WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa secom bahia


novembro 2016
D S T Q Q S S
« out   dez »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  






:: 10/nov/2016 . 21:43

ILHÉUS – NOSSA SENHORA DE GUADALUPE

PARA LER EM TELA CHEIA CLIQUE NAS DUAS SETINHAS.

Bahia apresenta força da produção cacaueira da agricultura familiar em São Paulo

O secretário de Desenvolvimento Rural do Estado, Jerônimo Rodrigues, esteve em São Paulo nesta quinta-feira (10), representando o governador Rui Costa, durante o ‘Fórum Estadão – A importância do cacau para a economia brasileira’. O evento tem por objetivo debater a modernização da produção do cacau e as soluções para o seu crescimento e desenvolvimento econômico.
CACAU_A.FAMILIAR

CACAU_A.FAMILIAR

O secretário destacou que 90% da produção de cacau na Bahia é proveniente da agricultura familiar. “É possível que tenhamos mais desafios com implementação de programas de assistência técnica, de financiamento, mas o governo estadual está investindo no crescimento produtivo deste fruto, que representa muito para economia baiana e brasileira”, ressaltou Rodrigues.
O secretário acrescentou que o governo estadual anunciou, no mês de outubro, novos investimentos no valor de R$ 10 milhões para projetos da cultura do cacau, por meio do edital de fruticultura do Bahia Produtiva, executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).
O estado vive momento de retomada da produção e investe cada vez mais em qualidade das amêndoas, matéria-prima que tem atraído chocolateiros da Europa. No segundo semestre de 2015, a Bahia quebrou jejum de 20 anos sem exportar, com envio de 6,4 mil toneladas de amêndoas de cacau, avaliadas em R$ 19,4 milhões, para a Europa, o que deu novo ânimo aos cacauicultores do estado. O Brasil possui 490 mil hectares cultivados com cacaueiros em diferentes regiões e três principais zonas distintas de produção dos biomas Amazônia e Mata Atlântica, sendo um deles o sul da Bahia.
O evento, promovido pelo Estadão em parceria com a Associação Brasileira do Agronegócio (Abag) e a Associação Nacional das Indústrias Processadoras de Cacau (AIPC), reuniu especialistas, produtores, sindicalistas, entidades do setor e representantes do Poder Público.

Dia Você Servidor entrega prêmios de valorização do funcionalismo

Solenidade de entrega dos prêmios Servidor Cidadão e de Boas Práticas de Trabalho

Solenidade de entrega dos prêmios Servidor Cidadão e de Boas Práticas de Trabalho

Uma cerimônia marcada pelo reconhecimento e pela emoção. A tarde desta quinta-feira (10) foi dedicada ao Dia Você Servidor e à entrega dos prêmios de Boas Práticas e Servidor Cidadão, que há mais de uma década valorizam os funcionários públicos baianos que empreendem ações voluntárias ou que melhoram o dia a dia no trabalho.

Promovido pela Secretaria da Administração (Saeb), o evento reuniu no auditório Zezéu Ribeiro, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), os secretários estaduais Edelvino Góes (Administração), Álvaro Gomes (Trabalho, Emprego, Renda e Esporte) e Nestor Duarte (Administração Penitenciária e Ressocialização), além de servidores de diversos órgãos. Os dez primeiros colocados de cada categoria receberam de R$ 1 mil a R$ 10 mil.
De acordo com Edelvino, juntos, os dois prêmios receberam um total de 153 inscrições, 80% a mais que no ano passado. O aumento, na opinião dele, evidencia o comprometimento do funcionalismo estadual. “Incentivá-los é reconhecer a importância deste protagonismo do servidor público. São servidores que desenvolveram ações importantes de voluntariado para que nossa sociedade seja cada vez mais justa e melhor e também servidores públicos que contribuem para o aprimoramento da máquina pública, sendo criativos e inovadores”.

Ilhéus promove mutirão de combate ao Aedes aegypti nesta sexta-feira e sábado

A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, promoverá nesta sexta-feira, 11, e sábado, 12, um grande mutirão de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor de várias arboviroses, a exemplo da Dengue, Zica Vírus e Febre Chikungunya. O secretário de Saúde, Antônio Ocké, informa que o Grupo de Combate Direto ao Vetor, coordenado pelo Departamento de Endemias/Dengue do Município, ao lado dos agentes de controle, desenvolverá suas atividades nos bairros com maior ocorrência das doenças, entre eles, Malhado, Teotônio Vilela, Conquista e Nossa Senhora da Vitória.

