WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa secom bahia


novembro 2016
D S T Q Q S S
« out   dez »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  






:: 14/nov/2016 . 23:03

CHARINHO LANÇA O LIVRO TÊNIS EM QUADRAS

tenis-em-quadras-01Nascido em Ilhéus, graduado em Educação Física pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) e em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Luís Rogério Ramos de Menezes, conhecido por Charinho, é tenista ilheense de 1ª Classe e ministra aulas há 17 anos. Já jogou com personalidades como o ex-presidente francês, Nicolas Sarcozy, o tenista argentino tricampeão mundial de Rolland Garros, Guilhermo Vilas, e tem realizado um trabalho ímpar no ensino do Tênis no Sul da Bahia, com pesquisas, competições e promoção de eventos.
Professor credenciado como Treinador Nacional da Confederação Brasileira de Tênis (CBT), Luís Rogério Menezes atua no desenvolvimento de pessoas através da prática desportiva do tênis, esporte que engloba várias dimensões do humano, a contemplar o campo físico, social, emocional e a razão, integradas à saúde e vitalidade humanas.
Com esse currículo, e visando incentivar a prática esportiva do tênis, Charinho escreveu diversas quadras (poemas de quatro versos rimados entre si) que agora reúne em um livro que será lançado pela Editora Mondrongo, nesta quinta-feira, dia 17, na Academia de Letras de Ilhéus, com a presença de vários esportistas e amigos escritores da cidade.
Sobre o livro, a poeta e jornalista Anna Karenina de Oliveira diz que “sem soma de dúvidas, a obra “Tênis nas Quadras” revela a poética de um narrador exortado a exortar outros para o elixir da vida e saúde”. Já o grande mestre Carlos Alberto Kyrmair, em texto inserido na contracapa da obra, afirma que Charinho conseguiu uma forma simples de colocar-nos em contato com sentimentos que, só quem joga, pratica e ama os desafios que o Tênis propõe sabe o que ele está escrevendo.

SERVIÇO
Lançamento do livro Tênis em Quadras.
Quando: 17 de novembro, 18:30 horas
Onde: Academia de Letras de Ilhéus
Entrada: Franca
Classificação: 14 anos.

Alunos da Apae receberam visita solidária de alunos da Piedade, em Ilhéus

Alunos da Piedade visitam a Apae de Ilhéus (divulgação da imagem autorizada pelos pais das crianças)

Alunos da Piedade visitam a Apae de Ilhéus (divulgação da imagem autorizada pelos pais das crianças)

Os alunos da Apae de Ilhéus receberam uma visita de 58 crianças na faixa de 8 anos, do 3° ano do Ensino Fundamental do Colégio Piedade, na Escola Flor do Cacau. O encontro foi promovido com fundamento no respeito à pessoa humana com todas as suas diferenças, pelo tema “a construção da cidadania e os direitos humanos”, e contou com doações de garrafas para água e animada aula de zumba.

A Coordenadora do Ciclo da Infância do Colégio Piedade, Lucília Borges Sampaio Santana, afirma que o encontro foi um sucesso. A ideia decorreu de uma conversa sobre o respeito e a valorização das pessoas com necessidades especiais. “Queríamos que as crianças vivenciassem essa integração com pessoas que, aos nossos olhos, são diferentes, mas que tem os mesmos direitos humanos e de cidadão como todos nós”, explicou. A visita foi motivada pela valorização da vida, e a percepção de que independentemente de qualquer dificuldade, todos são pessoas humanas com características diferentes, mas sentimentos iguais.

A professora Lucília confessou que “havia um receio nosso, inclusive pela direção, se as crianças compreenderiam e se comportariam diante dessas diferenças. Trabalhamos em sala e, para nossa alegria, o encontro foi um sucesso. As nossas crianças compreenderam a mensagem e aprenderam muito com essa visita”, aprendizado demonstrado com a realização do registro de lindos depoimentos sobre esse encontro, como afirmou a professora.

A diretora geral e pedagógica da Apae de Ilhéus, Vitória Penalva, agradeceu a visita, as doações e afirmou que “a visita foi muito linda. Para nós da Apae de Ilhéus é uma grande alegria receber os alunos e as pessoas com o propósito humano, na verdadeira vivência da humanidade de que todos nós precisamos, de amor, carinho, respeito e solidariedade. Que venham sempre. A Apae está de portas abertas”.

Ajude a Apae de Ilhéus a continuar cumprindo a sua missão. Seja doador e sócio contribuinte! Banco do Brasil Agência 0019-1 Cc 55308-5

Acesse: www.facebook.com/apaeilheus http://apaeilheus.wixsite.com/apaeilheus Contato: (73) 3632-3157 [email protected] | Caminho 1, nº 64, Térreo, Hernane Sá, Ilhéus-BA. CEP: 45.656-500.

MARINHA DO BRASIL

MARINHA DO BRASIL

COMANDO DO 2° DISTRITO NAVAL

DELEGACIA DA CAPITANIA DOS PORTOS EM ILHÉUS

 

Ilhéus, BA.

Em 14 de novembro de 2016.

 

16 DE NOVEMBRO – DIA DA AMAZÔNIA AZUL

 

marinha-dia-amazoniaEm 11 de novembro foi sancionada a Lei nº 13.187, que institui o dia 16 de novembro como “Dia Nacional da Amazônia Azul”. A escolha desse dia se justifica no fato de que a Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar (CNUDM) passou a vigorar nesta data, com a ratificação do 60º Estado, em 1994.

O Brasil está pleiteando, junto à CLPC da CNUDM, a extensão dos limites de sua Plataforma Continental, além das 200 milhas náuticas (370 km), correspondente a uma área de 963 mil km². Após serem aceitas as recomendações da CLPC pelo Brasil, os espaços marítimos nacionais poderão atingir aproximadamente 4,5 milhões de km², o que corresponde, aproximadamente, à metade do território terrestre nacional, ou, ainda comparando as dimensões, a uma nova Amazônia. Em outras palavras, a nossa última fronteira “está sendo traçada no mar”.

É o que a Marinha vem chamando de Amazônia Azul, na tentativa de tentar alertar a sociedade da importância, não só estratégica, mas também econômica, do imenso mar que nos cerca.

Por ele circulam aproximadamente 95% do nosso comércio exterior (importações e exportações), cujo valor total deve alcançar, no corrente ano, aproximadamente US$ 170 bilhões.

A grande maioria dos bens que importamos e exportamos é transportado por navios de outras bandeiras. Isso demonstra a necessidade de se ampliar ainda mais o setor marítimo brasileiro, principalmente a indústria naval, que proporcionará aumento de emprego.

:: LEIA MAIS »

Algumas do dia

MEC libera R$ 127 milhões para manutenção de cursos do Pronatec

O Ministério da Educação liberou, nesta segunda-feira (14), R$ 127,4 milhões para o pagamento de cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, relativos ao calendário de 2016. O repasse tem o objetivo de garantir a continuidade das ofertas de cursos do Pronatec e servirá como base para as novas matrículas realizadas em outubro deste ano.

LEIA MAIS

 Microempresas poderão parcelar dívidas do Simples Nacional

 A Receita Federal divulgou, nesta segunda-feira (14), uma Instrução Normativa que estabelece os procedimentos preliminares para o parcelamento do Simples Nacional para micro e pequenas empresas, que possuem débitos até a competência do mês de maio de 2016. Com isso, o prazo para parcelamento de débitos fiscais foi de 60 para 120 dias. O contribuinte poderá manifestar o interesse pelo parcelamento, no período de 14 de novembro de 2016 a 11 de dezembro de 2016, por meio de formulário eletrônico disponível na página da Receita Federal na Internet.

LEIA MAIS

 Metade dos adultos com diabetes não sabe que tem a doença

Nesta segunda-feira (14), é lembrado o dia Mundial do Diabetes. De acordo com a Federação Internacional do Diabetes, metade dos adultos que tem a doença não foi diagnosticada. Dessa forma, não tomam os cuidados necessários para tratar a doença. Balanço da federação aponta que 415 milhões de adultos viviam com diabetes em 2015. A previsão é de que esse número chegue a 642 milhões em 2040 – uma proporção de um adulto diabético para cada dez adultos no planeta.

LEIA MAIS

 Fundo Amazônia destinou US$ 1 bilhão a projetos ambientais

Projetos no setor florestal receberam financiamento de US$ 1 bilhão do Fundo Amazônia. Atualmente, 85 iniciativas são apoiadas pelo fundo, formado por doações de parceiros importantes do País, como os governos da Noruega e da Alemanha. O Fundo Amazônia capta doações para investimentos não reembolsáveis em ações de prevenção, monitoramento e combate ao desmatamento e de promoção da conservação e do uso sustentável da Amazônia Legal. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) é responsável pela gestão.

LEIA MAIS

 Balança comercial fica positiva na 2ª semana de novembro

 As exportações superaram as importações em US$ 1,121 bilhão na segunda semana de novembro. Esse resultado, segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços é 250% maior que o registrado na primeira semana do mês, quando a balança comercial ficou positiva em US$ 320 milhões. Esse desempenho favorável no período foi influenciado pelo aumento nas exportações de produtos básicos, cujo valor médio foi 19,4% maior que o da primeira semana do mês. Os produtos de maior destaque nesse segmento foram petróleo em bruto, farelo de soja, fumo em folhas, soja em grãos, milho em grãos.

LEIA MAIS

 

Prefeito de Ilhéus explica que a obra da nova ponte Centro-Pontal não foi paralisada

O prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, informou que as obras da nova ponte de ligação com a zona sul da cidade, de responsabilidade do Governo do Estado, não estão paralisadas, conforme divulgado equivocadamente por alguns veículos de comunicação, principalmente em blogs da internet. A declaração aconteceu durante entrevista ao radialista Jota Carlos, da rádio Santa Cruz AM, após contato mantido com o superintendente de Infraestrutura de Transportes (SIT) da Bahia, Saulo Pontes, que afirmou não haver problema algum no andamento da construção do empreendimento.

Obras da nova ponte Centro-Pontal, em Ilhéus_foto Secom Ilhéus

Obras da nova ponte Centro-Pontal, em Ilhéus_foto Secom Ilhéus

De acordo com o prefeito de Ilhéus, o superintendente Saulo Pontes disse que “infelizmente, teria ocorrido uma situação, devido ao trabalho realizado durante o período noturno, que estava avançando até a meia-noite, e a empreiteira resolveu tirar o turno da noite”. Ribeiro declarou ter recebido informação por parte do Governo do Estado que “não teria havido, inclusive, atraso na questão de repasses financeiros para a empresa executora das obras”.

Segundo Ribeiro, as obras seguiam pela manhã, tarde e noite, mas em função de exigências do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Pesada e Montagem Industrial do Estado da Bahia (Sintepav-Ba), comandado pelo deputado federal Bebeto Galvão, a construtora OAS resolveu encerrar o turno da noite. “As obras à noite tiveram que parar. Algumas exigências do Sintepav fizeram o turno acabar, o que gerou desemprego e pode atrasar o cronograma da obra”, afirmou.

“As informações que circularam na internet dizendo que as obras foram paralisadas são de uma turma pequena, que trabalha ‘no quanto pior, melhor’, os trabalhos foram paralisados à noite, por exigências do Sintepav. A obra é um compromisso firmado com o então governador Wagner e o atual Rui Costa, o resto é especulação”, enfatizou o prefeito de Ilhéus.

Itabuna / Mutirão do Diabético





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia