Girando




Busca por Data
julho 2017
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Dia 22/jul/2017

Mutirão de Cirurgias inicia atendimento na região de Candeias

Moradores de seis municípios da região de Candeias começam a ser atendidos pelo Mutirão de Cirurgias a partir de terça-feira (25). A iniciativa do Governo da Bahia, viabilizada pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), tem como objetivo auxiliar na redução da fila de espera, atendendo aos pacientes com agilidade e segurança.

Mutirão de cirurgias eletivas em Camaçari. Foto: Camila Souza/GOVBA

As consultas pré-operatórias serão realizadas em unidades móveis estacionadas na Praça Dr. Gualberto Dantas Fontes, no centro de Candeias, a partir das 7h, até sexta-feira (28). A equipe tem capacidade de atender 200 pacientes por dia. Nesta etapa, além de Candeias, serão contemplados os municípios de Santo Amaro, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Madre de Deus e Saubara.
São disponibilizadas cirurgias de hérnias (umbilical, inguinal, epigástrica), histerectomia total e vesícula. Para ser atendido, o paciente deve comparecer ao local das consultas com carteira de identidade (RG), CPF, cartão do SUS e comprovante de residência.
Os pacientes que farão cirurgia de vesícula precisam estar em jejum para a realização do exame de ultrassonografia (USG). Quem for passar pela histerectomia deve levar resultados de exame preventivo. Além disso, é necessário apresentar resultados de exames laboratoriais e outros que tiverem.
Os procedimentos cirúrgicos serão feitos a partir do dia 5 de agosto, no Hospital Ouro Negro, no bairro Santa Terezinha, também em Candeias. O paciente já deve ter a indicação médica para a cirurgia e ter feito o cadastro na Secretaria de Saúde do município de residência.
Caso não tenha realizado o cadastro prévio, mas tenha exames laboratoriais que comprovem a necessidade de uma das cirurgias oferecidas, o paciente pode se dirigir ao local das consultas pré-operatórias, munido dos documentos exigidos.

DO TIJOLÃO AO TABLETÃO

Percebeu como os celulares aumentaram de tamanho após evoluírem para smartphones? Mesmo com tantas funções e aplicativos, você acha que ainda não existe tecnologia para os smartphones atuais serem menores?

Se no início do processo de massificação da telefonia móvel tínhamos o famoso “tijolão”, agora temos sua versão moderna e achatada, que são os smartphones com mais de 14 cm de comprimento e que quase não cabem no bolso. Não sei você, mas no meu caso específico a tela grande deixa de ser um atrativo e passa a ser um trambolho.

Contudo, vamos com calma, sem desespero. Pelas idas e vindas do mundo, dá pra arriscar dizer que logo logo os smartphones ficarão compactos (além de mais caros, óbvio). Sei lá se não é mais um tipo de estratégia de mercado, como acontece com vários modelos de automóveis? Projetos prontos há anos, mas que são aplicados a conta-gotas em cada nova versão; um farol diferente agora, uma lanterna traseira mais incrementada no ano seguinte, um acessoriozinho inovador depois, etc.

Voltando aos smartphones, não me imagino pra lá e pra cá carregando um aparelho que não caiba no bolso da calça ou da camisa. Não dá certo comigo, na primeira parada é esquecimento e perda. Já foi assim com pastas, maletas, guarda-chuva, tudo quanto é buginganga de mão, e não seria diferente com um “tabletão de chocolate”.

Minha relação com esses aparelhos é complicada, pra mim o fator fundamental é o tamanho, tem que caber no bolso ou nada feito. Minha época de glória foi quando os celulares ficaram minúsculos (lembra do antigo Sony Ericsson?), ali eu deitava e rolava; confortavelmente guardado no bolso e nada de esquecer em lugar algum.

Penso, hoje, que a mim não adianta ter uma infinidade de recursos tecnológicos embutidos num “tabletão” se não utilizo nem vinte por cento dos recursos, muito menos consigo transportá-lo no bolso. Por conta disso, atualmente estou sempre um passo atrás quando o assunto é telefonia móvel; se encontro um smart que me satisfaz, está anos-luz ultrapassado, já que, além da condição primordial do tamanho reduzido, questiono também até que ponto vai minha necessidade das incontáveis ferramentas que são oferecidas e que não vou utilizar.

Mas assim é o ciclo do avanço tecnológico. Os “tabletões” de hoje serão peças de museu amanhã e darão lugar a “tabletinhos” muito mais cheios de recursos e funcionalidades, quem sabe até um dispositivo portátil dobrável que, ao simples toque, se desdobra e vira uma tela de 8 polegadas, por exemplo.

Haja bolso para comprar… e para guardar.

O tijolão de ontem

O tabletão de hoje

 

Nilson Pessoa

Governo da Bahia tem dois finalistas em concurso nacional de inovação

Dois projetos do Governo da Bahia foram classificados como finalistas no 21º Concurso Inovação da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), considerado o prêmio mais relevante do país na categoria de inovação no setor público. O concurso é realizado anualmente, desde 1996, pela Enap, em parceria com o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP).

A iniciativa da Secretaria da Administração (Saeb) que vai concorrer na final é o software ‘Banco de Preços’, programa que reúne os preços das notas fiscais eletrônicas de todo país, emitidas por empresas privadas, órgãos públicos e pessoas físicas para estabelecer o preço referencial das licitações.

Já no âmbito da Procuradoria Geral do Estado da Bahia (PGE), o projeto ‘Paz Judicial’ busca criar e implantar uma estrutura organizada apta a promover e acompanhar os mecanismos processuais de resolução de demandas repetitivas previstos no Novo Código de Processo Civil.

A próxima etapa do concurso será realizada no dia 15 de agosto. Cada inscrito terá cinco minutos para apresentar a iniciativa, descrevendo o projeto, destacando os objetivos, os resultados, mecanismos, entre outros aspectos. Após a apresentação de todos – e com a mediação da Enap e observação externa de representante da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) – será conduzida a votação final que decidirá os premiados em cada categoria.

A premiação valoriza as equipes de servidores públicos que se dedicam a repensar atividades cotidianas por meio de pequenas ou grandes inovações que gerem melhoria na gestão das organizações e políticas públicas, contribuam para o aumento da qualidade dos serviços prestados à população e tornem mais eficientes as respostas do Estado diante das demandas da sociedade.

No GOTAS DE PAZ

Centelha Divina

Diante de todas as dificuldades do caminho, nossa missão sempre será o aprendizado e a busca pela melhora interior.
Somos centelhas divinas distribuídas em uma grande família, por isso devemos sempre nos manter equilibrados diante das adversidades. A grandiosidade do Pai Maior acalma nosso coração e nos coloca como sementes a semear o bem por onde passarmos, essa é a nossa meta, ajudar sempre e cooperar com todos aqueles que passam por dificuldades.
Lembremos que a Centelha Divina depositada em cada um de nós é a certeza de que Deus confia em nosso potencial de superação e vitória diante da vida.

www.gotasdepaz.com.br