WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia embasa embasa secom bahia secom bahia secom bahia


outubro 2015
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031






:: 26/out/2015 . 19:28

Prefeitura quer organizar uso da Praia do Cristo, no centro de Ilhéus

O processo de organização inclui a regularização do uso do solo, a formalização dos vendedores em empreendedores individuais e a aquisição de barracas e banheiros químicos.

Praia do Cristo by Gidelzo Silva

Com o objetivo de qualificar um dos mais importantes espaços turísticos do município, a Secretaria de Indústria e Comércio (Sedic) iniciou uma série de ações com o objetivo de organizar e padronizar os pontos de venda de comidas e bebidas e o uso, de modo geral, da Praia do Cristo, no centro da cidade. O local é bastante freqüentado por moradores da área central, dos bairros Princesa Isabel e da Conquista, entre outros, e também por muitos turistas.

Conforme o titular da Sedic, Roberto Garcia, atuam na Praia do Cristo, cerca de 33 vendedores de bebidas e 22 de produtos alimentícios. Ele também ressalta que o espaço é também muito utilizado para a prática de esportes náuticos, como o stand up, remo, caiaque, iatismo, natação e Jet ski.

:: LEIA MAIS »

Dia D do Outubro Rosa atendeu cerca de 700 mulheres em Ilhéus

Além dos serviços médicos, o mutirão do Dia D do Outubro Rosa contou também com aulas de zumba, alongamentos físicos, sessões de massagens e espaço dedicado à maquiagem

Mutirão de saúde marcou o Dia D do Outubro Rosa em Ilhéus-foto Gidelzo Silva 23.10

Mutirão de saúde marcou o Dia D do Outubro Rosa em Ilhéus-foto Gidelzo Silva 23.10

Realizado na última sexta-feira, 23, o mutirão de saúde que marcou o Dia D do Outubro Rosa, em Ilhéus, reuniu cerca de 1500 pessoas, oferecendo atendimento médico, massagens, aulas de dança, exercícios físicos e maquiagem para cerca de 700 mulheres, totalizando 1.200 procedimentos durante todo o dia. De acordo com o secretário de Saúde do município, Antonio Ocké, a iniciativa foi de grande sucesso e, “sem dúvida, cumpriu a missão de alertar as mulheres sobre a importância de prevenir o câncer de mama”.

Durante o mutirão, na estrutura montada na Avenida Soares Lopes, a Secretaria de Saúde disponibilizou atendimentos com médicos especialistas em ginecologia, mastologia, marcação de consultas odontológicas, realizou e agendou exames preventivos ginecológicos, clínicos das mamas e testes rápidos para detecção de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST).

Na opinião da dona de casa Nilza Santos, o mutirão foi “uma atitude muita boa, pois facilitou o acesso aos serviços, já que nem sempre tempo de ir aos postos e hospitais. Já saí daqui com o exame de mamografia marcado, assim como outras mulheres, e nem vou esperar muito”.

Além dos serviços médicos, o mutirão do Dia D do Outubro Rosa contou também com aulas de zumba, alongamentos físicos, sessões de massagens e espaço dedicado à maquiagem. De acordo com a coordenadora do setor de Atenção Básica da Sesau, Bárbara Magalhães, esse trabalho busca aumentar a autoestima da mulher, “trabalhando seu íntimo, para além dos cuidados com a saúde”.

Bairros – As atividades do Outubro Rosa em Ilhéus foram iniciadas na primeira semana deste mês e têm ocorrido nas unidades de saúde localizadas nos bairros, com palestras sobre os cuidados com a saúde da mulher, exames de detecção do câncer. Comunidades como o Teotônio Vilela, Ilhéus II, Nossa Senhora da Vitória já receberam a programação especial.

Secretaria de Comunicação Social – Secom

Luiz Castro em: DECOLORES

CORRUPÇÃO MALIGNA E DESTRUIDORA QUE ESTAMOS VENDO

Eis que chega a corrupção maldita que não arrefece, mas desdita. Surge voraz, dilacerando corações sofredores. Eis que chega fagueira e sem rumores, para corruptos e corruptores, sem dores. Estende as mãos não para o carinho, mas para encher os ”bolsinhos” e as contas bancárias já permeadas pela ambição, pelo egoísmo e a desventura. Não para afagar a criança, a mãe, o idoso e sim para locupletar os insanos patrimônios. Os que se vestem simples não tem voz e vez, no entanto ela não tem humildade, apenas maldade, selada nos corações da maioria dos políticos, verdadeiros demônios em forma de gente. Não mora aqui… Nem ali… Ela está em todo lugar a afanar os cofres públicos da nação.

