WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


Janeiro 2017
D S T Q Q S S
« dez   fev »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  






:: 5/jan/2017 . 23:23

Setur investe no receptivo aos turistas de transatlânticos no Porto de Ilhéus

A temporada de navios em Ilhéus prossegue até o dia 24 de março.

PMI_RECEPTIVO

PMI_RECEPTIVO

O atual secretário de Turismo de Ilhéus, Roberto Lobão, participou diretamente do serviço de receptivo aos 4.350 visitantes que desembarcaram do navio Costa Fascinosa, na manhã de quarta-feira, 8 de janeiro, no Porto de Ilhéus. Além da saudação com samba de roda, a Setur lançou e distribuiu um guia turístico atualizado sobre a cidade e ofereceu orientações sobre serviços de transportes, com a finalidade de otimizar a permanência do turistas na cidade.

Lobão declarou que, a partir de agora, o receptivo aos navios volta a contar com o apoio público institucional no sentido de fortalecer as ações privadas e melhorar o atendimento ao turista. Para isso, a Secretaria vai ampliar a prestação de informações e a gestão do serviço de transporte turístico com as cooperativas de táxis e vans. No próximo dia 11, quando o navio MSC Preziosa ancorar no Porto, o receptivo será ampliado com a participação de baianas estilizadas.

A temporada de transatlânticos 2016/2017 começou em outubro do ano passado e vai até março deste ano. A presença de milhares de turistas nos dias de permanência dos navios movimenta praticamente toda a cidade. Os principais atrativos escolhidos pelos visitantes são os roteiros de praias, o centro histórico e o turismo rural em fazendas de cacau e de produção de chocolate.

Muitos turistas de transatlânticos aproveitam a parada na cidade e utilizam serviços como farmácias, supermercados, salões de beleza, bares, restaurantes, lanchonetes, entre outros.  Ilhéus é a única cidade do interior da Bahia que recebe esse tipo de turista. s dos transatlânticos. A perspectiva é que cada visitante consuma, em média, 50 dólares, durante a estada na cidade. O calendário dos transatlânticos em janeiro terá continuidade nos dias 18, 23 e 25.

Festa da Puxada do Mastro de Olivença começa nesta sexta-feira, em Ilhéus

A Secretaria de Turismo confere total apoio à tradicional festa indígena na Estância Hidromineral de Olivença.

BY GIDELZO SILVA.

BY GIDELZO SILVA.

A festa da Puxada do Mastro de São Sebastião, que é realizada historicamente em Olivença, estância turística do município de Ilhéus, terá início nesta sexta-feira, 6 de janeiro, com shows de bandas musicais Paulinho Xôxô e Baru Imperador, a partir das 20h30min, na praça Cláudio Magalhães. O evento é organizado pela própria comunidade, com o apoio da Secretaria de Turismo (Setur).

A programação religiosa inclui a celebração de missa, às 19 horas, na Paróquia Nossa Senhora da Escada, um dos mais importantes monumentos arquitetônicos de Ilhéus. De acordo com informações da Setur, no sábado, a partir das 20 horas, também na praça Cláudio Magalhães, haverá shows musicais com as bandas Som do Skulacho, A Rapazziada e Pagofunk.

No domingo, dia 7, a Puxada do Mastro conta com alvorada por volta das 5 horas. A programação incluiu atos religiosos (bênçãos) e indígenas (poracy). Às 7 horas, os machadeiros participam de uma feijoada e, na sequência, seguem para a mata de Ipanema com o objetivo de trazer o mastro. A previsão é que o cortejo popular chegue a Olivença por volta das 17 horas. A programação musical, no domingo, terá início a partir das 16h30min, com as bandas Proibida, Bombadão e Tony Canabrava.

Tradição – A Festa da Puxada do Mastro de Olivença é conservada por descendentes de índios, negros e brancos. Devido ao processo de miscigenação, são os caboclos de Olivença que mantêm a fé com o objetivo de preservar os diversos rituais do evento para as gerações futuras. Segundo o historiador Erlon Fábio Costa, a Puxada do Mastro teve início no século XVI, com a Corrida de Toras, evento que integrava uma série de representações religiosas alimentadas pelos indígenas da região. “A partir do século XVIII, passamos a ter a festa com a configuração que chegou até os nossos dias”, disse. O mastro, principal símbolo da festividade e utilizado pela Igreja Católica para sustentar bandeiras de santos em frente aos templos, serve para demonstrar a resistência da comunidade indígena no que tange aos seus inúmeros aspectos culturais.

BANDA PODRE EM AÇÃO

BANDA PODRE REALIZARÁ

“BABA DE PRAIA” E “BABA DAS ESTRELAS”

A Banda Podre realizará dia 15 de janeiro, conforme o promoter Zezinho da Baixa Fria, o seu primeiro “baba de praia” (praia da Av. Soares Lopes, imediações da Tenda Teatro Popular de Ilhéus) do ano de 2017, e em 5 de fevereiro o já tradicional “Baba das Estrelas”, correspondente à 6ª edição, no Estádio Municipal Mario Pessoa.

Nos dois eventos as assinaturas no livro de presença dos partícipes estão respectivamente propostas para serem tomadas a partir das 7:30 horas.

No “baba de praia” a contribuição será de R$15,00 por participante; no jogo do estádio, de 25,00 paus. Objetiva cobrir despesas diversas como lavagem de uniformes, aquisição de carne de churrasco etc., etc.

Telefone pra contato: 98818 7734   98165 5548

Obs. Na evolução da Banda Podre, foi criado, iniciativa do promoter Zezinho da Baixa Fria, o “Baba das Estrelas”. Este evento congrega além de avepianos, convidados ex-profissionais e ex-amadores do futebol daqui de Ilhéus e de outras cidades vizinhas.

01

01

02

02

BREVE HISTÓRICO BANDA PODRE

:: LEIA MAIS »

Luiz Castro em: DECOLORES

SONHO MEU

Recentemente sonhei que caminhava em direção a Maternidade Santa Isabel, quando me deparei com uma senhora bastante idosa observando com olhar absorto para as ruinas daquele prédio. Aquilo me chamou à atenção e ao dirigir aquela bondosa velhinha a cumprimentei dando-lhe boa dia. E ela com um sorriso retribuiu o bom dia, contudo me chamou à atenção que seus olhos estavam lacrimejando. Perguntei se ela ela estava passando bem ou se estava precisando de alguma ajuda. Ela respondeu que apenas estava relembrando algumas memorias  sobre aquele prédio dizendo-me ” Fui casada com um belo homem  de alma bondosa, e um dia ele me propôs  fazer uma doação de parte da nossa extensa área para que fosse erguido um prédio onde pudesse atender a população da cidade e em especial as pessoas mais carentes. Daí surgiu a ideia de construir a Maternidade Santa Isabel. E como construir e quem administrar. Como ainda estava moderna cheia de energia concordei plenamente com a proposta do meu seu saudoso esposo e logo sair em campo em busca de voluntarias. E tempos depois fora criada a Associação das Senhoras de Caridade, As voluntarias saiam de porta em porta angariando recursos financeiros e no pequeno espaço de tempo foi soerguida a primeira etapa do projeto colocando em funcionamento e a partir daí com ingresso de novas voluntárias o sonho do casal foi se tornando realidade. O importante é que as voluntárias se reuniam diariamente no salão que fora construído ao lado do prédio para traçar metas de trabalho e angariação de recursos. E Tempos depois foi construída a Capela Nossa Senhora de Fátima. A Maternidade Santa Isabel atendia não tão somente as senhoras com poder aquisitivo ou que pagavam o  Inamps, bem como as senhoras necessitadas denominadas na época de “indigentes” ou seja pessoas sem nenhum recursos financeiro, porém tinham o mesmo tratamento de alimentação, amor e carinho, as quais recebiam diariamente visitas das voluntarias e as Freiras que prestavam seus serviços na Maternidade. Tempos depois foi construído o Pronto Socorro para atendimentos imediatos em prol da população. A Maternidade funcionava plenamente, com um corpo clinico de primeira, além dos atendimentos das enfermeiras e funcionários que exerciam diversas funções (porteiro, vigilante, limpeza em geral, cozinheiras, etc).

Infelizmente hoje vejo esse quadro lastimável de ruínas, onde todo aquele sonho desapareceu. Sinto uma verdadeira dor em minha alma, ao ver esse triste e deprimente quadro. E com seus olhos lacrimejando, abracei fortemente, e prometi que um dia Jesus iria iluminar a mente de uma pessoa bondosa e por certo soerguerá aquele prédio e irá fazer o possível para que a Maternidade Santa Isabel volte a funcionar, mesmo em moldes mais moderno como um grande posto médico com o melhor atendimento clinico e quem sabe funcionar também toda infra estrutura da Secretaria de Saúde. Ela fitou meu olhar e deu um sorriso dizendo que acreditava no que eu estava dizendo, pois Santa Isabel e Nossa Senhora de Fatima iria interceder junto a Jesus. Despedimos nos abraçando e ela perguntou meu nome e retribuiu dizendo meu nome é Esther.

Colaboração de Luiz Castro

Bacharel Administração de Empresa

Governo do Estado inaugura três hospitais no primeiro semestre, afirma Rui

By MANU-DIAS GOV_BA

By MANU-DIAS GOV_BA

O maior hospital do Norte e Nordeste especializado no atendimento à saúde da mulher será entregue pelo Governo do Estado na próxima semana. O governador Rui Costa confirmou a inauguração na próxima segunda-feira (9), em Salvador, e anunciou que outras duas unidades construídas pelo governo entrarão em funcionamento ainda neste primeiro semestre de 2017.

“Quero convidar a todos para a inauguração, na próxima segunda-feira, às 16h, do Hospital da Mulher. Serão três hospitais inaugurados só neste semestre. Os outros são em Ilhéus [Hospital Regional da Costa do Cacau] e o de Seabra [Hospital Regional da Chapada]”, afirmou Rui nesta quinta (5), durante evento com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, no Hospital Aristides Maltez (HAM), na capital baiana.
O governador também destacou outras ações realizadas na área da saúde em todo o estado. “O Governo tem feito um esforço grande para que, por meio de parcerias com os municípios, possamos melhorar a atenção básica na Bahia, seja para implementar novas equipes ou novas instalações. Ainda em janeiro vai sair a licitação para construção de postos de saúde da família em municípios da Região Metropolitana de Salvador. Teremos sete PSFs em Salvador”, revelou Rui.
Ainda sobre as ações do Governo do Estado para levar a saúde mais perto dos baianos, o governador anunciou a inauguração de 20 leitos de UTI no Hospital de Brumado. “Nossa intenção é fortalecer os hospitais municipais”, disse.

 

Entenda como será o acolhimento de pacientes no Hospital da Mulher 

By Pedro Moraes

By Pedro Moraes

As mulheres de toda a Bahia passam a contar com dez salas cirúrgicas e 138 leitos, com a inauguração do Hospital da Mulher, no Largo de Roma, em Salvador. Todas as pacientes deverão ter passado por atendimento prévio em uma unidade de saúde e encaminhadas ao hospital pela Central Estadual de Regulação. O novo centro de referência também vai atender urgência e emergência ginecológica, como explica o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas.

 Fábio Vilas Boas, secretário de saúde do Estado da Bahia. Foto: Camila Souza/GOVBA

Fábio Vilas Boas, secretário de saúde do Estado da Bahia.
Foto: Camila Souza/GOVBA

“Nós temos dois componentes, um deles é a atenção ambulatorial, em que as mulheres precisam ser encaminhadas pela própria rede. Elas devem ser atendidas na atenção básica e encaminhadas via sistema de regulação para uma consulta aqui. As mulheres não podem chegar ao hospital e marcar uma consulta com um ginecologia ou mastologista. A única possibilidade de atendimento direto é em casos de urgência e emergência”, afirma Vilas-Boas.

Paulo Sérgio de Andrade, diretor médico do Hospital da Mulher. Camila Souza/GOVBA

Paulo Sérgio de Andrade, diretor médico do Hospital da Mulher. Camila Souza/GOVBA

Segundo o diretor médico do Hospital da Mulher, Paulo Sérgio de Andrade, na parte de oncoginecologia, a unidade proporcionará a redução de tempo entre o diagnóstico do câncer e a realização de uma cirurgia. “O Hospital da Mulher vai reduzir este tempo de espera e salvar vidas. Além disso, nós temos o atendimento para as doenças benignas do aparelho reprodutor feminino, como os miomas e o cisto de ovário, para os quais as mulheres atualmente chegam a esperar por quatro anos para que possam fazer uma cirurgia. Isso será bastante reduzido”, destaca Andrade.

 

No GOTAS DE PAZ

Olhar Para Trás

Um dia você vai lembrar de hoje e se perguntar por que teve tanto medo de agir.

Um dia você vai olhar para trás e se perguntar por que deixou que tantos pequenos contratempos o atingissem.

Um dia você vai olhar para trás e se perguntar por que não foi um pouco mais disciplinado e focado.

Se pudesse olhar para trás daqui a dez anos, o que você lamentaria não ter feito?

Se pudesse olhar para trás, que coisas você consideraria como as mais importantes do dia de hoje?

Que oportunidades, que passam despercebidas hoje, seriam evidentes no futuro?

Uma vida de real valor e significado é algo que se constrói com o tempo, não um prêmio que se ganha por sorte ou habilidade.

O dia de hoje é uma oportunidade de construir a vida que você quer, uma oportunidade que não voltará.

O futuro é imprevisível, mas uma coisa é certa: você jamais se arrependerá de dar o melhor de si a cada momento.

https://www.gotasdepaz.com.br/olhar-para-tras/

TEATRO POPULAR DE ILHÉUS CIRCULA COM “SHAKESPEARE NO SERTÃO”

O grupo Teatro Popular de Ilhéus (TPI) circula neste mês de janeiro com o projeto “Shakespeare no Sertão”, apresentando o espetáculo “Medida por medida” em praças públicas de seis municípios baianos, entre os dias 10 e 30. Serão mais de 1.500km percorridos. A estimativa é que o público alcançado seja de 8 mil pessoas.

O projeto foi contemplado no edital 22/2016 do setorial de teatro do Fundo de Cultura da Bahia. Medida por medida, comédia inspirada na obra de William Shakespeare, com dez atores em cena, será apresentada nos municípios de Ipirá, Pintadas, Capim Grosso, Euclides da Cunha, Canudos e Uauá.

Em Medida por Medida, a história se desdobra a partir das decisões de Ângelo, juiz implacável que substitui o Duque de Viena, cumprindo à risca as leis contra a fornicação. Desta forma, são abordados temas atuais, como justiça, abuso de poder, castidade e corrupção.

Além das apresentações, sem custo de ingresso para o público, integrantes do grupo ilheenses ainda realizaram oficinas para artistas de cada município. Esta será a primeira turnê do Teatro Popular de Ilhéus em 2017. No ano passado, a última viagem do grupo foi para Recife (PE), onde participou da 18ª edição do Festival Recife do Teatro Nacional.

Palco Rodante

:: LEIA MAIS »























WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia