Os novos semáforos inteligentes que estão sendo implantados pela prefeitura de Ilhéus, através da Sutrans, melhorarão o fluxo de veículos em locais onde o congestionamento torna o trânsito lento. Um conjunto desse novo equipamento foi instalado na Avenida Lomanto Junior, no Pontal, saída da Sapetinga. Ali o tempo em que o semáforo abre para a saída de veículos da Sapetinga é bem menor, naturalmente, do que o tempo que permanece aberto para os que transitam na avenida do Pontal, onde o número de veículos em circulação é muito maior.

Av Lomato Júnior – Pontal Ilhéus Foto A. Moura Santos.

Diante de alguns questionamentos sobre os tempos regulados pelos semáforos, a Superintendência de Trânsito (Sutrans) está orientando os motoristas a evitarem o uso das vias interiores do bairro do Pontal para acessarem a saída da Sapetinga, percurso utilizado para evitar o trânsito lento da Avenida Lomanto Junior. Isto porque, o tempo que pretendem ganhar com o “atalho”, não compensará devido a espera provocada pelo acúmulo de veículos, cada vez maior, naquela artéria, com a redução do tempo de sinal verde para a avenida. Logo, a melhor opção para os carros vindos da zona Sul pela Rua 13 de maio, no Pontal, é seguir pela Avenida Lomanto Júnior.

De acordo com o secretário de Infraestrutura Transporte e Trânsito, Hermano Fahning, “o aumento aleatório do tempo de abertura do sinal na saída da Sapetinga causará um descontrole no fluxo de veículos entre a Rua 13 de Maio até a referida saída. Pelas vias internas do Pontal, temos uma pavimentação menos resistente, prejudicada pela utilização da rede de drenagem pluvial, implantada cladestinamente, para esgoto doméstico. Portanto o alto fluxo de veículos por essas vias deve ser evitado. O nosso objetivo é que o trânsito melhore na Avenida Lomanto Júnior e que a saída da Sapetinga seja usada para atender aos moradores locais”.

A Secretaria de Comunicação Social da Prefeitura de Ilhéus já está confeccionando um informativo com as orientações da Sutrans, para ser distribuído entre os condutores de veículos, no local da polêmica.