A chefe do Serviço de Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde de Ilhéus, enfermeira Cathianne Pinto, apresentou, em Salvador, como convidada do VII Simpósio Brasileiro de Vigilância Sanitária, o trabalho “A experiência da Vigilância Sanitária no Projeto de Inclusão Produtiva do Município”, que ensejou o Prêmio Prefeito Empreendedor ao chefe do executivo ilheense, Jabes Ribeiro, concedido pelo Sebrae. O projeto envolveu ambulantes e microempreendedores do movimento Pontal Criativo no processo de manipulação de alimentos, com o apoio da secretaria municipal de Indústria e Comércio.

Ilheenses foam destaque em simpósio.jpg

Ilheenses foam destaque em simpósio.jpg

Considerado como o mais importante evento técnico científico da área, o Simpósio, organizado pela Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), ocorreu de 26 a 30 de novembro. De acordo com Cathianne Pinto, as ações desenvolvidas pela Vigilância Sanitária, em Ilhéus, em parceria com as secretarias de Indústria e Comércio, de Cultura e de Agricultura e Pesca, têm alcançado resultados satisfatórios e serviram de exemplo para diversos municípios brasileiros.

“Foi uma experiência muito enriquecedora, pois permitiu a troca de conhecimentos com profissionais de todo o país”, ressaltou. Segundo ela, também foram debatidas ações de inclusão produtiva aplicando, a RDC 49/2013, voltadas para microempreendedor individual, economia solidária e agricultura familiar.

O tema central do evento foi “O SUS e seu sistema nacional de vigilância sanitária”. Nesta edição, o simpósio contou com a presença de cerca de mil participantes que discutiram o Sistema Único de Saúde (Sus) e o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária. A programação teve quase 100 atividades para o aprofundamento do diálogo entre academia, os serviços de vigilância sanitária e a sociedade.