Meu irmão o que será de nós brasileiros? Fecha as portas de tua alma para impedi-la de entrar em teu recinto, nem amanhã nem hoje, e sim aqui e agora! Ela é maligna, é uma doença virótica tenaz, pois de tudo é capaz. Para os inocentes e os incautos uma pergunta se faz. Quem é ela? Onde se oculta essa peste que desonra e não enternece e nem consola! Não é esmola é furto e dos maiores, visto que causa dores e horrores ante a condição humana. A corrupção é impura ela afana, pois o que a mão direita dá a esquerda não vê. Se todos nós somos vítimas dessa dolorosa situação, o que fazer para acabarmos com essa tal corrupção?

Se a justiça é branda e a pena pequena, resta apelar para Deus, mesmo sem o aval dos ateus. As mãos generosas retiram espinhos doridos e ameniza o castigo de quem não merece. De toga ou sem toga teremos que fazer justiça, não com as próprias mãos, mas com nossos votos em época de eleição. Já não me lembro de um natal feliz… Vejo crianças a sofrerem com fome e a barriga clamando por alimentos, vejo idosos abandonados, pedintes nas ruas aumentando com a pobreza, é uma tristeza que não tem fim.

O Natal nos faz lembrar alegria no roçado, pó de milho, queijo fresco misturado com melado, hoje a farinha com carne seca faz a festa, pois é o que resta para os irmãos nordestinos, vítimas da seca e da estiagem. O calor, o sol inclemente maltrata a gente sem só e piedade, qual será o nosso pecado? O Padre dizia a missa.

E se adorava o Deus – Menino, a festa era outra, com todos cantando o hino, hoje as carpideiras mulheres mercenárias entoam o canto fúnebre de mais um ser humano que morre de fome e sem o amparo das autoridades insanas, amnésicas, e dos Direitos Humanos que são verdadeiros insanos, carcomanos, carunchos das ruínas, visto que, a investidura tem outra destinação, esquecem o cidadão e vão aliar-se ao hominal que anula o bem e se irmana ao mal.

Colaboração de Luiz Castro

Bacharel Administração de Empresa – Aposentado Sofredor

Ilhéus em Ação transforma ponto de entulho em jardim no bairro Teotônio Vilela

Desde o dia 13 desse mês, os serviços beneficiam a comunidade. Um dos pontos mais críticos, logo na entrada do bairro, que costumava servir para descarte de lixo e entulho, passou por um trabalho de paisagismo, dando um novo aspecto ao local 

Ilhéus em Ação transforma área antes usada como lixão em jardim no Teotônio Viela - foto Gidelzo Silva Secom Ilhéus.

Ilhéus em Ação transforma área antes usada como lixão em jardim no Teotônio Viela – foto Gidelzo Silva Secom Ilhéus.

O Teotônio Vilela, bairro localizado na zona oeste e considerado um dos mais populosos do município, já está sendo beneficiado pela Operação “Ilhéus em Ação”, programa voltado para o processo de reorganização do município. Na última semana, o trabalho transformou um ponto de descarte de lixo e entulho, na entrada da comunidade, às margens da BR-415, em um jardim, dando um novo aspecto ao local.

De acordo com o secretário de Serviços Urbanos, César Benevides, o serviço paisagístico realizado naquela área, “além de embelezar aquele trecho, também servirá para inibir que as pessoas continuem depositando lixo no local”. Iniciadas no último dia 13, as intervenções no bairro contam com o trabalho de 40 operários e incluem roçagem, capinagem, tapa-buracos, remoção de entulhos, limpeza de meios-fios e melhorias no sistema de iluminação pública.

Benevides salienta que, no âmbito da Operação “Ilhéus em Ação”, programa lançado pelo prefeito Jabes Ribeiro e coordenado pelo vice, Carlos Machado (Cacá), a população do Teotônio Vilela será favorecida, ainda, com a manutenção das praças locais. “Faremos todos os esforços possíveis para melhorar, cada vez mais, o dia a dia daquela comunidade. Nunca é demais lembrar que praticamente tudo de bom que existe neste bairro executado pelo Poder Público foi realizado pelo prefeito Jabes Ribeiro”, destaca o secretário.

Etapas – De acordo com o vice-prefeito Cacá, o trabalho no Vilela vem sendo realizado por etapas. “Primeiro, estamos retirando entulho, capinando, desfazendo pontos viciados de lixo. Na segunda fase, entraremos com um trabalho mais pesado, como manutenção da iluminação pública, operação tapa-buracos e revitalização do asfaltamento e pontos diversos da comunidade”.

Secretaria de Comunicação Social – Secom.

Seagri alerta para riscos de pragas na importação do cacau

Visando assegurar a proteção fitossanitária da agropecuária baiana, a Secretaria da Agricultura da Bahia (Seagri), através de sua Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), alerta para os riscos da importação de cacau via Porto de Ilhéus. Por se tratar da principal região produtora de cacau, o risco de introdução e estabelecimento de pragas exóticas nas lavouras baianas é eminente. As ameaças estão expressas na nota técnica apresentada durante o debate sobre a cacauicultura na Bahia, promovido pela Comissão de Agricultura e Política Rural da Assembleia Legislativa (Alba), presidida pelo deputado Vitor Bonfim. O relatório foi produzido pela comissão técnica constituída pela Adab, e formada pelos nove órgãos ligados à cultura do cacau na região, além de representantes dos produtores e do Ministério Público (MP), e será encaminhada ao Ministério da Agricultura (Mapa).
A nota técnica aponta para o risco de introdução de pragas como a Striga spp, Trogoderma granarium e uma espécie de Podridão-parda, que não existem nas plantações brasileiras. “A Striga spp., por exemplo, mais conhecida como ‘erva bruxa’, possui grande potencial de devastação em diversas culturas, com significativa importância econômica para o País, como cana-de-açucar, milho, trigo, café, entre outros. A ameaça de disseminação da Striga na região do Litoral Sul da Bahia é ainda maior, já que possui condições edafoclimáticas favoráveis à proliferação dessa praga em todo o território”, explica a coordenadora do Programa de Prevenção à Monilíase da Adab, Catarina Matos Sobrinho.
A revisão dos Atos Normativos sobre Análise de Riscos de Pragas (ARPs); a mudança do ponto de entrada no Brasil das importações para locais onde não exista o cultivo de cacaueiros, com infraestrutura quarentenária adequada; controle da entrada e trânsito de sacarias e realização de estudos para desenvolvimento de produto que substitua o brometo de metila em tratamentos quarentenários. Essas foram algumas das deliberações necessárias apontadas pelo comitê no relatório.
Ficou acordada na reunião da Alba, a formação do Grupo de Apoio ao Cacau na Comissão de Agricultura da Alba, coordenado pelos deputados Pedro Tavares, Eduardo Salles e Aderbal Caldas. A revisão do Drawback (importação de insumos para reexportação com isenção de impostos) e endividamento e disponibilização de crédito novo para os cacauicultores baianos, também são pontos cruciais, que fazem parte das necessidades reivindicadas pelos produtores de cacau.
Ascom Seagri – 26 de outubro de 2015

A EMBASA PIROU DE VEZ

Há quase vinte anos foi a mesma cisma: implicaram que gastávamos pouca água e chegaram a quebrar o passeio para conferir não termos gato. Pois era só economia e racionalidade no uso que fazíamos da água, mesmo lavando dois carros. A Dona da Casa, na época, vinha de uma região árida onde não se escovava dentes ou se ensaboava com a torneira aberta.

Há algumas semanas me aparace à porta um gentil pesquisador da EMBASA com a mesma questão: porquê eu gastava tão pouca água? quantas pessoas viviam no meu imóvel? Em atenção ao pesquisador, respondi às indagações. O ensinei da possibilidade de se tomar banho com um balde no chão do box, entre as pernas, para recolher água usada a ser reusada no vaso. Essa era apenas uma das minhas muitas artimanhas para me solidarizar com os muitos brasileiros que não tem água nem para um banho tapeado.

Tenho um pequeno imóvel, em Olivença, fechado e pouco visitado por mim. Fui à EMBASA pedir que me mandassem as suas contas mensais para o meu endereço residencial, no Pontal. “Faça uma petição “à própria mão”, autorizando a cobrança de um valor extra para os Correios lhe entregarem esta conta especial”. Redigi e assinei. Quando me chega a conta, no padrão gráfico normal da empresa, vejo o valor cobrado pelo consumo de água de um imóvel fechado: R$ 450! Não me assustei, pois logo percebi ser um erro. Logo depois, uma carta, um telefonema (!) de desculpas e um novo boleto de cobrança: R$ 50. Melhorou, mas ainda está fora da realidade.

Se a EMBSSA me cobra extra só para acrescentar um segundo endereço na conta normal, gasta o tempo da gentil funcionária e  papel para se desculpar, além do novo boleto com o valor corrigido, a empresa está realmente desperdiçando esforços às custas do cidadão.

Tome um bom rumo, EMBASA, e liberem logo água para o meu tanque de 1000 l. que anda seco há vários dias, aqui num segundo andar da Praça São João.

Guilherme Albagli de Almeira

MENSAGEM DA SEMANA

Caros amigos e amigas,

 A BELEZA

 A beleza transitória da matéria passa depressa.

Procure sondar a beleza interna das pessoas com quem convive.

Há flores belíssimas e perfumadas, que só duram poucas horas.

No entanto, apesar de feias, as pedras duram milênios, realizando suas tarefas.

Não seja, pois, leviano.

Não prefira o efêmero ao eterno, a beleza à sabedoria.

Firme-se no que dura para sempre, que é o Espírito imortal, nosso verdadeiro EU, e não no que cedo desaparece. (C.Torres Pastorino)

Que todos tenham uma semana de PAZ e LUZ, repleta de SAÚDE e a BENÇÃO misericordiosa de DEUS, que é um Pai de infinita bondade e amor.

 ZÉCARLOS JUNIOR

 

 





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia