PROFESSORA UZULEICA (ZUZU)

Quantos alunos estudaram com a Professora Uzuleica Alves da Silva, conhecida por Zuzu no Colégio Santa Cecília na Rua Manoel Victorino, 189 (Rua das Quintas). Escola que marcou a  vida de muitos estudantes. E ela deixou legados. Aprender o novo, vivenciar esperanças e sonhos em grupo, seguir exemplos. Dar passos coletivos através do aprendizado compartilhado, alimentar o fermento da nossa vida,o saber.

As escolas pelas quais passamos formam alicerces que só percebemos e damos valor quando refletimos sobre o caminho percorrido,o que apreendemos,o que legamos e o que podemos ainda andar. E os teoremas, as teorias hoje, mais do que ontem precisam ser debatidos e discutidos.

Podemos no aprendizado atual interativo, interferir até no movimento da aprendizagem. São os dias de hoje, muito indefinidos mas com uma riqueza a explorar :a nossa participação e a nossa interferência em todos os movimentos, pois hoje mais do que nunca somos os sujeitos das ações.

E as escolas do passado têm uma diferença que precisamos resgatar na vida cotidiana, nos nossos movimentos cidadãos, no nosso trabalho, na política e em todas as representações sociais: o Sacerdócio do Servir a Sociedade, com o seu conhecimento, o seu saber, o seu trabalho, com a sua riqueza, com a geração dos seus legados.

Afinal, pra que viemos na terra senão para semear o bem e produzir riquezas, conhecimento, saber para todos?

E este sacerdócio eu vi e aprendi com a professora Zuzu muito marcou nossa vida. Hoje com seus 102 anos, solteira, sem visão, vive no ostracismo da sociedade e dos próprios ex-alunos, necessitando de uma visita cordial, um aconchego, um carinho e um pouco de amor.

Infelizmente muito tempo atrás, como ontem e como hoje não optamos e valorizamos o necessário aos  professores que deram sua vida para servir a sociedade. Mercantilizamos tudo e a todos, isto não faz mal de tudo, creio – são os novos tempos, é preciso respeitar, mas precisamos resgatar os exemplos das nossas escolas da vida e de nossos professores que deram sua vida pela sociedade e buscar uma volta. Sim, colocar como prioridade o coletivo, o social, o ser humano, o bem acima de tudo.

Quero com estas poucas linhas homenagear os professores  que dedicaram sua vida por nossa sociedade e com quem aprendemos a viver melhor.

Cada um de nós tem os seus exemplos e podemos, a partir daí, do exemplo dos nossos pais, dos exemplos bons, mudar esta apatia geral que vivemos hoje com a política e o ensino em geral.

Seu resgate está em nossas mãos e o exemplo, com certeza, cada um de nós saberá encontrar e seguir.

Colaboração de Luiz Castro

Bacharel Administração de Empresa