Ilhéus promove mutirão de combate ao Aedes aegypti nesta sexta-feira e sábado - foto Gidelzo Silva Secom Ilhéus

Ilhéus promove mutirão de combate ao Aedes aegypti nesta sexta-feira e sábado – foto Gidelzo Silva Secom Ilhéus

O mutirão inclui a distribuição de material educativo e de sacos plásticos para a população no sentido de que a mesma coloque todo e qualquer depósito que possa abrigar água e venha a ser um potencial criadouro de Aedes aegypti. O diretor de Vigilância à Saúde, Antônio Firmo, afirma que esta atividade será realizada na sexta-feira, dia 11, e o trabalho de recolhimento na manhã de sábado, dia 12, por caçambas e caminhões articulados no bojo do Programa Ilhéus em Ação, coordenado pelo vice-prefeito Carlos Machado (Cacá). Firmo acrescenta que, além desta atividade, os grupos também recolherão lixo e entulho em diversos pontos da cidade.

:: LEIA MAIS »

Algumas do dia

Governo autoriza construção de mais de 2 mil

unidades do MCMV na Faixa 1,5

Os primeiros 24 contratos de empreendimentos da Faixa 1,5 do Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) já foram autorizados pelo governo federal. A iniciativa vai possibilitar a construção de unidades habitacionais em 13 municípios das regiões Nordeste, Centro-Oeste, Sul e Sudeste do País. Serão 2.674 unidades habitacionais que beneficiarão mais de 9 mil famílias com renda mensal bruta limitada a R$ 2.350.

LEIA MAIS

 Produção de grãos deve crescer até 15,6% na safra 2016/17

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estima que a safra 2016/17 de grãos pode variar de 210,9 a 215,1 milhões de toneladas. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (10) e fazem parte do 2º levantamento da safra. Se confirmada a expectativa, o crescimento da produção poderá ser de até 15,6% em relação à safra anterior, que foi de 186,1 milhões.

LEIA MAIS

 Defesa civil: Governo reconhece situação de

emergência em 27 municípios gaúchos

A situação de emergência em 27 municípios do Rio Grande do Sul foi reconhecida, na última quarta-feira (9), pelo Ministério da Integração Nacional. A medida, publicada no Diário Oficial da União, permitirá que os municípios solicitem apoio para ações de resposta à população e recuperação de áreas danificadas. O reconhecimento federal é decorrente do intenso período de chuvas que atingiu o estado e provocou vendavais, chuvas de granizo, enxurradas, inundações e deslizamentos de solo.

LEIA MAIS

Adesão à escola integral termina no próximo dia 25

As secretarias estaduais de educação de todo o País têm até o próximo dia 25 de novembro para adesão ao Programa de Fomento à Implementação de Escolas em Tempo Integral para o ensino médio. O cronograma, formulário para adesão e documentos orientadores já foram enviados pela Secretaria de Educação Básica (SEB), do Ministério da Educação, aos secretários estaduais de educação e também ao Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed).

LEIA MAIS

 Brasil e Haiti firmam acordo para construção de escola técnica

Os governos do Brasil e do Haiti assinaram, na última quarta-feira (10), protocolo de cooperação técnica para a construção de centro de formação profissional em território haitiano. O projeto prevê a formação, anualmente, de três mil estudantes entre 16 e 25 anos. O objetivo é contribuir para formar jovens profissionais nas áreas de engenharia civil, costura, eletricidade predial, carpintaria, operação turística e mecânica de automotivos e motocicletas, qualificando a força de trabalho local.

LEIA MAIS

Proerd leva policiais voluntários para ensinar em escolas baianas

Proerd Orienta Estudantes Na foto: SD PM  Jucinea Souza, Mentora e instrutora Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Proerd Orienta Estudantes
Na foto: SD PM Jucinea Souza, Mentora e instrutora
Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Policias militares se transformam em professores nas salas de aula do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) e dão lições que vão desde o respeito aos mais velhos e a valorização da autoestima até a prevenção ao uso de drogas e álcool. São agentes voluntários, incluindo o efetivo de Bases Comunitárias de Segurança (BCS), que dedicam o seu tempo para ensinar aos pequenos da Educação Infantil e aos jovens do Ensino Fundamental de escolas da capital e do interior do estado.

O esforço dos PMs é recompensado com o número expressivo de alunos que o Proerd tem conseguido alcançar. São 450 mil jovens formados desde a implantação do programa na Bahia, há 14 anos. A coordenadora do Proerd, capitã Suzane Melo, acredita na proposta de promover, além de questões de educação para drogas, o aumento da autoestima dos alunos. Para ela, os números comprovam os bons resultados.

:: LEIA MAIS »

Secretário aborda ações sobre o andamento do Projeto Orla de Ilhéus

O secretário municipal de Meio Ambiente e Urbanismo de Ilhéus, Antônio Vieira, concedeu entrevista ao apresentador Jota Carlos, da rádio Santa Cruz, durante a qual esclareceu algumas medidas adotadas pela administração coordenada pelo prefeito Jabes Ribeiro em referência ao trabalho realizado pelo Projeto Orla e o seu gerenciamento integrado local. De acordo com Vieira, a notificação feita pela SPU (Secretaria de Patrimônio da União) aos cabaneiros das praias do Sul – cujo problema não é novo, gerou notícias e opiniões feitas em blogs e redes sociais da Internet, que não correspondem à realidade dos fatos.

Vieira disse que considera muito positiva a divulgação e debate sobre a situação costeira do município, desde quando as informações sejam reais, baseadas na verdade. O secretário considera que não é justo o uso irresponsável de uma questão tão preocupante, para promoção pessoal, eleitoral ou política de quem quer que seja. Segundo ele, ao invés de algumas pessoas desinformadas acusarem a Prefeitura de omissão diante da situação, estas deveriam explicar porque nunca tiveram nenhuma iniciativa em torno do assunto, inclusive parlamentares.

“Nunca fomos omissos, sempre tratamos e acompanhamos esse processo. Se hoje, as barracas ainda estão lá – enquanto em Salvador já foram demolidas, é em função do trabalho que a gestão municipal fez no contexto do Projeto Orla. Nós elaboramos o Plano de Gestão Integrada (PGI). Na Bahia, somente os município de Ilhéus e Conde se organizaram nesse sentido”, declara o secretário de Meio Ambiente e Urbanismo.

:: LEIA MAIS »

O CACAUEIRO PEDE SOCORRO

Luiz Ferreira da Silva

Pesquisador da CEPLAC/Solos, aposentado.

[email protected]

O nosso livro- TRIBUTO À ANTIGA CEPLAC. INSTITIUIÇÃO AGRÍCOLA ÚNICA – é apenas um elo da cadeia CACAU. Não basta a sua revitalização que deve ser vista globalmente; entendendo – se a planta, quem labuta com a terra e quem dá suporte técnico. Ou seja: O CACAUEIRO, O CACAUICULTOR E A CEPLAC.

Neste contexto, a solução financeira do produtor de cacau vem em primeiro lugar, condição fundamental à sobrevivência da cacauicultura, pois sem a sua capitalização o cacaueiro pode entrar na lista de espécies em vias de extinção como o jacarandá ou o mico leão dourado. E a CEPLAC, seguir o mesmo caminho. AMBOS À REBOQUE.

Portanto, se o Brasil deseja ter chocolate, auferir dólares e distribuir rendas tem que imediatamente implantar um programa amplo em atendimento a esse tripé, sobretudo aos seus requerimentos financeiros. Afora disso, são remendos políticos que se rasgam constantemente.

Com a introdução da vassoura de bruxa, em maio 1989, o cacau baiano foi contaminado exponencialmente, cuja doença se expandiu rapidamente para todos os quadrantes da região do cacau no sul da Bahia. Isso devido a fatores altamente favoráveis para a propagação do microrganismo, tais como: áreas contínuas de extensas plantações envelhecidas; topografia fortemente ondulada, com altitude relativa de mais de 300 metros; temperatura declinante no inverno (é a zona de cacau mais fria do mundo) e rica densidade da rede hidrográfica.

A distribuição regular das chuvas ao longo do ano, sem períodos secos bem definidos, propicia os lançamentos contínuos de ramos e folhagem novos (flushing), o que é de excepcional favorecimento para a vassoura-de-bruxa.

A doença chegou ao sul da Bahia, numa hora desvantajosa, crítica mesmo, quando a cacauicultura se encontrava “quebrada”, debilitada e mergulhada em grave crise de produção. Os cacauais envelhecidos, sem condições de competitividade.

:: LEIA MAIS »

No Blog do Gusmão

SEGUNDO MPE, GOVERNO JABES QUER AUTORIZAR CONSTRUÇÕES ILEGAIS NO

MORRO DE PERNAMBUCO

Morro de Pernambuco. Imagem do site Geo Around School.

Nessa quarta-feira (9), a promotora do Ministério Público do Estado da Bahia, Aline Salvador, emitiu recomendação contundente para o governo Jabes Ribeiro e os conselheiros do Comitê Gestor do Projeto Orla. Em primeiro lugar, recomendou a suspensão de todos os procedimentos relacionados com o processo de zoneamento do Morro de Pernambuco.

Conforme o MPE, a proposta do novo zoneamento prevê autorização para construções na parte mais alta do morro, que é tombado como patrimônio cultural de Ilhéus. No entanto, a legislação proíbe edificações nesse tipo de território, devido ao tombamento e às características naturais e históricas do Morro de Pernambuco, que devem ser conservadas.

A promotora também recomendou a suspensão de reunião marcada para essa quinta-feira (10). O governo acatou. Segundo Aline Salvador, a Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo de Ilhéus iria submeter a proposta de zoneamento à avaliação deliberativa do Comitê Gestor do Projeto Orla.

Aline Salvador também se dirigiu aos conselheiros recomendando que se abstenham de tomar qualquer decisão que possa ameaçar a integridade do Morro de Pernambuco e de outras áreas de relevância socioambiental abrangidas pelo Projeto Orla.

Segundo o Ministério Público, caso ignorem a recomendação e deem continuidade ao processo de zoneamento, tanto os membros do governo quanto os do Comitê estarão sujeitos a punições administrativas e penais pelos possíveis danos ao patrimônio público.

Acesse a recomendação.

Luiz Castro em: DECOLORES

RIMUNDO “LÁ VAI BALA”

 Tomei como surpresa o falecimento do saudoso amigo Raimundo Oliveira, mais conhecido por “Lá Vai Bala”, cujo apelido nasceu na zona do meretrício no Bairro da Barra, quando lá pras tantas houve uma confusão de um freguês com uma das “meninas” e um determinado policial que estava presente não se conteve com a cena tirou sua arma e gritou “lá vai bala” e de repente os fregueses desapareceram do local inclusive o saudoso Raimundo ou Raimundinho para os íntimos.

A Galera de Zequito esta de luto,  pois ultimamente a maré está braba, vários amigos tem partido sem combinar. Por certo ele foi bem recebido pelos saudosos freqüentadores do Bar de Zequito e fizeram aquela algazarra a começar por Lourencinho e o próprio Zequito.

Raimundo nasceu em Uruçuca que na época era distrito de Ilhéus, sua família “Oliveira” é muito conhecida na cidade a começar por Albenzio e Armando Oliveira.

Ele foi o cliente mais antigo do Bar de Zequito que antes era conhecido por Kit Bicha. Era bastante reservado, pouca conversa quando não estava bebendo e, no entanto quando se entusiasmava era um verdadeiro tagarela, falava de Deus e o mundo.

Era profundo conhecedor da historia do comércio de Ilhéus, onde desde menino trabalhou primeiro no Bar Bahia dos Espanhóis, tempos depois foi trabalhar em Lopes Sobral e  posteriormente trabalhou com seu primo carnal Dalmiro Silva, onde veio se aposentar.

Mundinho era bastante solitário, morava sozinho na vila do Edifício Jasmineiro, não gostava de zoada, ligava a Tv baixinho para não incomodar os vizinhos.

Soube que o encontraram morto já em estado de decomposição, apesar dos vizinhos já tinham notado sua ausência devida sua assiduidade nos horários de entrada e saída da sua “Paróquia”.

Fica aqui registrado a lembranças de um grande amigo que deixou saudades pela sua personalidade e por certo nos lembraremos dele quando ouvirmos aquela musica de autoria de Sérgio Bittencourt “Naquela mesa esta faltando ele e a saudade dele está doendo em nós….”

Aquele abraço Lá Vai Bala”

Colaboração de Luiz Castro

Amigo há 50 anos

Heckel Januário em: DE UM QUE TENHA “AQUILO ROXO”

E não é que Jânio Natal e seu irmão Janival, eleitos respectivos prefeito e vice-prefeito de Belmonte resolveram desenterrar a “cabeça de burro”!  Pois é, quando se trata da construção da estrada Belmonte a Canavieiras, é com a humorada tirada que nos limites desses territórios “tem uma cabeça de burro enterrada” que o belmontense, desiludido com as inúmeras tentativas fracassadas, vê a questão. Mas a dupla antes mesmo do jogo começar, chutou a crendice pro lado e, determinada –intermediada pelo Deputado Federal João Bacelar– partiu célere para o Governo do Estado e: Governador, nossa cidade necessita melhorar a Saúde, a Segurança Pública, reparar a buraqueira da BA-001, fazer isso, aquilo, mas uma necessidade premente é a ligação rodoviária a Canavieiras. Sabe por que Governador? Porque não só dinamizará a economia dos dois municípios, mas a de toda a Região Sul, ao conectar os polos turísticos da Costa do Cacau e Costa do Descobrimento, estanques ainda, Governador, em pleno século XXI. E o senhor bem entende: estrada significa progresso e condicionante na geração de meios para a solução de problemas sociais.

:: LEIA MAIS »

CONHEÇA ILHÉUS – A MAIS BELA

BY HERALDO FASKOMY





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia