cordel promove encontro com escritores na Tenda

Depois de ministrar oficinas nos bairros Teotônio Vilela, Nelson Costa e Conquista, o projeto Nas Rimas do Cordel vai realizar um encontro com escritores na Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI). A atividade acontecerá às 19 horas dos próximos dias 10 e 11, em frente ao espaço cultural instalado na Avenida Soares Lopes. A iniciativa é gratuita e aberta ao público interessado no gênero literário popular.
Os cordelistas Gilton Thomaz e Franklin Costa irão apresentar os resultados das atividades realizadas nos bairros ilheenses, com os participantes das oficinas lendo e expondo seus textos. Durante as duas noites, foram convidados escritores regionais consagrados para bate-papo com o público. Já estão confirmadas as presenças de André Rosa Ribeiro, no dia 10, e Sherney Pereira, no dia 11.
O projeto Nas Rimas do Cordel foi realizado ao longo do mês de janeiro deste ano. Coordenada por Gilton Thomaz, a iniciativa gratuita oferecia aulas práticas e teóricas sobre literatura de cordel. Franklin Costa foi responsável por conduzir as atividades, que contaram com o apoio de lideranças comunitárias. As capas dos livretos foram ilustradas por Mário Costa, que criou os desenhos a partir de sugestões dos autores. A iniciativa é financiada pelo Fundo de Cultura da Bahia, através do edital de Culturas Populares.

Alfredo Amorim da Silveira

CONTRA FOTO 09 02 2015

COLETA SELETIVA PARADA POR FALTA DE TRANSPORTE.

Todos os pontos de grandes geradores de resíduos sólidos e os PEVs (Ponto de Entrega Voluntária) estão sem recolher por falta do transporte que é da responsabilidade da prefeitura, segundo informação da Presidenta da Cooperativa de Agentes Ambientais Deizemeire Souza

Seletiva

Seletiva


Odailson Lelis Aranha

I L U M I N A Ç Ã O

Os moradores da Rua Ana Nery estão convivendo com a escuridão e insegurança devido a falta de iluminação nesta via que, além de ser uma área residencial na  sua maioria, também existem pontos comerciais, fábrica e igreja.

RUA ANA NERY

RUA ANA NERY

Como chegar nesta Rua: 
Saindo da Praça Cairú sentido Pontal na Rua Maria Quitéria, no semáforo  do cruzamento que dá acesso ao Terminal Urbano vira à direita, pronto…  já está na Rua Ana Nery, é o segundo poste de número A-35604.
Paulo Carvalho.

Governo lança site de Carnaval integrado com as mídias sociais

O site de Carnaval do Governo da Bahia já está no ar. Através do endereço www.carnaval.bahia.com.br, os cidadãos (foliões), turistas e a imprensa podem acessar informações e conteúdos produzidos pela comunicação do Estado durante o evento. O governador Rui Costa fez o primeiro acesso ao site na manhã desta segunda-feira (9), durante coletiva de imprensa sobre o Carnaval, no Hotel Sheraton.

Governador_Site_by Manu Dias/GOVBA

Governador_Site_by Manu Dias/GOVBA

Na página especial, podem ser encontrados dados referentes a serviços prestados, programação cultural, banco de pautas, campanhas, notícias, fotos, entre outros. Todo o conteúdo segmentado por áreas do Governo (secretarias) está integrado com as mídias sociais.

Cada secretaria envolvida com o evento possui página interna customizada no site, com informações de seus serviços, notícias, campanhas, perfis em redes sociais e contato das assessorias de comunicação. “Foi um trabalho produzido de forma integrada com todas as secretarias envolvidas com o Carnaval. E, como possuem perfis em redes sociais, foi ainda mais fácil criar um site interativo”, afirma Lívia Cortizo, coordenadora de Internet da Secretaria Estadual de Comunicação Social (Secom).

Ainda segundo a coordenadora, a segmentação por área (secretarias), tem um caráter educativo e permeia em toda a comunicação digital do Governo da Bahia, incluindo a interação com o cidadão. “O objetivo é facilitar o entendimento do cidadão em relação às ações e responsabilidades de cada pasta na gestão ‘do todo’. Essa compreensão é importante e necessária para ampliar seu conhecimento em relação à estrutura do Estado, gerar ainda mais interesse pelas ações governamentais, e facilitar sua comunicação com o Poder Executivo, de acordo com temas de seu interesse”, diz.

Através do site, também é possível acompanhar a programação da TVE, ao vivo, e visualizar a galeria de fotos do espaço Você na Folia, reunião de publicações nos perfis oficiais do Turismo e Governo da Bahia na rede Instagram. Durante o Carnaval, fotos dos foliões que utilizarem as hashtags oficiais do governo no evento, #CarnavalDaBahia e #AxéPraVocê poderão ser publicadas nessas redes.

O site também possui acesso para a imprensa, com sugestões de pautas, fotos e contato dos assessores, por secretarias.

Secom  – Secretaria de Comunicação Social – Governo da Bahia

SUCESSO TOTAL NA CAMPANHA DE CADASTRO DE DOADORES DE MEDULA ÓSSEA EM ILHÉUS

Neste último domingo, 8 de fevereiro do ano de 2015, o dia terminou mais alegre e esperançoso na cidade de Ilhéus. Totalizando um número de 3681 cadastros, a campanha de doadores de medula óssea foi encerrada com sucesso!

Domingo_ 08 02 2015

Domingo_ 08 02 2015

Após três dias árduos de campanha, que se iniciavam antes das 7 horas da manhã e se encerravam após as 18 horas, uma equipe excepcional de voluntários, somando em média 150 a 200 pessoas, trabalhou arduamente para que a meta inicial fosse alcançada, esta estabelecida em um número de 3 mil cadastros.

Para que acontecesse a tão esperada campanha na cidade, já que esta não possui um centro técnico responsável que faça o cadastro, foi enviada uma lista com mais de 1 mil assinaturas para a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) provando o quanto o evento seria bem acolhido pela população. E foi exatamente isso que aconteceu!

Em geral, obtivemos números crescentes de possíveis doadores de medula óssea, sendo eles: no primeiro dia 06/02 um total de 1189, no segundo 07/02 um total de 1252, e no terceiro, e último, 08/02 um total de 1260. Sendo pessoas de diversas autoridades e de grupos sociais, sempre demonstrando enorme solidariedade e felicidade por estarem alí!

Cabe ressaltar que o cadastramento é só o primeiro passo! É preenchido um formulário com dados pessoais e depois coletado uma amostra de sangue com 4ml para testes. Estes testes determinam as características genéticas que são necessárias para a compatibilidade entre o doador e o paciente. Os dados pessoais e os resultados dos testes são armazenados em um sistema informatizado que realiza o cruzamento com dados dos pacientes que estão necessitando de um transplante. Em caso de compatibilidade com um paciente, o doador é então chamado para exames complementares e para realizar a doação. Sendo que a decisão final é do doador em questão!

Agradece-se imensamente à diretoria local pelo esforço para fazer deste sonho uma realidade; à Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus e Itabuna; à Secretaria de Saúde de Ilhéus; ao Hospital Geral Luiz Viana Filho e ao órgão técnico responsável, HEMOBA.

Tudo seria muito simples e fácil, se não fosse o problema da compatibilidade entre as células do doador e do receptor. A chance de encontrar uma medula compatível é, em média, de uma em cem mil! Por isso a importância e o empenho que foi realizada a admirável campanha na cidade.

A campanha foi um total sucesso, mostrando que a população se mobiliza quando o assunto é salvar vidas. Enfim, só resta uma palavra: GRATIDÃO!

Luiza Albuquerque
Voluntária

Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea emite parecer sobre o armazenamento de sangue de cordão umbilical

Entidade defende que sejam esclarecidos os pontos referentes ao congelamento de forma a apoiar as famílias na hora da escolha e não incitar uma atitude motivada por argumentos insólitos

Reservar células-tronco de sangue de cordão umbilical em instituições privadas para uso particular pode representar uma prática inútil. A informação é da Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea (SBTMO). Não existem, até o momento, evidências que justifiquem o investimento de recursos para preservar o cordão umbilical de crianças para o futuro da própria ou de familiares.

O congelamento do material tem se tornado frequente no Brasil e reúne adeptos de diferentes categorias da sociedade, em especial, personalidades da mídia, o que acaba muitas vezes a remeter à desinformação quanto às possibilidades terapêuticas do sangue de cordão umbilical para fins privados.

Até o momento, com as evidências existentes, não há razão para que um determinado cordão fique reservado apenas a seu dono ou família, já que apenas 4% do inventário de um banco de sangue de cordão umbilical serão efetivamente utilizados. Com o tempo, inclusive, o produto pode se deteriorar.

Do ponto de vista científico, não foi ainda definida a importância das células-tronco de cordão na medicina regenerativa, pois as células-tronco adultas, disponíveis em todos nós, parecem ser igualmente eficientes. Assim, não se justificam os congelamentos alardeados pelo setor privado.

Células-tronco mesenquimais são um tipo particular de células-tronco, de produção relativamente simples e barata, presente em quase todos os órgãos e tecidos do nosso corpo e na “parede” do cordão umbilical. Estas últimas parecem ter propriedades superiores e vantagem na regeneração tecidual. Alguns bancos de sangue de cordão umbilical privados do centro do país estão incluindo no “cardápio de possibilidades”, oferecido em folhetos de marketing, a possibilidade de também congelar o cordão além das suas células.

Nos EUA, há evidências de que transplantes realizados com cordão de bancos privados têm resultados significativamente piore dos que os públicos, possivelmente porque nos primeiros as condições de coleta, embalagem, congelamento e armazenamento são inferiores e heterogêneas. Em alguns países da Europa, porém, a prática é proibida devido a questões referentes à bioética.

No Brasil, em caso de indicativo para transplante de sangue de cordão umbilical há a opção de recorrer à Rede de Bancos de Sangue de Cordão Umbilical Públicos do que possuem extenso registro de doadores e representam uma chance real e ampliada de encontrar um doador compatível para o transplante. Ainda não há no País uma lei que coíba e, mesmo, regulamente a prática de serviços privados. Recentemente a Anvisa lançou uma cartilha de esclarecimento que pode ser referência de informações àqueles que tenham interesse pelo assunto.

A SBTMO defende que sejam esclarecidos os pontos referentes ao armazenamento de sangue de cordão de forma a apoiar as famílias na hora da escolha e não incitar uma atitude motivada por argumentos insólitos.

Diretoria da Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea (SBTMO)
www.sbtmo.org.br





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia