WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia embasa embasa secom bahia secom bahia secom bahia


outubro 2015
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031






:: 27/out/2015 . 19:09

Isenção de vistos é tema de encontro com embaixadora dos EUA

A reunião teve como objetivo criar estratégias para estimular a visita de turistas norte-americanos ao Brasil

Embaixadora dos Estados Unidos no Brasil, Liliana Ayald, em conversa com o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves. Crédito: Paulino Menezes

 Por Geraldo Gurgel

A liberação de vistos durante os jogos olímpicos e paralímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, e o estímulo turístico aos parques nacionais do país foram os principais temas abordados entre o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves; e a embaixadora dos Estados Unidos no Brasil, Liliana Ayalde. O encontro aconteceu nesta terça-feira (27), em Brasília, e foi acompanhado pelo vice-cônsul da embaixada, John Ballard.
A isenção de vistos durante os jogos, se aprovada, beneficia os Estados Unidos, o Canadá, o Japão e a Austrália. A medida pode ser votada no Senado ainda esta semana e segue para a sanção presidencial. Pelo texto, a portaria interministerial assinada pelos ministérios das Relações Exteriores, Justiça e Turismo, pode eximir da obrigatoriedade de vistos em caráter excepcional e unilateralmente países considerados estratégicos. O prazo experimental da medida é de quatro meses a partir de junho para estadas de até 90 dias.

Segundo a embaixadora são esperados 200 mil americanos durante a Olimpíada. Na Copa do Mundo de 2014, 90 mil americanos vieram ao Brasil. O ministro Henrique Eduardo Alves acredita que a liberação do visto possa ampliar em 20% a entrada de turistas oriundos de países onde, atualmente, há obrigatoriedade de se obter o visto em consulados brasileiros nos países de origem.

Atualmente os americanos são os turistas que mais tempo ficam no Brasil e os que mais gastam durante a viagem. No último ano, 600 mil turistas dos Estados Unidos vieram ao Brasil. No entanto, atualmente, são apenas sete consulados brasileiros aptos a atender a demanda americana por vistos nos Estados Unidos, além da embaixada, em Washington.

Liliana Ayalde disse que disponibilizará todos os canais existentes, no Brasil e nos Estados Unidos, para que os americanos tomem conhecimento das facilidades propostas pelo Brasil. “Para nós, procurar formas de facilitar o intercâmbio dos americanos viajarem ao Brasil e dos brasileiros viajarem aos Estados Unidos é uma prioridade”, afirmou.

“É uma oportunidade maravilhosa para os nossos cidadãos conhecerem mais o país. Não somente o que vai ser a experiência dos Jogos, mas também de conhecer o Brasil mais, viajar e aproveitar sua estada aqui para conhecer os mais diferentes pontos do país. Então, nesse sentido, acho que a reunião foi muito positiva”, disse Liliana.

Também foi debatido o potencial dos parques nacionais brasileiros. Os Estados Unidos, terceiro do mundo em recursos naturais, atrás de Brasil e Austrália, de acordo com o Fórum Econômico Mundial, registra mais de 282 milhões de visitantes nos parques administrados pelo National Park Service, órgão federal responsável pelos parques americanos. O número é muito superior aos 7,3 milhões que representam a soma de todas as unidades de conservação do Brasil – que inclui parques, florestas, reservas biológicas e áreas de proteção.


Ministério do Turismo

ILHÉUS = HOMENAGEM / SERVIDOR PÚBLICO

IOS

Frente Nacional da Prefeitos

Prefeitos e governadores apontam alternativas para subfinanciamento da saúde

Em reunião com o ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Ricardo Berzoini, realizada na manhã desta terça-feira (27), em Brasília (DF), o presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e prefeito de Belo Horizonte (MG), Marcio Lacerda, e o 2º vice-presidente Nacional da FNP e prefeito de Aparecida de Goiânia (GO), Maguito Vilela, reforçaram a importância da reinstituição da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) como medida para o subfinanciamento da saúde.

Em alternativa à proposta do governo federal, em que a alíquota seria de 0,20% para a União e os recursos destinados à previdência social, o presidente da FNP, Marcio Lacerda, defendeu que os recursos da CPMF sejam destinados exclusivamente para a saúde e apresentou a proposta da “Demanda SUS Dependente”, dividindo a alíquota de 0,38% em 0,17% para União, 0,09% para estados e 0,12% para os municípios. “É necessário chegar a uma fórmula equilibrada de partilha, balanceando a proposta de critério do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) com a área de saúde, ou seja, a população SUS Dependente”, disse. Lacerda falou ainda da diferença da proposta “Demanda SUS Dependente” e da Proposta de Partilha FPM. “Encontramos no critério SUS Dependente uma diferença de, no máximo, 100%, já no critério do FPM a diferença chega a ser de 10 vezes mais entre o que cada município receberia per capita”, explicou.

Para Lacerda é necessário um entendimento entre as lideranças políticas das três esferas de governo para que ocorram mudanças estruturais no modelo de financiamento da gestão pública no país. “As despesas estão crescendo acima da capacidade dos impostos gerarem receitas”, destacou.

O encontro, que também teve a participação dos governadores de Pernambuco, Paulo Câmara, e do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, e de representantes das demais entidades municipalistas nacionais, foi um desdobramento da agenda realizada no último 22, com a presidente da República, Dilma Rousseff e a diretoria executiva da FNP.

Com o objetivo de construir um consenso entre as entidades municipalistas quanto ao critério de partilha da receita gerada com a reinstituição da CPMF entre a União, estados e municípios, ficou agendada uma próxima reunião na quarta-feira (4), também no Palácio do Planalto, em Brasília (DF).

Confira a Nota Técnica com a proposta da FNP para a reinstituição da CPMF.

Frente Nacional de Prefeitos (FNP)

Lideranças comunitárias participam de encontro promovido pela Prefeitura de Ilhéus

Realizado na última semana, encontro teve como tema “Tenho orgulho de ser líder comunitário”, e reuniu lideranças de vários bairros do município

Encontro com lidernaças comunitárias de Ilhéus buscou dialogar sobre os problemas e soluções para quem milita na área

Encontro com lidernaças comunitárias de Ilhéus buscou dialogar sobre os problemas e soluções para quem milita na área

A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS), promoveu, na última sexta-feira, 23, evento com palestras e debates para líderes comunitários e representantes de associações de bairros da cidade. Com o tema “Tenho orgulho de ser líder comunitário”, o debate levantou questionamentos acerca de cadastramento de entidades em órgãos com o Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), atualização e prestação de contas e captação de recursos. O evento aconteceu durante a manhã, no auditório da Justiça Federal.

Participaram o vice-prefeito Carlos Machado (Cacá), o secretário de Relações Institucionais, Frederico Vésper, o titular da SDS, Jamil Ocké, e os palestrantes do evento, Wilson Melo e Leda Pureza, que falaram sobre criação, manutenção e maneiras de administrar uma instituição comunitária. A platéia foi composta por administradores de bairros e distritos, representantes de organizações não governamentais, associações esportivas e entidades diversas.

O prefeito em exercício Carlos Machado, afirma que o governo demonstra interesse em acolher essas instituições para que as mesmas possam se qualificar e utilizar de maneira consciente esses recursos. O secretário Jamil Ocké apresentou aos participantes os vários programas e serviços da SDS e mostrou-se à disposição para atender e realizar um curso de capacitação sobre captação de recursos.

Planejar – Para a palestrante Leda Pureza, o mais importante é o líder comunitário ter planejamento, confiar nas pessoas que estão trabalhando na instituição, superar os desafios e saber prestar contas para manter a instituição em dias. Já Wilson Melo informou que é importante capacitar o associado para que ele entenda o que é uma associação e os direitos e deveres que cada um tem para manter a entidade em andamento e de acordo com a lei.

Secretaria de Comunicação Social – Secom.

No GOTAS DE PAZ

Resignação

“Bem aventurados os aflitos, porque eles serão consolados”

Todos indistintamente passam por resignação na Terra, muitas vezes o sofrimento parece interminável, mas há necessidade da regeneração do espírito gerando assim uma cadeia de melhorias morais em seu íntimo.

Resignados no bem, não há espaço para o mal tendo assim uma ampla expectativa de que o espírito possa se melhorar cada vez mais.

Quando as dificuldades perduram cabe a resignação para superá-las e o agradecimento sempre por todas as aflições, esta é a prova de que cada obstáculo vencido é um degrau no crescimento espiritual de cada um.

Não cabe na busca pela resignação mal dizer as aflições, porque reclamando e lamentando não estamos buscando a nossa melhora.

Ser resignado é ultrapassar as barreiras do “porque comigo” e caminhar de cabeça erguida agradecendo por cada obstáculo que tiver pela frente, difícil tarefa para nós criaturas em desenvolvimento de nossas virtudes, mas a cada um é dada a aflição que pode ser superada não nos esqueçamos disso.

Hoje escolha ser resignado em todos os momentos em que sentir-se cansado e desolado porque o consolo e a vitória são para aqueles que lutam sem reclamar.

Pensemos Nisso!

GOTAS DE PAZ:

http://www.gotasdepaz.com.br/resignacao/?utm_source=27%2F10%2F2015&utm_medium=email&utm_campaign=27%2F10%2F2015





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia