WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia embasa embasa secom bahia secom bahia secom bahia


fevereiro 2017
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728  






:: 20/fev/2017 . 22:40

Sindicatos da Orla do Porto Organizados de Ilhéus     se reúne com imprensa para Café da Manhã

Os Sindicatos da Orla do Porto Organizado de Ilhéus estará reunindo a imprensa local nesta quarta-feira (22), para apresentar o diagnostico dos problemas atuais do Porto de Ilhéus e os resultados obtidos com a Audiência Pública realizada no ultimo dia 10 na Câmara de Vereadores.

Crismélia_Geraldo_ Dedé e o presidente da comissão Luciano Luna

Durante o café da manhã que será realizado na sede do Sindicato dos Estivadores, localizado na Avenida Dois de Julho no centro, será debatido a urgência necessidade da dragagem e aprofundamento do porto que atualmente tem a profundidade de 9.3 e para atender a demanda e continuar competindo com outros portos brasileiros é preciso 12 metros de profundidade.

Segundo Luciano Luna, presidente da comissão “Salve o Porto de Ilhéus”, que conta ainda com a participação de Crismélia, Geraldo, Dedé, Cristiano e Selma, o café da manhã será uma oportunidade da imprensa conhecer os problemas e as consequências desse impacto no turismo, economia, emprego e renda na cidade de Ilhéus. A comissão pretende reunir na próxima semana os empresários em outro café da manhã e já está programado para o próximo dia 08 de março um grande ato em defesa no Porto de Ilhéus.


By Robertinho Scarpita

DENÚNCIA / HOSPITAL REGIONAL

No dia 28 de dezembro de 2016  ao chegar próximo a  minha residencia no CEPLUS e estava  pilotando minha moto ao passar pelo condomínio  São Jorge e o outro que não sei o nome fui surpreendido por um veiculo que saiu do condomínio de vez na minha frente, que desviei e acionei os freios de minha moto que derrapou e eu sofrer um acidente, com meu braço esquerdo corroído pelo asfalto  com parte dos ossos e nervos expostos fui conduzido pelo SAMU ao HGLVF QUE, APESAR DA DEMORA NO ATENDIMENTO, fizeram a cirurgia e logo apos medicado e levado a enfirmaria  onde fiquei no leito 10 por mais de um mês  com mais 04 como eu vitimas de acidente de moto das Cidades de Canavieiras e Itabuna, fui bem atendido pelas enfermeiras e uma médica que fez a retirada das partes necrosada do meu braço e iria fazer a cirurgia de reparação com enxerto, só que no dia que marcaram a cirurgia foi no dia que a mesma entrou de ferias e quando o problemas começaram com a minha retirada da enfermaria que teria que sair para a parte de baixo ou iria para casa que aquelas enfermarias e para enfermos sofrera ou iriam sofrer cirurgia e não era o meu caso, foi quando eu bati  pé firme que estava esperando a médica retornar das ferias para fazer a cirurgia até que recebi a visita do diretor do hospital que simplesmente pedia para as enfermeiras tirar o curativo, depois olhou e disse:  “eu disse que não poderia que ainda estava passivo de cirurgia que os nervos estavam expostos e mostrei” conforme foto ele simplesmente respondeu: “o senhor é medico? e  usou um termo médico e saiu rindo” . Logo após recebi o comunicado que estava de alta.

01

02

03

04

Muito obrigado 

José Manoel Borges Santana

ESPAÇO ABERTO PARA A DIREÇÃO DO HOSPITAL

– QUERENDO –

SE MANIFESTAR.

Para Secretário de Turismo, ‘Ilhéus Folia’ foi extremamente positivo

Na opinião do secretário municipal de Turismo, Roberto Lobão, o carnaval antecipado Ilhéus Folia foi extremamente positivo, considerando o grande número de foliões, a baixíssima média de casos de violência, a qualidade das atrações musicais, o empenho da equipe de organização do evento e a empolgação do público. Por outro lado, o secretário disse que dados colhidos dão conta que a rede hoteleira local teve ocupação na média de 87%, “que é um número fantástico se você fizer uma análise de já estarmos encerrando o período de verão”, afirmou.

“As pessoas entenderam o espírito do carnaval, vieram à rua com alegria, para se distrair, se confraternizando. E deixou claro que o carnaval antecipado de Ilhéus está fortalecido e entra definitivamente para o calendário oficial da cidade, tornando-se um produto turístico inteiramente atrativo, que promove geração de renda, emprego e a movimentação de pessoas”, avaliou Roberto Lobão.

O secretário destacou o pequeno espaço de tempo que a equipe teve para detalhar a organização do evento, que contou com o patrocínio do Governo da Bahia. “Tentamos padronizar o carnaval antecipado em todos os aspectos, desde a confecção das barracas à criação de equipamentos para a acessibilidade das pessoas com necessidades especiais”, ponderou.

Em um comunicado interno, o secretário Lobão agradeceu à confiança do prefeito Mario Alexandre e a todos os colegas secretários pela cooperação com o trabalho da secretaria de Turismo. “Sem o envolvimento dos colegas e seus prepostos esse Carnaval não teria acontecido”, admitiu. “O saldo do Carnaval podemos identificar no testemunho das pessoas. Lançamos a pedra e acredito que tivemos sucesso no objetivo de sentimento de resgate de uma importante data do calendário de eventos, economicamente atrativo, da cidade de Ilhéus”, acrescentou.

Content – Quem também elogiou a festa foi o gerente executivo da iContent, empresa que realiza o Festival de Verão Salvador da Rede Bahia, Estácio Gonzaga. “Chegando aqui fiquei surpreso com a força que tem esse carnaval. Mais cedo passei pelas ruas e vi o fechamento, gostei da estrutura, da segurança, vi um projeto inovador, algumas mudanças como o cenário das Igrejas ao fundo. Aqui está sendo feito um grande carnaval. Parabéns à Prefeitura pela festa. Isso tudo ajuda a divulgar a cidade – que já bonita por natureza – no cenário nacional”, arrematou Gonzaga.

Governo apresenta parque para desenvolvimento do cacau e chocolate no sul da Bahia

A apresentação do Parque Científico e Tecnológico do Sul da Bahia, que vai funcionar dentro da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), na rodovia Ilhéus-Itabuna, marcou as comemorações dos 60 anos da implantação da Comissão Executiva da Lavoura Cacaueira (Ceplac), nesta segunda-feira (20). O evento foi realizado na sede regional da instituição, com as presenças dos secretários estaduais de Agricultura, Vitor Bonfim; Ciência, Tecnologia e Inovação, José Vivaldo Mendonça; do Meio Ambiente, Geraldo Reis; e de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues.

BY DANIEL THAME

Articulado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e Uesc, o parque terá como foco a criação e inovação da cadeia produtiva do cacau e chocolate no sul da Bahia. Foram três anos de estudos para o desenvolvimento do projeto da unidade, que irá auxiliar ainda na qualificação dos ensinos técnico e superior da região.

O parque, que tem previsão de receber R$ 6,5 milhões em investimentos até 2019, também possui como metas o desenvolvimento de sistemas de gestão ambiental, produtividade e competitividade do cacau e do chocolate, fomento à produção agroindustrial, agroecologia e agricultura familiar, manejo e conservação dos recursos florestais.

Desenvolvimento regional

BY DANIEL THAME

BY DANIEL THAME

A primeira estrutura do parque será inaugurada no mês de março. Trata-se do Centro de Inovação do Cacau, instalado em uma área dentro do Instituto Nacional de Pesquisa e Análises Físico-químicas da Uesc. “Com o apoio do Governo do Estado, atuando em parceria com a Ceplac, a Universidade Estadual de Santa Cruz e a Universidade Federal do Sul da Bahia, vamos ampliar o processo de geração de tecnologia voltada para o desenvolvimento regional, que passa pelo fortalecimento da cadeia produtiva do cacau”, afirma José Vivaldo Mendonça.

O superintendente regional da Ceplac, Antonio Zugaib, destacou que “a parceria com o Governo do Estado é importante porque envolve não apenas recursos, mas difusão do conhecimento entre as instituições, tendo o Parque Científico e Tecnológico como agente catalizador para o desenvolvimento regional”.

Para Jerônimo Rodrigues, “o grande desafio é adotar um modelo que garanta a retomada econômica do cacau. Para isso, o Governo do Estado tem estabelecido parcerias que fortaleçam a cadeia produtiva do chocolate e programas de diversificação como agroindústria e fruticultura”. Geraldo Reis acrescentou que haverá investimentos em técnicas de produção que permitam a conservação ambiental, já que o cacau, por suas características de cultivo, contribui para a preservação da Mata Atlântica.

Ampliação da produção

Já Vitor Bonfim comentou que o Governo está trabalhando em conjunto com a Ceplac para ampliar a produção de cacau e reduzir a dependência da importação de amêndoas da África e da Ásia, que oferecem riscos de introdução de pragas. A comemoração dos 60 anos da Ceplac foi encerrada com a entrega de placas homenagens a funcionários e de uma palestra sobre a história da instituição.

Criada por Juscelino Kubitschek, a Ceplac elevou a produção de cacau na Bahia, nas décadas de 1970 e 1980, para 400 mil toneladas por ano. Atualmente, em processo de retomada, a produção é de cerca de 130 mil toneladas/ano e, além das amêndoas, estão sendo feitos investimentos na produção de chocolate, com a criação de cerca de 20 marcas, que já atingem os mercados nacional e internacional de chocolates finos.





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia