WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia embasa embasa secom bahia secom bahia secom bahia


março 2017
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  






:: 22/mar/2017 . 18:00

Vice-prefeito fala sobre a situação hídrica de Ilhéus no Dia Internacional da Água

É preciso ter uma ação conjunta entre o município e a Embasa, visando um projeto de educação ambiental da população, já que a água é um bem finito, um bem fundamental para a vida humana. Esta é a avaliação do vice-prefeito e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável (Seplandes), José Nazal Soub, por ocasião do Dia Internacional da Água, comemorado hoje, 22.

Imagem aérea da represa do iguape – Foto José Nazal

Segundo Nazal, a responsabilidade pela manutenção e expansão dos recursos hídricos nos próximos anos e décadas passa pela consciência das novas gerações, com o uso racional e reaproveitamento da água, evitando também a ação antrópica do homem, com o desmatamento de matas ciliares às margens dos rios para dar lugar ao cultivo da agricultura e desenvolvimento de pastagens para a pecuária.

Atualmente, Ilhéus se encontra numa situação hídrica de normalidade aparente, mas não chega a ser uma posição confortável. Isso se deve ao natural crescimento da cidade, com a demanda crescente das indústrias e da futura implantação da Ferrovia Oeste-Leste (Fiol) e do Porto Sul, situados na zona norte do município, além da expansão urbana na zona sul, bem como o automático processo de conurbação entre Ilhéus e Itabuna.

Assim, Nazal acredita que a primeira etapa para a construção de um cenário positivo e distante da escassez de água no município passa pela elaboração e aprovação do Plano Municipal de Saneamento Básico. Trata-se de uma exigência legal que a cidade precisa elaborar para ter acesso aos recursos federais e estaduais na área de saneamento e urbanização. Para isso, a expectativa é que o processo se inicie até abril desse ano, sendo encaminhado em forma de projeto de lei para a Câmara de Vereadores, a fim de aprovação até o final de 2017. A proposta é promover o diálogo com a comunidade, no sentido de atender as necessidades prioritárias da população, principal agente impactado quanto ao consumo de água.

José Nazal ainda demonstrou preocupação com o recente histórico dos níveis dos reservatórios de água no município. “Para se ter uma ideia, em novembro de 2016 a represa chegou a verter água, ou seja, jogar água para fora. Depois, passamos por um longo período de estiagem, que só não chegou à decretação do estado de emergência graças as chuvas ocorridas entre dezembro do ano passado e janeiro de 2017”, alertou.

Dia Internacional da Água – A data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1992 e visa a ampliação do debate sobre tema vital para a sobrevivência humana. Desde 2010, a entidade considera que a água limpa e segura e o saneamento básico são direitos humanos, logo o uso racional e sua preservação são fundamentais para garantir a qualidade de vida.

Ibametro e Detran assinam convênio para controle de tacógrafos

Contribuir para a redução de acidentes nas estradas baianas a partir da fiscalização mais intensa do cronotacógrafo, equipamento considerado a caixa preta de veículos de grande porte na investigação de ocorrências. Este é o objetivo do termo de cooperação técnica assinado pelo Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) e pelo Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro), nesta quarta-feira (22), na sede do Detran, em Salvador.

Assinatura de termo de cooperação técnica/divulgação

A parceria entre os órgãos vai ampliar o controle da circulação dos veículos, preservando vidas humanas. O cronotacógrafo registra velocidade, tempo e distância percorrida pelo automóvel, permitindo descrever o comportamento do motorista. Tais informações são aceitas legalmente como prova em caso de acidentes ou denúncias de má condução do veículo.
Os proprietários de caminhões, ônibus e vans deverão apresentar ao Detran, a cada dois anos, os certificados expedidos pelo Ibametro. As informações apresentadas serão armazenadas no Registro Nacional de Veículos (Renavam). “Estaremos ao lado do Ibametro para intensificar a fiscalização da velocidade utilizada e do comportamento do condutor. É mais uma ação nossa para salvar vidas, no esforço pela garantia da segurança viária no estado”, afirmou o diretor-geral do Detran, Lúcio Gomes.
O diretor-geral do Ibametro, Randerson Leal, explica que a fiscalização contínua acontece nas principais estradas baianas, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Batalhão Rodoviário da PM. “Agora, com o Detran, vamos ampliar nosso raio de ação para que os motoristas abordados apresentem o certificado, atestando que o equipamento está funcionando corretamente. Essa ação mais efetiva certamente impactará na redução dos acidentes, muitos dos quais com vítimas fatais”, destacou Leal.
Uso obrigatório 
Em 2016, o Ibametro verificou mais de 25 mil cronotacógrafos. Este ano, oito mil já foram certificados. O uso do equipamento foi regulamentado pela resolução 92/1999 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e passou a ser obrigatório em veículos de carga, com peso bruto superior a 4.536 quilos, e de passageiros, com mais de 10 lugares.
O equipamento possui um disco diagrama, de papel especial, que registra as velocidades desenvolvidas pelos veículos, intervalo de tempo parado e em deslocamento e distâncias percorridas. Na parte central, há espaço para o nome do condutor, local, data de início e fim do percurso e identificação do veículo.

Dia da água, água de cada dia

Roberto Malvezzi (Gogó)

Um país que é o mais rico em água doce do mundo

Que tem a maior malha hídrica de rios do planeta

Que tem chuva em todo território nacional

Quem tem seu ciclo das águas potencializado pela floresta Amazônica,

Que distribui suas águas pelo Amazonas Voador que vai até Buenos Aires

Ou até mesmo até a Patagônia

Que armazena as chuvas desse rio nos aquíferos do Cerrado

Ou até mesmo no Aquífero Guarani

Que tem um único rio que sai do Sul para o Norte, pela Depressão Sertaneja

E que se chama rio São Francisco

E que é alimentado pelas águas do Cerrado

Mas, que tem uma elite econômica e política que vê as florestas e as águas como inimigas

Que para produzir tem que destruir

Ou acha que riqueza é soja, boi e eucalipto, mas não a água, as florestas e sua biodiversidade

Que faz obras hídricas faraônicas, mas é incapaz de lançar um olhar sobre o manancial de onde essa água sai

Ou faz a água faltar nas casas e torneiras do povo

Que insiste em privatizar os mananciais ou o uso da água

Que polui seus rios e esgota seus aquíferos

Esse país merece a observação de um Papa argentino chamado Francisco: “O criador foi pródigo com o Brasil. Concedeu-lhe uma diversidade de biomas que lhe confere extraordinária beleza. Mas, infelizmente, os sinais da agressão à criação e da degradação da natureza também estão presentes”

Esse país precisa de uma profunda conversão ecológica

E desenvolver uma nova cultura da água.

Roberto Malvezzi (Gogó), Articulista do Portal EcoDebate, possui formação em Filosofia, Teologia e Estudos Sociais. Atua na Equipe CPP/CPT do São Francisco.
www.robertomalvezzi.com.br

O PAÍS DA MALANDRAGEM

Ventos que sopram e carregam a fedentina revelada por operações do tipo Lava Jato, Carne Fraca, Citrus e uma infinidade de outras, atestam, confirmam e carimbam nossa fama secular de País da Malandragem. Esse termo “malandragem” é bem amplo, e vai desde a esperteza e a desonestidade doméstica e corriqueira do dia a dia (que muitos acham normal), até os grandes escândalos e as fartas sangrias de dinheiro público que só aumentam a miséria e o sofrimento da população, sobretudo os mais necessitados. Já pensou, ao longo do tempo, quantos já morreram nos confins desse Brasil por falta de medicamento e alimento, consequente de verbas desviadas em esquemas de falcatruas e corrupção?

A tão entranhada cultura da malandragem me fez lembrar o comercial de cigarro exibido na TV lá pelos anos 70 do século passado, protagonizado pelo ex jogador de futebol da seleção do tri, Gerson, onde ele dizia a frase “Gosto de levar vantagem em tudo, certo?”. Daí nasceu a conhecida “Lei Gerson”, a fictícia lei da esperteza em se levar vantagem de qualquer jeito e das formas mais escabrosas possíveis.
Naquela época, setores mais atentos da sociedade reagiram, a reação repercutiu e o esperto Gerson ficou apagado e sumido por alguns anos. Veio o século XXI, mas a cultura da malandragem continua firme e forte, a ponto do sujeito honesto e digno ainda ser chamado de “otário” como antigamente.
Voltando ao cigarro, lembro bem que entre os anos 50 e 70, esse acessório, então sinônimo de charme e sucesso, era o companheiro inseparável das pessoas (como é hoje o smartphone). Até que isso se reverteu com o passar do tempo e o tal do crivo despencou de herói simpático a vilão assassino, agora rejeitado pela absoluta maioria.
Será que a malandragem sairá de moda um dia… como o cigarro?

Nilson Pessoa

No GOTAS DE PAZ

Na Hora da Dor

A dor é necessária para o ajustamento da nossa conduta perante a vida, através da dor há a recuperação da fé, do amor, da caridade e da compreensão.
Quando a dor chega somos todos convidados ao realinhamento dos nossos sentimentos e também das ações, pois Deus em sua infinita misericórdia nos deu a oportunidade para revermos nossas condutas e nos aproximarmos Dele, muitos de nós em momento de dor questionamos Deus nosso Pai do porquê estamos passando por tal dificuldade e a resposta é simples, Ele está nos dando uma oportunidade preciosa de regenerar virtudes valiosíssimas em nós. Portando na hora da dor não nos desesperemos, vamos nos apegar ao melhor de nós e tirar desse momento uma lição para nossa evolução.
Lembremos que Deus não castiga seus filhos, Ele apenas os ensina a viver.
www.gotasdepaz.com.br

Polícia Militar da Bahia

Integrante de quadrilha de roubo a banco morre em confronto com a PM em Irecê

Equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe)/ Semi-Árido foram recebidas a tiros por um dos integrantes da quadrilha que tentou roubar agências bancárias no município de Irecê, na última segunda-feira (20).

No revide, o acusado foi atingido e socorrido pelos policiais militares ao Hospital Regional de Irecê, mas ele não resistiu. O fato aconteceu nesta terça-feira (21), quando as guarnições realizavam diligência na região para localizar e prender os criminosos.

Durante a ação foram apreendidos um revólver calibre 38 e uma espingarda calibre 12. As guarnições apresentaram as armas apreendidas à Delegacia Regional de Irecê.
Nota para a imprensa n° 739.

Fantasias e Idiotices

A foto. Fragilidade,medo,mentira e covardia. Citados  na lava jato presidem  o congresso  nacional,    combalido, o  STF, que devia  ser o guardião da lei; se apequena  e  completa os podres   poderes da democracia tupiniquim.

Essa semana eles nos proporcionaram  momentos dignos de suas fantasias e idiotices. Almoço para  averiguados pelo lava jato; na republica de  Curitiba, “otoridades” se promovem em redes sociais,policiais federais com alarde e irresponsabilidade  criam fantasias e mais idiotices com a operação carne  fraca e por último o Michel, oferece um banquete aos importadores da carne brasileira com belos  cortes  da carne Australiana e Uruguaia

 Penas ridículas que o judiciário  aplica aos delatores, notórios bandidos, são prêmio ao que de pior existe na terra brasilis, sem contar com a benevolência para a proteção dos vazadores

 Espetáculos grotescos promovidos pelos Ministério Público,Judiciário e policia federal se multiplicam desde quando foram  promovidos a salvadores da pátria. Massacram  partidos políticos, entidades que defendem a lei.. Querem nos convencer  que o País não precisa  da política. Eles defendem a politicagem.

Olho vivo se não tivermos cuidado esses   imbecis  dos PODRES PODERES vão fuder com o Brasil.

tonhodemacuco/março2017

 

 TERÇA, 21 DE MARÇO DE 2017





















WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia